Clube da Luta

UFC 217: Paulo Borrachinha consegue nocaute arrasador sobre Hendricks e avisa: “serei a próxima lenda do Brasil”

1537 1

Paulo Borrachinha conquistou a 11ª vitória da carreira. Foto: UFC.COM

Paulo Borrachinha deu mais uma mostra de que veio para ficar e fazer barulho no Ultimate. O lutador mineiro brindou ao público com mais uma atuação primorosa na noite deste sábado (4). Na luta que abriu o card principal do UFC 217, no Madison Square Garden, em Nova York, o brazuca não tomou conhecimento e ‘passou o carro’ no americano Johny Hendricks, ex-campeão dos meio-médios.

Após mostrar ampla superioridade no 1º round, castigando o adversário com um repertório de socos e chutes, Borrachinha aumentou a pressão no 2º round, fez o americano cambelar aos poucos, até sucumbir diante uma boa combinação de golpes, que forçaram o árbitro a interromper o combate e declarar nocaute técnico a favor do brasileiro.

Com o resultado, o Borrachinha chega à impressionante marca de 11 vitórias (dessas, 10 por nocaute) em 11 lutas. No Ultimate, são três vitórias seguidas, o que o deixa em ótima condição na categoria dos pesos-médios. Após a vitória, Borrachinha não foi modesto no discurso e disse que construirá o seu legado na organização.

““Estou aqui para mostrar ao mundo quem eu sou. No Brasil, temos muitas lendas no esporte, mas eu represento a nova geração e eu serei a próxima lenda brasileira”, afirmou o mineiro, ex-participante do reality show do TUF Brasil. Ele já elegeu um novo alvo na divisão: Derek Brunson, que na semana passada nocauteou Lyoto Machida na luta principal do UFC São Paulo.

E a noite foi mesmo muito positiva para os brasileiros. O outro representante do País no UFC 217 também fez bonito. Em combate que abriu o card preliminar, Ricardo ‘Carcacinha’ Ramos nocauteou Aiemann Zahabi com uma cotovelada giratória no 3º round. Foi a segunda vitória do brasileiro em duas lutas no Ultimate.

 

Recomendado para você