Educação

Adolescentes brasileiras em um mundo digital

680 1

Estudo da ONG Plan Brasil revelou que, apesar de 60% das adolescentes brasileiras conhecerem os perigos da exposição virtual, metade delas gostaria de encontrar pessoalmente alguém que teriam conhecido online.

A pesquisa Adolescentes brasileiras em um mundo digital entrevistou 400 jovens de todo o País e constatou que 79% das meninas não se sentem seguras ao acessar a internet. O levantamento foi realizado pela Parceria para a Proteção da Criança e Adolescente (CPP Brasil).

A pesquisa constatou que quanto mais conhecimento e consciência as meninas têm sobre os novos recursos, maior o grau de segurança que sentem online.

Outro problema revelado pela pesquisa é o fato de as famílias de baixa renda, por terem menos acesso às novas tecnologias, encontrarem mais dificuldade em instruir as crianças sobre o uso da internet.

Os adolescentes que não têm computador em casa recorrem às mais de 100 mil lan houses que existem no País, e os pais não têm como fiscalizar. Para o gestor da CPP Brasil, Luiz Rossi, nesses casos, a inclusão digital dos adultos e o diálogo com os filhos são fundamentais.

Fonte: Correio Braziliense (DF)

1 comentário

  • Paulo Roberto Girão Lessa disse:

    QUEM ENSINA A MATAR?

    Hoje, a televisão ensina a matar.
    Pesquisadores informam-nos que uma criança em idade escolar passa, em média, cinco horas em frente da TV.
    Em Fortaleza, recentemente, um jovem atirou em outro dentro da sala de aula.
    Não admira, eles estão praticando as lições que aprendem diariamente na TV.
    É ilusão pensar que o aluno vai seguir os ensinamentos da sala de aula.
    A TV é mais sugestiva e imprime com maior força na mente das crianças os valores das trevas.
    Salvemos nossos filhos educando com DVDs, livros infantis e outras alternativas positivas.
    Ou educamos nossos filhos ou a TV desvia as crianças do caminho do bem.
    Vamos participar com nossos filhos da vida em família!
    As más companhias estão muitas vezes na internet e na TV!
    Adote seu filho e cuide dele!
    Eles são os nossos tesouros afetivos.

    Paulo Roberto Girão Lessa

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − treze =