Fisioterapia & Saúde

Com Exclusividade Mauricio Garcia fala da Fisioterapia Esportiva e Copa do Mundo.

213 1

Mestre Profissional em Ciências Aplicadas ao Aparelho Locomotor, pelo Departamento de Ortopedia da UNIFESP – Universidade Federal de São Paulo – EPM. Fisioterapeuta Coordenador e Gestor do Instituto Cohen de Ortopedia, Reabilitação e Medicina do Esporte. Fisioterapeuta Coordenador do C.E.T.E. – Centro de Traumatologia do Esporte – EPM – UNIFESP.

Blog Fisioterapia & Saúd. e A que o Sr. credita esse crescimento da fisioterapia no esporte? Que fatos ou pessoas  podem  ter influenciado todo esse prestígio?

Mauricio Garcia.  Tenho uma opinião sobre a história da fisioterapia esportiva no Brasil que vem junto com minha descoberta da fisioterapia. Estamos falando de um pouco mais de 25 anos. Jogava voleibol e nuns jogos abertos do interior, tínhamos um fisioterapeuta na equipe com muitos atletas para tratar, precisava de ajuda, e nos tempos livres de jogos e treinos, passei a ajudá-lo e fiquei encantado em usar os meios físicos para tratar as lesões provenientes da prática esportiva. Comecei a pesquisar sobre fisioterapia esportiva e encontrei alguns nomes, e os procurei na época para entender o que era este negócio de fisioterapia. Eles me convenceram a ponto de ser minha opção para o vestibular o que custou três meses sem falar com meu pai. Os fisioterapeutas são Romildo Albuquerque, mais conhecido como “Pernambuco”, trabalhando nos Emirados Árabes a 30 anos e Nivaldo Vanderlei Baldo, que podem falar o que quiser, mas o Nivaldo é um grande ídolo meu e na época, poucos eram tão ambiciosos como ele, e se hoje temos algum prestígio na fisioterapia esportiva, uma boa parcela vem do sonho audacioso de profissionais que citei acima.

Blog Fisioterapia & Saúde . A seleção brasileira tem sido constantemente anunciada pela mídia com notícias sobre lesões de nossos titulares, exemplo disso é o Kaka  e agora o Julio Cesar, em sua opinião esses casos  podem  trazer prejuízos nesse mundial?

Mauricio Garcia.  No que diz respeito aos esportes, infelizmente é um hábito ter raciocínios em curto prazo, chegando até a dizer-se que o jogo mais importante de toda a carreira de um atleta é o próximo a ser disputado. Esta afirmação põe em destaque a vulnerabilidade da carreira de um jogador ou de um treinador para quem o futuro depende por vezes, de um único resultado positivo ou negativo e ainda quando depende da opinião subjetiva de um dirigente. Para o treinador, é muitas vezes impossível manter-se prudente, poupar a equipe base fazendo substituições. É necessário esgotar todas as possibilidades, sem cálculo possível em detrimento por vezes do futuro. Os orçamentos de um clube, seja ele qual for, são frequentemente contados em milhões de miúdos. É, portanto prática e financeiramente impossível pagar substituições de luxo. A rentabilidade é uma palavra chave, por isso, uma lesão é uma calamidade.

 Blog Fisioterapia & Saúde.  O Sr. conhece os fisioterapeutas da seleção brasileira? Como o Sr. avalia o trabalho dos profissionais fisioterapeutas da seleção brasileira?

Mauricio Garcia.  Conheço o Rosan  e é um dos poucos fisioterapeutas habilitados para exercer a função de fisioterapeuta na seleção brasileira. A fisioterapia esportiva tem duas vertentes de atuação. Uma nos nossos ambulatórios e clinicas especializadas e outra atuação dentro das equipes esportivas. Tenho particularmente uma grande experiência na reabilitação de atletas de alta performance dentro da clinica e até atuando em eventos esportivos, como jogos sul americanos, jogos panamericanos e outros, mas sempre há um sonho de poder trabalhar com a seleção brasileira, mas tenho plena consciência de que experiência, competência, força de vontade não basta, pois é preciso estar habilitado em viver uma vida desregrada, longe da família, esquecendo o relógio, muitas viagens, malas feitas e desfeitas e viver sob uma pressão constante.

Blog Fisioterapia & Saúde. Como é a  rotina de um profissional da fisioterapia que trabalha com esporte?

Mauricio Garcia.  Tirando a rotina do fisioterapeuta esportista dentro das equipes já descrita na questão anterior, a realidade é que não há rotina, nem protocolos, o que temos é uma afecção ortopédica que tem ser reparada em um curto espaço de tempo evitando o mínimo de complicações e ainda sermos um pseudo psicólogo dos atletas onde os influenciamos nas opiniões que colocamos, por isto, temos que ter muito cuidado  em atuarmos dentro da fisioterapia esportiva.

Blog Fisioterapia & Saúde.  Quais sugestões poderia dar a quem  está sedentário e quer iniciar uma prática esportiva?

Mauricio Garcia.  Procure um médico para avaliar suas condições de saúde e inicie exercício físico já. Nunca é tarde.

Blog Fisioterapia & Saúde. Todos nós brasileiros temos um pouco de técnico de futebol,  a seleção do Dunga, seria a mesma escalada pelo Mauricio Garcia?

Mauricio Garcia.  Gosto da forma que o Dunga comanda a equipe, mas apenas levaria o Ronaldinho.

Blog Fisioterapia & Saúde. Quais suas expectativas nas vésperas de uma copa do mundo?

Mauricio Garcia.  Vejo o povo brasileiro reagindo muito tarde  para a Copa. Poucas casa e ruas enfeitadas, muita gente apostando em outras seleções, poucos sabem escalar a seleção que vai jogar nesta copa. Espero que possamos entrar no clima da copa assim que os jogos começarem, mas não sinto uma emoção como em outras copas.