Educação

Campanha para o carnaval 2010 entra em vigor

Cartaz_Exploracao_Sexual_de_CriacasCom a chegada do carnaval, a campanha “Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes é Crime. Denuncie! Procure o Conselho Tutelar de sua cidade ou disque 100” chega às ruas de 14 cidades brasileiras.

A Childhood Brasil, organização que trabalha há 10 anos pela proteção da infância contra o abuso e a exploração sexual, é uma das incentivadoras da campanha, que entra em sua quinta edição neste ano.

As cidades escolhidas para abrigar a mobilização receberão bonés, camisetas, abanadores, bandanas, fitas de pulso, tatuagens temporárias, além de peças em inglês e espanhol para uso da Polícia Federal junto a turistas estrangeiros e outras peças de divulgação como outdoors, cartazes, adesivos e spots para rádio.

 A escolha das cidades levou em conta a amplitude dos eventos carnavalescos locais, o número de denúncias registradas no Disque Denúncia Nacional e a sua abrangência dentro da Agenda Social Criança e Adolescente do Governo Federal.

Como no ano passado, a Campanha do Carnaval destaca a importância da denúncia de crimes contra crianças e adolescentes também aos Conselhos Tutelares, como uma forma de fortalecer as instituições locais que também recebem denúncias.

Para este ano, a imagem escolhida para divulgação foi a de uma moça representando uma adolescente fantasiada de pierrot, com uma lágrima, simbolizando o sofrimento de crianças e adolescentes vítimas de violência sexual.

A Campanha do Carnaval é coordenada pela Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República.

Neste ano, abrigam a campanha: Rio de Janeiro (RJ), Corumbá (MS), Fortaleza (CE), Vitória (ES), Belém (PA), Recife (PE), Manaus (AM), Salvador (BA), Belo Horizonte (MG), Porto Alegre (RS), São Paulo (SP), Brasília (DF), Florianópolis (SC) e Porto Velho (RO).

Sobre a Childhood Brasil – Braço brasileiro da World Childhood Foundation, criada por S. M. Rainha Silvia da Suécia, a Childhood Brasil foi fundada em 1999 e tem sede em São Paulo.

Seu foco de atuação é a proteção da infância contra algumas das piores formas de violência: o abuso e a exploração sexuais.

A organização apoia projetos desenvolvidos por outras ONGs em comunidades, fomentando experiências inovadoras de intervenção e contribuindo para o desenvolvimento de organizações de base.

Em paralelo, desenvolve programas próprios, de amplo impacto. São programas que informam a sociedade, capacitam diferentes profissionais, fortalecem redes de proteção, disseminam conhecimento e influenciam políticas públicas, contribuindo para transformações positivas e duradouras para a causa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *