Educação

Edital do Concurso Público para Professores Efetivos em fase de finalização

224 6

Atenção educadores! A Secretaria Municipal de Educação (SME) informa que está finalizando até a próxima semana o Edital do Concurso Público para professores efetivos. As vagas são destinadas ao Ensino Infantil, Ensino Fundamental do 1º ao 5º ano (Pedagogo) e do 6º ao 9º ano (Área Específica).

concursos1O lançamento do Edital foi programado para logo após a finalização do processo de lotação dos profissionais nas unidades escolares da Rede Municipal de Ensino, o que permitiu determinar com precisão a necessidade e o número de vagas.

De acordo com a secretária de Educação, Ana Maria Fontenele, o concurso atende ao previsto no Plano Municipal de Educação e foi incluído no Programa de Governo pela Prefeita Luizianne Lins. A secretária também lembra que para ingressar como Professor, na Prefeitura Municipal de Fortaleza, é necessário ter nível superior (licenciatura plena em pedagogia ou, em áreas específicas, conforme o nível de ensino e descrição das vagas). Aguarde!

Fonte: www.sme.fortaleza.ce.gov.br

Recomendado para você

6 Comentários

  • clodoaldo disse:

    Já faz um mês que o edital estar em fase de finalização. è na próxima semana de que mês? De que ano? O que vai dizer agora a secretária de Educação???????????? Que mico!!!!!!!

  • jose gilardo disse:

    Eu sei que quem não está trabalhando espera e ainda tem ilusões quanto a ser professor, meus amigos(a), não se iludam tenho 47 anos e sou infelizmente professor do Estado e do Municipio é tudo igual, humilhação, humilhação, humilhação…você irá dar aulas para quem não tem vontade de estudar……ganhará uma miséria….será cobrado….dia e noite….será o culpado …..por todas as mazelas que a sociedade capitalista engendra……nunca mais terá tempo livre…..serás escravo…..com o tempo não acreditarás mais naquilo que serás obrigado a ensinar….você pode pensar que eu esteja querendo desanimá-lo…..não é o caso é simpresmente a verdade….daqui a uns dois anos , lhe preço você escreverá concordando comigo …..e falando muita mais coisa…pois a tendência é piroar…….

  • Vandia Robéria disse:

    Nunca fui pessimista, no entanto já estou cansada de tantas promessas de melhorias na educação. Gostaria que a população não colocasse culpa na educação somente no professor.Sou concursada há 15 anos, professora do estado, mais nunca tive tanta vontade de abandonar como agora, só não faço isso porque tenho ainda alguns alunos que tentam aprender em uma sala de aula em que tudo é permitido menos o que é obvio que é estudar.
    E agora mais do que nunca vejo que a imprensa só coloca o que beneficia o governo.O lema da minha escola é o exercicio da cidadania, como posso ensinar isso se não posso exercê-la.
    Outra coisa veja o preparo de alguns professores temporários (não incluo todos, têm alguns que são ótimos, mas infelizmente alguns não tem compromisso e como fica o trabalho na escola com os apadrinhados da SEDUC.

  • LUIZ DE FRANÇA disse:

    CONCURSO PROFESSOR:
    Apesar de esperarem ansiosos pela publicação do edital do concurso público do estado, os profissionais da educação demonstram insatisfação pelo conteúdo do edital preliminar. Acontece que o Concurso constará de quatro etapas, sendo três de caráter eliminatório e classificatório, e uma de caráter classificatório.
    O questionamento dos colegas é que: enquanto alguns concursos públicos, mesmo de nível médio, não exigem tanto dos candidatos e a remuneração chega a R$ 3.000,00(três mil reais), no sistema educacional, além de tratar os professores com certa indiferença, o salário base é de R$ 950,00(novecentos e cinqüenta reais), além da estafante carga de trabalho e o excesso de exigências burocráticas no cotidiano.
    Fiz uma pesquisa, em conversas com alguns colegas e constatei que cerca de 65% (sessenta e cinco por cento) dos professores, mesmo alguns já efetivos, estão à espera dos Concursos das prefeituras, que remuneram relativamente melhor, além da carga de trabalho ser menor.
    Anotem: Daqui a dois anos ou mais o Estado do Ceará sofrerá uma das maiores crises educacionais já vistas, devido à migração de profissionais para a rede municipal . É esperar pra ver…

    LUIZ DE FRANÇA LEITÃO ARRUDA
    MULUNGU – CEARÁ

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − 1 =