Discografia

“Amor Inventado”: Karina Zeviani, ex-Nouvelle Vague, lança primeiro disco solo

936 1
Amor Inventado é o primeiro disco solo de Karina Zeviani

Amor Inventado é o primeiro disco solo de Karina Zeviani

A versátil Karina Zeviani volta ao Brasil com seu primeiro disco solo na bagagem, depois de passar nove anos viajando por Inglaterra, França e Londres. “Amor Inventado” (Som Livre) foi gravado entre Paris, Nova Iorque, São Paulo e Salvador. Nele está impressa a mesma versatilidade da cantora, que já encantou em grupos musicais no exterior, como a Nouvelle Vague francesa e a norte-americana Thievery Corporation. Ambas com traços de brasilidade, como a Nouvelle Vague, que mistura bossa nova à música francesa nas letras em inglês. Um primor, a propósito. Voltando ao novo álbum de Karina, uma característica deve ser destacada: as nuances de música circense dão uma leveza especial ao repertório. Uma delícia de se ouvir.

Paulista de Jaboticabal, Karina foi baliza de uma banda marcial na pequena cidade onde nasceu. Viajou por diversos países como modelo fotográfico e acabou na música. Da experiência de mundo e de Brasil, surgiu um disco com características singelas e elegantes, além das melodias com um que de fantasia, remetendo à batida circense. Karina assina todas as composições do disco, seja sozinha ou com parceiros. A voz macia está em perfeita sintonia (e sincronia) com as letras das canções.

A faixa “Maria Rosa” foge um pouco do padrão do disco e se destaca com uma letra delicada, acompanhada, basicamente, por cordas de violão e alguns arranjos mais sutis. A versatilidade, já mencionada, do álbum fica mais robusta com músicas cantadas em francês (La Maison des Fantôme) e inglês (The Beast), rastros da carreira cultivada por Karina ao longo de anos no exterior. Além disto, duas das 12 faixas do disco (“Muda Mutante” e “Buiu”) já tiveram os videoclipes divulgados.

Confiras os dois videoclipes do álbum “Amor Inventado”:

[youtube]http://youtu.be/_ObtvlLfczA[/youtube]

 

1 comentário

  • rafael disse:

    Como eu amo a internet ! Sem ela nunca tomaria conhecimento de uma banda chamada Nouvelle ou da Karina.
    Graças a esta ótima coluna que prima pela qualidade e de um ecletismo musical invejável é que pude conhecer em uma tacada só excelentes grupos musicais!
    A música BUIU gruda como um chiclete na cabeça e não quer sair. Tomara que não saia dela por um bom tempo. Rsrs. Muito bom ! Valeu !

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.