Discografia

Caetano e Gil: Um show para guardar

593 2

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=qglRETz6zrA[/youtube]

Por Mariana Amorim (marianaamorim@opovo.com.br)

Resenha pessoal do show Dois amigos, um século de música por Fortaleza que aconteceu no último sábado, no Centro de Eventos do Ceará. E quem tiver um vídeo melhor de Leãozinho , favor enviar

Os caminhos de Caetano Veloso e Gilberto Gil sempre se cruzaram tanto na história da música brasileira como na pessoal. Não é coincidência o fato de os dois comemorarem, na mesma época, 50 anos de carreira. A verdade é que qualquer show de ambos já é motivo de parar por algumas horas e prestar atenção no que acontece em cima do palco. Com eles no mesmo lugar, então, tudo se transforma num grande evento, daqueles que ficam na memória.

O cenário é simples: bandeiras, uma mesa, duas cadeiras e muita cor. Os dois sentaram lado a lado enquanto o público gritava e aplaudia, e pontualmente começaram a tocar os primeiros acordes da noite. Foram cerca de 30 músicas e uma viagem no repertório dessas carreiras históricas. Levado somente pelas vozes e os violões das duas lendas, fazendo um panorama geral dos sucessos de cada um, o show trouxe um setlist com clássicos. Das parcerias antigas entre os músicos, não poderiam faltar Tropicália e Nossa Gente (Avisa Lá). Super-Homem, Sampa e Drão também emocionaram o público. Próximo ao fim do show, Caetano se levantou para dançar enquanto Gil tocava Tieta, e a primeira despedida veio ao som de Filhos de Gandhi.

Em resumo: que belo encontro! Simples e elegantes, com o violão em punho e nada mais. Mesmo já ultrapassando os 50 anos de carreira, Caetano e Gil parecem estar vivendo sua melhor fase. Ou pelo menos uma boa fase eterna.

2 Comentários

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.