Educação

Vagas em universidades portuguesas

Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014 podem concorrer a vagas nas universidades portuguesas de Coimbra e do Algarve. A segunda fase de inscrições na de Coimbra estará aberta até 31 de março. Os resultados da etapa serão divulgados em 13 de abril.

A universidade abrirá ainda uma terceira fase de inscrições, prevista para o período de 13 de junho a 13 de julho próximo. Podem concorrer a vagas nas duas etapas candidatos que deixaram de se se inscrever ou de ser aprovados na primeira, cujo resultado foi divulgado no final de janeiro último.

A nota mínima para o ingresso na Universidade de Coimbra por meio do Enem é de 600 pontos, com pesos diferentes em cada área de avaliação. Para tentar o acesso, o estudante deve fazer a matrícula na página da universidade na internet e apresentar o certificado de conclusão do ensino médio e o resultado do Enem.

Além de Coimbra, o Inep firmou acordo para aproveitamento de resultados do Enem com a Universidade de Algarve. Neste caso, os estudantes brasileiros podem usar a pontuação do Enem de 2014 e de anos anteriores. A instituição também tem três fases de candidatura — a primeira será aberta em 2 de março próximo. O formulário de pré-candidatura está disponível para preenchimento.

A oportunidade de estudar em Portugal resulta de parceria do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) com instituições daquele país, firmada em 2014.

A Universidade de Coimbra é uma das mais antigas do mundo. Fundada em 1290, pelo rei D. Dinis I, é referência na Europa. Em 2013, recebeu da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco) o título de Patrimônio Mundial da Humanidade. A Universidade de Algarve congrega unidades de ensino superior universitário e politécnico. A instituição aceita candidaturas para os cursos de licenciatura e de mestrado integrados no ano letivo de 2015–2016 de estudantes que tenham realizado o Enem em 2012, 2013 e 2014.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do Inep

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *