Clube da Luta

Brasil tem 100% de aproveitamento no card principal do UF Rio 6

O jiu-jitsu de Demian fez a diferença para sua vitória. Foto: UFC/Divulgação

O jiu-jitsu de Demian fez a diferença para sua vitória. Foto: UFC/Divulgação

A zebra não teve vez no Rio de Janeiro. Além de Godofredo Pepey, Gilbert Durinho, Léo Santos, Amanda Nunes, Erick Silva e Demian Maia confirmaram o favorito e venceram suas lutas, fechando uma participação com 100% de aproveitamento dos lutadores brasileiros no card principal do UFC Rio 6, no ginásio do Maracanãzinho.

O triunfo mais empolgante da noite foi a vitória, de virada, de Gilbert Durinho. Franco favorito no combate contra Alex Cowboy, o pupilo de Vitor Belfort foi surpreendido nos primeiros 10 minutos de luta e acabou sofrendo um ‘atraso’ no octógono. Com um dos olhos fechado pelo castigo de golpes, Durinho teve forças para buscar uma vitória por finalização no 3° round, levando o público no ginásio ao delírio.

A ‘arte suave’ também foi o caminho para as vitórias de Léo Santos e Erick Silva. Mantendo sua invencibilidade no Ultimate, Léo finalizou o gringo Tony Martin no 2º round. Já Erick Silva teve uma atuação convincente contra o americano Josh Koscheck. Com muita pressão e força nos golpes em pé, Erick conseguiu a vitória por por finalização por estrangulamento.

O único nocaute do card principal veio com a baiana Amanda Nunes. A leoa não deu chances para a veterana Shayna Baszler, resolvendo a parada em menos de dois minutos de combate. A senha para vitória foi um chute forte que a leoa acertou no joelho da adversária. A americana acusou o golpe e já caiu combalida. Amanda confirmou a vitória por nocaute técnico com uma série de socos.

Na luta principal da noite, o paulista Demian Maia fez um duelo estratégico e dominante ao longo dos cinco rounds e acabou levando a melhor sobre o então invicto Ryan LaFlare. O gringo acabou envolvido no jogo do brasileiro, que faturou a vitória por decisão unânime dos juízes. Com um triunfo, Demian se firmou como TOP 5 dos meio-médios do UFC.

Confira os resultados do UFC Rio 6:

CARD PRINCIPAL
Erick Silva venceu Josh Koscheck por finalização aos 4m21s do 1º round
Léo Santos venceu Tony Martin por finalização aos 2m29s do 2º round
Amanda Nunes venceu Shayna Baszler por nocaute técnico a 1m56s do 1º round
Gilbert Durinho venceu Alex Cowboy por finalização aos 4m14s do 3º round
Godofredo Pepey venceu Andre Fili por finalização aos 3m14s do 1º round

CARD PRELIMINAR
Francisco Massaranduba venceu Akbarh Arreola por decisão unânime
Kevin Souza venceu Katsumi Kikuno por nocaute a 1m31s do 1º round
Leandro Buscapé venceu Drew Dober por finalização aos 2m45s do 2º round
Leonardo Macarrão venceu Cain Carrizosa por decisão unânime
Christos Giagos venceu Jorge Blade por finalização aos 3m12s do 1º round
Fredy Serrano venceu Bentley Syler por nocaute em 1m34s do 3º round

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *