Fisioterapia & Saúde

Hérnia de Disco Destaque na Imprensa Hoje.

hernia-de-disco-cor-236x250Uma patologia com um alto índice e que provoca dores limitantes, onde o indivíduo precisa permanecer em repouso impedindo que o mesmo exerça suas atividades de vida diária. As hérnias mais comuns são as lombares (região da cintura) e as cervicais (pescoço). A coluna lombar sofre principalmente por ser uma região que suporta maiores cargas e a coluna cervical, por ser uma região de grande mobilidade.
As hérnias discais são patologias ligadas ao desgaste das estruturas do disco intervertebral. O disco é uma estrutura localizada entre duas vértebras. Ele possui uma área central gelatinosa (núcleo pulposo) circundada por um anel fibroso que mantém esse núcleo no seu interior. O núcleo gelatinoso funciona como um amortecedor. Devido a fatores como seu envelhecimento (degeneração), sobrecarga local ou traumas, o anel às vezes rompe e permite a saída de parte do núcleo. Esse material gelatinoso comprime a raiz nervosa e provoca os sintomas de uma hérnia de disco.
Os sintomas podem surgir subitamente, desaparecer espontaneamente e retornar em intervalos ou podem ser constantes e de longa duração.
A hérnia discal lombar pode causar:
· Dormência e formigamento nas pernas, pés e dedos;
· Dor na região lombar;
· Dor ao longo do trajeto do nervo que vai da coluna vertebral à nádega, coxa, perna e calcanhar (dor ciática);
· Fraqueza nas pernas;
· Dificuldade em elevar a parte anterior do pé (pé em gota, pé caído);
· Pode afetar os nervos que controlam a função intestinal e bexiga, comprometendo a defecação ou a micção.
A hérnia de disco cervical pode causar:·
· Dor na omoplata;
· Dor na região axilar ou no trapézio;
· Dor no extremo do ombro, que irradia pelo membro superior até um ou dois dedos da mão;
· Fraqueza dos músculos do membro superior;
· Comprometimentos dos movimentos dos dedos são afetados.
A dor de uma hérnia discal, normalmente piora com os movimentos e pode ser agravada pela tosse, pelo riso, pela micção e pelo esforço para evacuar.
O diagnóstico mais preciso da hérnia de disco é feito pela Ressonância Magnética.
O tratamento pode ser conservador (com fisioterapia) ou cirúrgico dependendo do grau de compressão e da lesão do disco.
Na fisioterapia há uma técnica bastante utilizada e conhecida, com resultados comprovados no tratamento de hérnias discais, que se denomina  Reeducação Postural Global (R.P.G.).
A RPG é um tratamento individual, ativo e progressivo, que engloba um trabalho conjunto entre fisioterapeuta e paciente, havendo a necessidade de um controle específico da respiração, bem como de contrações específicas de determinados músculos colocados em tensão. Através de técnicas, trabalhamos em posturas, alongamento, fazendo micro ajustes seguindo a cadeia muscular que está causando a dor e/ou outros problemas, alongando os músculos estáticos e ao mesmo tempo fortalecendo os músculos dinâmicos. Com a tração manual, o tempo todo utilizada, provoca-se uma pressão negativa no local, onde é aumentado o espaço entre as vértebras, descomprimindo o nervo e aliviando a dor; proporcionando assim, uma qualidade de vida melhor para o indivíduo. Faça uma avaliação!

Fonte :http://www.atribunamt.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − 7 =