Educação

Brasil não investe o suficiente em pré-escola

A legislação brasileira define que, até 2016, todas as crianças com idades entre 4 e 17 anos devem estar na escola. O Brasil, no entanto, ainda está longe de investir recursos suficientes na fase inicial da educação, a pré-escola, afirma o pesquisador em educação Ernesto Martins Faria.

Esta é uma das conclusões de Lições em Educação: Parte I – Pré-Escola e Fluxo Escolar Adequado, levantamento que fez com base no Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa), que mede o desempenho escolar dos estudantes de 65 nações.

De acordo com a pesquisa de Faria, enquanto no Brasil a média de alunos que nunca frequentou a pré-escola é de 19,94%, entre os países da OCDE esse valor cai para 8,39%. Em entrevista, o especialista afirma que a pré-escola é essencial para preparar as crianças para o ensino fundamental.

Fonte: O Estado de S. Paulo (SP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *