Educação

Enquanto escola pública encolhe, particular cresce

Ao trocar sua filha de escola, a autônoma Denise Galiano Gomes, 31, reforçou um movimento cada vez mais evidente no país: a migração de estudantes de escolas públicas para as particulares. Segundo dados do Ministério da Educação (MEC), os colégios particulares tiveram aumento de 21% nas matrículas nos últimos cinco anos.

As públicas encolheram 10%. Em números absolutos, a rede particular ganhou 1,5 milhão de alunos, e a pública perdeu 4,7 milhões (os dados são influenciados também por fatores como a queda na taxa de fecundidade).

No caso da família de Denise, que vive na Vila Carrão, zona leste de São Paulo, a migração ocorreu ano passado. “Faz tempo que queríamos mudar, mas foi quando nossas condições financeiras permitiram”, disse.

O presidente do sindicato das escolas particulares de São Paulo, Benjamin Ribeiro da Silva, atribui o crescimento da rede privada à melhoria da situação econômica das famílias ocorrida no país a partir da década passada – especialmente para as classes mais pobres.

Fonte: Folha de SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *