Educação

Prefeitura de Fortaleza divulga edital com 1.264 vagas para professores este mês

633 3
O concurso tem como objetivo atender a demanda da rede básica de ensino, que vai do ensino infantil ao ensino fundamental. Foto: Divulgação

O concurso tem como objetivo atender a demanda da rede básica de ensino, que vai do ensino infantil ao ensino fundamental. Foto: Divulgação

A reportagem do O POVO apurou que a Prefeitura de Fortaleza vai lançar este mês o edital do concurso público para contratar, em caráter efetivo, 1.264 professores para atuar na rede municipal de ensino. Quem garante é o secretário de Administração do Município, Vaumik Ribeiro. Nas duas próximas semanas o edital passará por alguns ajustes, mas já está praticamente pronto.

O certo é que o cargo de professor vai exigir ensino superior completo com formação de licenciatura plena em pedagogia ou em áreas específicas, ainda não divulgadas.

Ao O POVO, a Prefeitura informou que a previsão de remuneração total oferecida será de R$ 1.659,74 para uma carga horária mensal de 240 horas de trabalho.

Segundo a Secretaria Municipal de Educação, as vagas desta seleção são destinadas para atender as demandas do Ensino Infantil, Ensino Fundamental do 1º ao 5º ano (pedagogo) e do 6º ao 9º ano (área Específica).

A realização do concurso ficará a cargo do Instituto Municipal de Pesquisas, Administração e Recursos Humanos (Imparh), órgão que sempre promove as seleções públicas da Prefeitura de Fortaleza.

Surge a questão: onde posso acompanhar o lançamento desse edital?

Resposta: pelo site do Imparh. Clique aqui

Bruno Anderson Balacó – brunobalaco@opovo.com.br

3 Comentários

  • RESTA SABER QUANDO OS PROFESSORES QUE PASSAREM VÃO SER CHAMADOS, SE NESSE MANDATO OU NO OUTRO, POIS VIROU PRÁTICO TANTO NA PREFEITURA QUANTO NO ESTADO, FAZER CONCURSO E NÃO NOMEAR. É UMA FALTA DE RSPEITO COM AS PESSOAS QUE SE PREPARAM E TANTO ESTUDAM PARA SEREM SERVIDORES.

  • Isabelle Rocha disse:

    Estou de acordo com o comentário do Rogério Freitas, pois infelizmente, os concursos,especialmente na área educacional, estão sem credibilidade, quanto as nomeações dos aprovados.

  • Discordo com Rogério Freitas. Pois sempre existiu este tipo de comentário. Porém tanto ele quanto muito de nós, conhecemos pessoas que estão no serviço público,concursadas, nomeadas, conforme edital, exercendo suas funções, tudo de forma democrática e legal.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *