Corremah!

Reprise: A importância de nossas inscrições.

Fortaleza, 21/02/2020 – Mais uma vez resolvemos reforçar a importância deste tema (polêmico e importante ao mesmo tempo), principalmente neste período em que ainda temos poucas corridas (janeiro e fevereiro), e quando a maioria dos nossos corredores ainda estão aquecendo para muitas corridas que teremos em 2020.

Nesta quinta-feira (20), fiz a pergunta acima em nossa fanpage, e em poucos minutos dezenas de comentários surgiram com muitas respostas que já demonstram a conscientização de nossos corredores em relação a importância deste tema.

Vale lembrar, que recentemente a organização da Corrida Internacional de São Silvestre puniu ‘o primeiro atleta’ de uma assessoria esportiva paulista, que teve o seu número de peito clonado – várias cópias, com uma indenização de R$ 25.000,00. Vejam matéria, link…

 

Vamos reforçar novamente alguns pontos importantes:

1. Os maiores prejudicados com a troca e repasse de inscrições são os próprios atletas, principalmente os que treinam exaustivamente em busca do podium e melhores resulotados nas faixas etárias, pois não são poucos os casos de jovens que correm no lugar de idosos; homens que correm no lugar de mulheres; e atletas de um modo geral com inscrições de terceiros.

2. No caso de um atendimento médico urgente – quando segundos podem salvar uma vida, o número de peito será a sua identificação oficial em uma corrida – o seu RG, com dados consultados e repassados pelos organizadores aos médicos. Neste caso, imaginem se os dados são de outra pessoa? Tipo de sangue, Fator Rh, problemas alérgicos, fones de contato diferentes. São segundos de aflição que poderão se transformar em minutos ou horas, e esta demora pode ser fatal, principalmente se você estiver correndo em outra cidade longe de amigos ou familiares.

3. Com tantas fotos e vídeos nas corridas, não demora muito para que uma simples consulta mostre quem correu com um determinado número, e em casos de irregularidade a situação se torna pública rapidamente – redes sociais.

4. Se você comprou ou recebeu a inscrição de outra pessoa, procure a organização do evento para alterar os dados no dia da entrega dos kits. Em alguns casos, em corridas menores, esta alteração pode ser feita até mesmo no dia da corrida.

5. Muitos dizem: “Vou correr com a inscrição de outra pessoa porquê não vai ter problema, não vou ganhar nada, vou só participar para receber a medalha”. Com este pensamento, imaginem uma corrida com 5 mil pessoas, quantos devem pensar assim, uns 500? Mesmo sem “ganhar nada”, este contingente vai alterar a classificação de muitos atletas nas faixas etárias (mesmo que seja apenas para consultas on-line). Por experiência própria, já acompanhei o caso de um atleta que perdeu o apoio financeiro de uma empresa porquê ele não ficava regularmente entre os três primeiros colocados em sua faixa etária, e um dos motivos foi exatamente as inscrições irregulares de outros atletas – sempre existia alguém irregular na frente dele.

Com o crescimento de nossas corridas de rua nos últimos anos (quantidade), precisamos bater sempre nesta tecla, pois muitos corredores iniciantes (independente da idade), correm hoje com inscrições de terceiros sem terem a noção do que estão fazendo, e cada um de nós, um a um, podemos fazer a nossa parte (quantidade x qualidade).

Como diz a música: “Vivemos esperando o dia em que seremos melhores…”.

 

Acompanhem as nossas publicações recentes:

– 17ª Meia Maratona de Fortaleza, inscreva-se já! link…
– Sorteio cortesias Meia Fortaleza, cadastre-se aqui. link…
– 3º Sorteio de cortesias Meia de Fortaleza. Aguardem…
– 2º Sorteio cortesias: Meia de Fortaleza, link…
– 1º Sorteio cortesias: Meia de Fortaleza, link…
– 1ª Corrida Club Society Cajueiro. link…
– 4ª Corrida e Caminhada Super Vilton. link…
– 2ª Corrida TREVO – Meia Maratona. link…
– Maratona Internacional de Florianópolis. link…
– Nossa entrevista com Vanderlei Cordeiro de Lima. link…

 

Recomendado para você