Fisioterapia & Saúde

Estudantes de Fisioterapia Denunciam Agressão de Seguranças do Reitor.

O reitor da Universidade Federal do Piauí, Luís Júnior, esteve em Parnaíba nesta segunda-feira (07) para inauguração do Restaurante Universitário do campus. Os cerca de 200 alunos do curso de Fisioterapia aproveitaram para tentar buscar uma explicação do reitor sobre o descaso com o curso, mas ao tentarem chegar perto teriam sido agredidos por seguranças.

 A denúncia foi feita pelas próprias alunas do 7º período, que não quiseram se identificar, com medo de represálias. Elas teriam ficado na frente do carro do reitor e sido retiradas bruscamente pelos seguranças que supostamente as machucaram. As alunas apresentam manchas vermelhas nos braços e ombros e vão prestar queixa na delegacia.

 Os alunos querem que o reitor cumpra a promessa feita há um ano: uma clínica para estágios, livros na biblioteca e mais professores para o curso. “Os alunos do 7º período já estão no último ano e até agora não estagiaram porque nosso curso não possui uma clínica. Como eles vão se formar assim?”, questiona a estudante. Segundo ela, o reitor não se reuniu com os alunos. Após a solenidade de inauguração, Luís Júnior se encontrou apenas com o coordenador do campus, José Eduardo Balui.

 UFPI

A assessoria de imprensa da Universidade Federal do Piauí afirmou desconhecer o fato e garante que a instituição é totalmente contrária à agressão a alunos. No entanto, alerta que os discentes que supostamente sofreram agressão façam boletim de ocorrência dentro da própria universidade para que a denúncia seja apurada.