Entre Aspas

Recomeço

large (20)

 

Pronto minha gente, passou, passou o ano, 2014 ficou para trás, na memória, na cabeça de cada um que esteve presente durante o ano, acabou, gamer over. Ontem, na hora da virada, depois de passar coma  minha família (tradição), desejei melhorias, melhorias para mim e para os meus. Mas me dei conta de uma coisa: o ano não precisa ser melhor, quem tem que ser melhor, é você, a cada dia, consigo mesmo, com o próprio, com o teu descendente, com o ser humano, em todas as suas circunstâncias.

A passagem do ano é só uma jogada, é só para criar calendários, mas tudo fica do mesmo jeito, isso vai depender de você, negócio de ano novo vida nova, não existe, temos que nos renovar durante todo o tempo, tempos que ser camaleões, devemos procurar nos adaptar a todas as coisas, eu sei que não é fácil, mas é preciso, só assim, a paz pode chegar.

Para 2015, quero mudanças, relativamente grandes ou pequenas, mas quero mudanças. Esteja apto a fazer tudo o que você queria, não deixe ninguém te botar pra baixo, quem sabe o que é melhor pra você é você mesmo, então, não dê ouvidos. Não confunda isso com egoísmo, orgulho ou prepotência, não é nada disso, na verdade é amor próprio, auto controle, confiança, auto estima, seu, somente seu, pra depois então ir de encontro ao outro, fazer bem ao outro,  se mover, se adaptar.

A partir de hoje, dê início aos planos que você fez ontem, na hora da virada, começa a executar algumas coisas, faça os seus objetivos acontecerem, saia, mexa-se, não fique inerte nestas 365 possibilidades que a vida está te dando, faça agora, amanhã é incerto, duvidoso e pode nem chegar. Chegamos em 2015, deixamos para trás 2014 e vamos rumo ao futuro.

Desejo a todos um feliz ano novo, muita paz, saúde, harmonia, sabedoria e felicidades, que no novo ano tudo de mais doce possa acontecer em suas vidas, basta ter confiança nos seus atos.

 

Texto: Eduardo Sosua || Imagem: Internet

Recomendado para você