Discografia

Noite dos deuses

Por Thiago Paiva (thiagopaivajornalista@gmail.com)

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=uoVemPcbONE[/youtube]

Para quem é um apreciador da música eletrônica, o FW 3D MAPPING MITHOLOGY’ foi uma perfeição dos Deuses. O evento realizado no último sábado (5), no Mucuripe Club, entrou para a história como o maior evento de música eletrônica do Nordeste.

Para fazer a galera “viajar”, o evento contou com a participação do grupo GSS – Gorillaz Sound System, do rapper norte-americano Snoop Dogg e mais 30 Dj’s, dentre eles os fenômenos mundiais Yves Larock (Suíça), Robbie Riviera (EUA) e Louis Ousborne (filho de Ozzy Ousborne). As principais atrações da noite fizeram a galera delirar, literalmente.

O nível das músicas que, diga-se de passagem, foi altíssimo, serviu como combustível para a galera que curtiu 12 horas de festa. A ornamentação do evento, que remetia o público à Era da mitologia grega com os Deuses do Olimpo, contava também com vários painéis de LED e a nova tecnologia 3D Mapping’, primeira vez em um evento no Nordeste.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=kWIDwElWD3E&feature=related[/youtube]

O público jovem que compareceu ao evento se sentiu completamente em outro mundo, com os efeitos audiovisuais que convidava à todos a voltar no tempo e viver na era da mitologia grega com Zeus, Poseidon e Afrodite. O 3D Mapping’ deixou todos meio que entorpecidos! É essa a palavra. As paredes esticavam, torciam, mudavam de cor, forma, e também chegavam a desmoronar, coisa de louco mesmo. O 3D fica bem mais perceptível quando estamos a uma certa distância de onde ele está sendo projetado, mas o incrível é que em certos momentos você jurava que as paredes iam cair sobre a sua cabeça.

Mas como tudo não pode ser tão perfeito, o evento teve alguns problemas de atraso na programação. O grupo GSS – Gorillaz Sound System, demorou a subir no Olympo (nome dado ao palco principal), a apresentação estava prevista para acontecer às 2h da manhã e o grupo só deu início ao show por volta das 2h30min, devido à grande ornamentação necessária para a apresentação deles, pois o grupo utiliza o recurso de projeções no palco. O GSS tocou músicas de todos os álbuns e fez uma homenagem à Michael Jackson tocando a introdução de ABC, do Jackson Five e o instrumental de Don’t Stop Till You Get Enough, que levantou a galera.

A produção do evento foi que se enrolou toda na hora de prepara o palco para a atração mais esperada da noite, o rapper Snoop Dogg. O público esperou pouco mais de uma hora para curtir os sucessos do rapper norte-americano. Mas como todo brasileiro sabe bem como se comportar diante dessas situações, entoou um coro de vaias à produção do evento, que tratou logo de agilizar os últimos acertos, colocar a música de abertura do show e ‘jogar’, literalmente, o rapper no palco.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=z7CbXtmC8qQ&feature=related[/youtube]

Snoop Dogg subiu com tudo no Olympo às cinco da manhã com o sol já nascendo, foi isso que tornou o show mais emocionante e bonito de se ver. Até o presente momento estou me perguntando como é que ele conseguiu colocar a galera pra pular quase que o show inteiro em pleno o amanhecer do dia. Enfim, a apresentação do rapper foi bem up’. Ele mexia com a galera, principalmente com as mulheres “bonitas e solteiras”, como ele mesmo disse, ofereceu à elas a música Sensual Seduction, e também brincava com todo o público cantando: “Furtaliza!”, e a galera respondia: “ÊÔ”, todos bem ensaiados. Ao fim do seu show, Snoop Dogg pediu para que todos levantassem as mãos com um gesto para simbolizar “paz e amor” e se despediu dizendo: “Obrigado, voltarei sempre à ‘Furtaliza’”

Com certeza o FW 3D MAPPING MITHOLOGY’ não vai sair da mente dos cearenses, tudo foi muito bem planejado e saiu muito além da expectativa. Foi uma noite inesquecível para todos. E certamente entrou para a história dos eventos de música eletrônica no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.