Clube da Luta

Encarada tensa entre Cormier e Gustafsson marca pesagem do UFC 192

[youtube]https://youtu.be/CVZBqmZJG_w[/youtube]

Já deu para sentir o clima de rivalidade entre Daniel Cormier e Alexander Gustafsson, que disputam o cinturão dos meio-pesados do UFC, na pesagem oficial do evento nesta sexta-feira, 2. Após o ‘cara a cara’ tenso, DC ainda provocou o sueco na entrevista pós-balança.

“Foi o melhor corte de peso da minha vida. Eu vou liberar o Alexander de suas correntes. Ele já disse que queria se aposentar; vai perder amanhã e voltar para a Suécia para ser modelo! Vou encerrar a carreira ele”, disse o campeão.

DC e Gustafsson na encarada | Foto: UFC/Reprodução

DC e Gustafsson na encarada | Foto: UFC/Reprodução

+ Nocauteadores são maioria no UFC 192: Cormier x Gustafsson

O desafiante ao título fugiu das provocações e prometeu derrotar DC. “Houston, vocês terão um novo campeão mundial amanhã. Eu serei o campeão mundial”, cravou Gustafsson.

+ Após Gustafsson, Daniel Cormier planeja revanche contra Jon Jones

A encarada entre Rashad Evans e Ryan Bader também rendeu provocações. Os meio-pesados precisaram ser separados por Dana White.

Bader e Evans frente a frente | Foto: UFC/Reprodução

Bader e Evans frente a frente | Foto: UFC/Reprodução

Único brasileiro no card do UFC 192, Adriano Martins bateu o peso e fez uma encarada séria com o russo invicto Islam Makhachev. Apenas Frank Trevino, que enfrenta o estreante no Ultimate Sage Northcutt, não bateu o peso da categoria leve. O algoz do cearense Renée Forte atingiu 72,6kg na balança, muito acima dos 70,8 kg permitidos.

Duelo Hendricks x Woodley caiu
Um dos duelos mais aguardados do card acabou caindo. Johny Hendricks sofreu para cortar o peso e atingir o limite da divisão meio-médio. O americano se sentiu mal na noite de quinta-feira, 1º, e precisou ser retirado do confronto.

Em entrevista ao site MMA Fighting, Hendricks comentou a saída do card e abriu a possibilidade de subir de categoria. “O peso estava caindo normalmente, e ontem meu corpo começou a apagar. Quando senti o que estava acontecendo, tentei forçar mais um pouco, e as coisas acabaram mal para mim, porque tive de ser levado para o hospital. Agora o meu corpo todo dói. Não me recuperei ainda, talvez demore até amanhã”, disse ele.

Em seguida, completou: “Acho que tenho que perder mais gordura corporal, ou então subir para o peso-médio. Eu poderia subir de categoria, mas quero primeiro chegar em casa e começar a analisar os meus percentuais de gordura e tentar diminuí-los. Quero ver se vai funcionar como se fosse um mini-corte de peso. A partir daí, vou pensar no que fazer no futuro. Se não funcionar bem, vou subir para os médios com certeza. Ainda amo lutar, só não gosto de cortar peso”.

UFC 192
3 de outubro, em Houston (EUA)
CARD PRINCIPAL – a partir de 23h (horário de Brasília)
Peso-meio-pesado: Daniel Cormier (93kg) x Alexander Gustafsson (92,5kg)
Peso-meio-pesado: Ryan Bader (93,4kg) x Rashad Evans (93kg)
Peso-pesado: Shawn Jordan (120,2kg) x Ruslan Magomedov (107kg)
Peso-mosca: Joseph Benavidez (57,2kg) x Ali Bagautinov (56,7kg)
Peso-galo: Jessica Eye (61,7kg) x Julianna Peña (61,2kg)
CARD PRELIMINAR – a partir de 19h30 (horário de Brasília)
Peso-pena: Yaír Rodríguez (65,8kg) x Dan Hooker (66,2kg)
Peso-meio-médio: Alan Jouban (77,1kg) x Albert Tumenov (77,1kg)
Peso-leve: Islam Makhachev (70,8kg) x Adriano Martins (70,8kg)
Peso-palha: Rose Namajunas (52,2kg) x Angela Hill (52,2kg)
Peso-leve: Francisco Trevino (72,6kg) x Sage Northcutt (70,8kg)
Peso-mosca: Chris Cariaso (57,2kg) x Sergio Pettis (57,2kg)
Peso-pesado: Derrick Lewis (120,2kg) x Viktor Pesta (107,5kg)

Transmissão: o Combate transmite o UFC 192 ao vivo e com exclusividade para todo o Brasil a partir de 19h30m (horário de Brasília).

Recomendado para você