Cores e Temperos

Sem medo, empreendedores investem em negócios e empresa cearense, Cookie Mania, surfa no setor ao ampliar franquias

Foto: Divulgação

Mesmo em meio a maior crise sanitária e econômica, empreendedores brasileiros continuaram a abrir negócios considerados não essenciais durante a pandemia.

No período de um ano, foram abertas mais de 3,5 milhões de empresas, sendo que o melhor mês foi em janeiro de 2021 e o pior em abril de 2020, dados apontados pelo Mapa das Empresas divulgado pelo Ministério da Economia. Apesar do vaivém das medidas restritivas, para muitos empreendedores o período foi de oportunidades. Vivendo isso na prática, a empresa cearense, Cookie Mania, que já conta com cinco unidades em Fortaleza e expandiu – recentemente – a marca para Recife e São Paulo, anuncia a sexta loja: no Bairro de Fátima, na capital cearense.

O sócio-proprietário, Érico Zanon explica que a marca já tinha projeto de franqueamento desde a fundação, em 2015. “Tínhamos como meta nos tornarmos franquia. Porém, acreditamos que para um negócio ser franqueável de maneira eficiente, é necessário alguns anos de mercado para maturar a operação. Então ao longo de 5 anos, estruturamos a nossa empresa para que pudéssemos atingir um crescimento sustentável, a partir do modelo de franquia, entregando a melhor estrutura possível aos nossos franqueados”, explica.

“Nos sentimos aptos no fim de 2018, quando já tínhamos passado por muitas situações que formataram a nossa empresa para um grande crescimento nos anos que viriam, assim utilizamos o ano de 2019 inteiro para a estruturação física e de processos, para que a partir de 2020 tenhamos a disponibilização da venda das franquias Cookie Mania ao mercado”, disse Zanon.

SOBRE A COOKIE MANIA

Érico Zanon e Camila Benevides foram ao Chile em julho de 2014. Entre as novas experiências proporcionadas pela viagem, lá o casal se apaixonou por uma famosa sobremesa da gringa: o cookie. A inauguração da primeira loja da Cookie Mania foi em agosto de 2015, na rua Coronel Jucá, no bairro da Varjota. Até então, Érico nunca tinha pensado em empreender. Sonhava em fazer carreira na multinacional onde trabalhava. Camila, hoje sua esposa, foi quem estimulou a vontade de investir no próprio negócio e ambos direcionaram seus esforços para dar certo..

SERVIÇO

COOKIE MANIA BRASIL

Instagram – @cookiemaniabrasil

Recomendado para você