Discografia

DISCOGRAFIA VIU: Todos os Cantos de Marília Mendonça

Foto: divulgação

 

Primeiramente, quero dizer que este blog não é um grande entusiasta da música sertaneja. Não que ela não tenha seus méritos, é apenas uma questão de afinidade. Dito isto, mesmo tendo feito um estrondoso sucesso no seu lançamento, em fevereiro de 2019, o trabalho Todos os Cantos, de Marília Mendonça não foi comentado ou falado por aqui. Porém, durante os dias de isolamento, acabei assistindo ao documentário sobre o projeto e sua excursão. E gostaria de parabenizar Marília Mendonça pelo grandioso trabalho. Grandioso pelo tamanho, pela ousadia e pela popularidade.

Todos os Cantos é o quarto álbum da cantora goiana que explodiu em 2015 com canções sertanejas onde a mulher é a protagonista e abordando o tema da “sofrência”. Todos os Cantos nasceu de um sonho da artista. “Uma noite sonhei que me apresentava em todas as capitais do Brasil. Acordei e na mesma hora liguei para ao meu empresário”, comentou Marília à imprensa na época do lançamento.

Toda a trajetória de Marília foi documentada na série Marília Mendonça – Todos os Cantos, disponível na plataforma de streaming Globoplay. Através do documentário é possível ter uma dimensão da força de Marília. A cantora não avisou ao público sobre data e local dos shows. Ela chegava pela manhã na cidade e saia juntamente com sua equipe para panfletar na rua.

Na ideia inicial, Marília não queria muita estrutura para os shows. O cenário idealizado por ela era um banquinho em praça pública. Logo na primeira capital escolhida, em Belém, a equipe percebeu que não seria possível. Mesmo os shows não tendo aviso prévio e sendo realizado em dias de semana, o público era gigantesco.  No documentário a cantora narra a dificuldade e a estafa de cumprir o cronograma de shows. Em algumas capitais, Marília não conseguia transitar na rua e a superlotação em alguns shows foi bastante criticada. Em Fortaleza, Marília se apresentou no Centro Cultural Dragão do Mar e gravou o hit Sem Sal.

Todo o trabalho foi gravado entre o segundo semestre de 2018 e o início de 2019. Entre os inúmeros sucessos, algumas canções se tornaram hits na carreira da cantora como Ciumeira, Bem Pior que Eu e Bebi Liguei.  Em algumas capitais, como Salvador, Marília contou com participações especiais. Léo Santana foi o convidado para participar da gravação no Pelourinho e divide os vocais do sucesso Apaixonadinha.

Não sou a pessoa mais indicada para avaliar a qualidade musical do trabalho de Marília Mendonça. Como falei inicialmente, não sou uma entusiasta da música sertaneja e o meu conhecimento no segmento é quase nenhu. Porém, muito me admira o sucesso e a popularidade de uma mulher que conseguiu espaço em um meio dominado pelas duplas e vozes masculinas. Ao meu ver, Todos os Cantos é a consagração da dita “rainha da sofrência”. É um trabalho que merece o reconhecimento que tem e que deve sim ser respeitado.