Educação

Mapeamento da vulnerabilidade infantil e juvenil

Levantamento da Polícia Rodoviária Federal divulgado no último dia 06 indica 1.820 pontos de risco relativos à exploração sexual de crianças e adolescentes em rodovias federais do País.

A maior parte está no Nordeste, que possui 545. A região Sul vem em segundo lugar, com 399 pontos. Em seguida a região Sudeste, com 371, o Centro-Oeste, com 281 pontos e por último a região Norte, com 224 pontos.

O levantamento não diz que esses pontos têm, necessariamente, exploração sexual, mas apresentam características que podem facilitar o crime. Cerca de 67% estão localizados em regiões urbanas.

Segundo a Polícia, os nomes dos locais não foram divulgados para que não ocorra a migração dos abusadores. No estudo anterior, feito em 2007, foram identificados 819 pontos de risco.

Os dados fazem parte do Mapeamento de Pontos Vulneráveis à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nas Rodovias Federais 2009/2010, uma parceria da Polícia Rodoviária Federal com a Secretaria dos Direitos Humanos da Presidência, a Organização Internacional do Trabalho, e a Childhood Brasil.

Preocupação constante já que vamos receber dois importantes eventos no Brasil: Copa do Mundo de 2014 e Olimpíadas em 2016! O que fazer para mudar essa realidade? Governantes, sociedade e escolas, vamos juntos pensar, elaborar e praticar ações que possam eliminar esses dados e oferecer as crianças seus direitos de fato!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *