Entre Aspas

[Solo] Rita Elmôr reencontra Clarice Lispector em monólogo na CAIXA Cultural Fortaleza

Comédia dramática convida a uma reflexão ao aliar passagens de livros da escritora com textos de Rita Elmôr, que também atua na peça

 

Uma das escritoras mais enigmáticas da literatura brasileira, Clarice Lispector, tem uma legião de estudos sobre a sua obra, servindo de inspiração para outras produções, seja nas artes plásticas, no cinema ou no teatro. É nessa linguagem artística, que a CAIXA Cultural Fortaleza, apresenta de 05 a 08 de abril, o espetáculo Clarice Lispector e Eu – o mundo não é chato. Com dramaturgia de Rita Elmôr, que também é atriz e sobe ao palco, a peça reúne textos da autora de A Hora da Estrela e Laços de Família a escritos da própria Rita, em um roteiro que dialoga com a faceta mais solar de Clarice.

Com direção de Rubens Camelo, a peça aposta em passagens em que a escritora se relaciona com o mundo e pessoas ao seu redor, deixando transparecer, com fino humor, sua timidez e seu “desencaixe” nas relações. Assim, o público tem a chance de conhecer uma Clarice Lispector menos introspectiva e mais voltada para o mundo.

Na peça, Rita Elmôr e Clarice Lispector se misturam ao contar suas historias, em que muitas vezes não é possível saber quem está falando, se é a atriz ou a escritora. Com leveza e humor, como em uma conversa entre amigas, o espetáculo convida o público a refletir sobre diversas situações do cotidiano.

“Os textos selecionados afirmam a vida e nos ajudam a pensar em maneiras mais inteligentes, criativas e harmônicas de se viver. O olhar politico de Clarice, que está muito afinado com os acontecimentos sociais contemporâneos, também aparece com muita força”, explica Rita.

A atriz e dramaturga optou por criar uma peça sobre Clarice que não fosse autobiográfica e nem que fixasse sobre suas angústias mais pungentes. O humor foi determinante na seleção dos textos, no intuito de aproximar o público da obra de Clarice e tornar possível a fusão Clarice-Rita. O desafio dessa adaptação foi investir em uma comunicação simples e direta, tornando o espetáculo atraente tanto para os que conhecem Clarice quanto para aqueles que nunca leram um livro da escritora.

Sobre a atriz e dramaturga

Rita Elmôr acumula mais de 20 peças no currículo. Na televisão, seu mais recente trabalho foi a novela Boogie Oogie, na TV Globo. Antes, atuou no seriado “As Canalhas”, no GNT, e na novela “Salve Jorge”. Ainda na TV Globo, fez a personagem Venetta, do seriado Macho Man, e Anete, a chefe desequilibrada do seriado Separação!?, sendo indicada ao Prêmio Contigo pelos dois projetos. Trabalhou também com Luiz Fernando Carvalho na microssérie Capitu e na minissérie Os Maias, além de atuar nos filmes Até Que A Sorte Nos Separe e Cilada.com, de Bruno Mazzeo.

Ficha técnica:
Texto: Clarice Lispector
Dramaturgia e Interpretação: Rita Elmôr
Direção: Rubens Camelo
Assistentes de Direção: João Pontes e Radha Barcelos
Cenário e Luz: Paulo Denizot
Figurino: Mel Akerman
Trilha Sonora: Rita Elmôr
Design Gráfico: Estúdio Quedesenholegal
Assessoria Jurídica: Murilo Rabat
Produção Local: ATO Marketing Cultural

Serviço:
O quê: Espetáculo “Clarice Lispector e Eu – o mundo não é chato”

Onde: CAIXA Cultural Fortaleza (Av. Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema)
Quando: 05 a 08 de abril de 2018
Horários: de quinta a sábado, às 20h, e domingo, às 19h
Duração: 60 minutos
Classificação indicativa: 12 anos
Ingressos: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia)
Vendas a partir do dia 04/04, das 10h às 20h, na bilheteria do local
Acesso para pessoas com deficiência e assentos especiais
Serviço de manobrista gratuito no local

Informações gerais | Bilheteria da CAIXA Cultural Fortaleza:
(85) 3453-2770
Texto: Eduardo Sousa com informações da assessoria | Imagem: Dalton Valério

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *