Educação

Cidades-sede da Copa concentram 72% das denúncias de abusos sexuais

Cerca de 500 mil turistas deverão desembarcar no Brasil durante a Copa do Mundo de 2014. A alta concentração de pessoas acende um sinal de alerta à rede de proteção a crianças e adolescentes.

Dados recebidos pela Secretaria de Direitos Humanos do DF (SDH) revelam que entre janeiro e março deste ano, cerca de 72% das denúncias de exploração sexual comercial contra crianças e adolescentes feitas ao Disque 100 foram registradas nas 12 cidades-sedes da Copa.

O vice-presidente da Comissão Especial da Criança e do Adolescente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ariel de Castro Alves, alerta: “é essencial criar programas voltados a cada cidade.

Em alguns lugares, a criança ou adolescente se submete à exploração sexual comercial para sobreviver, trocando o corpo por um prato de comida”.

Fonte: Correio Braziliense (DF)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *