Educação

Relatório alerta para abusos a crianças

375 1

A Organização das Nações Unidas (ONU) advertiu que as crianças sírias sofrem abusos atrozes como consequência da guerra civil e responsabilizou o governo e os grupos aliados por múltiplos assassinatos, mutilações e torturas.

Por sua vez, os rebeldes recrutaram jovens como soldados e utilizaram táticas terroristas em zonas de civis, de acordo com o documento entregue ao Conselho de Segurança.

O dossiê detalha atos de tortura chocantes, nos quais crianças foram estupradas, espancadas, expostas a descargas elétricas nos genitais e, inclusive, submetidas a sessões nas quais suas unhas eram arrancadas.

“Estas violações devem parar agora mesmo”, afirmou o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, no relatório que aborda incidentes ocorridos entre 1º de março de 2011 e 15 de novembro de 2013. “Convoco todas as partes do conflito a adotarem, o quanto antes, todas as medidas para proteger e defender os direitos de todas as crianças na Síria”, manifestou.

Fonte: Correio Braziliense

1 comentário

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *