Fisioterapia & Saúde

Tonificação da musculatura protege joelhos contra dores

477 1

Os principais tipos de dores nos joelhos estão relacionados às lesões dos ligamentos e lesões relacionadas à
prática de atividade física sem um bom condicionamento físico

POR: Maria Fernanda Rodrigues

 Maior articulação do corpo humano, o joelho é responsável por suportar grandes demandas físicas, não só em atividades como caminhadas, marchas e corridas, mas também em práticas esportivas. Por fazer a ligação entre o quadril e os pés, tem papel importante na mobilidade corporal, viabilizando movimentos extensores e flexores.

 “O joelho é constituído principalmente por duas articulações: a patelafemoral e a tibiafemoral, que funcionam em conjunto, permitindo movimentos simples como agachar ou subir e descer escadas. Essas articulações e seus ligamentos que são responsáveis por sustentar grandes impactos durante exercícios físicos, por isso é tão importante mantê-los protegidos de possíveis lesões”, explica Everaldo Vasconcelos, fisioterapeuta especialista em ortopedia.

Vasconcelos também coordena o “Grupo do Joelho”, formado por alunos de fisioterapia do Centro Universitário Barão de Mauá e que tem como objetivo auxiliar no tratamento de lesões de praticantes de atividade física e afirma que os joelhos estão entre as articulações mais afetadas na prática de atividades esportivas que exigem deslocamentos e mudanças de direção associadas com velocidade. É o caso do futebol, handebol, basquete e tênis. Os principais tipos de dores nos joelhos estão relacionados às lesões dos ligamentos e lesões relacionadas à prática de atividade física sem um bom condicionamento físico. 

“Os riscos de lesão, no entanto, podem ser menores com ações preventivas que abrangem trabalhos de fortalecimento, flexibilidade e  de equilíbrio postural”, afirma o fisioterapeuta.

Mas, se mesmo com a prevenção ocorrerem lesões durante a prática física, Vasconcelos recomenda a aplicação imediata de gelo no local e posteriormente uma consulta com um médico ortopedista e tratamento com fisioterapia. 

Músculos da coxa fortalecidos

Segundo o educador físico Samuel Paião, da clínica Amarunthus, alguns fatores podem favorecer as lesões nos joelhos, como rompimento dos ligamentos, sedentarismo, uso de calçados inadequados, prática incorreta de atividade física e problemas de cartilagem no caso das mulheres, que possuem estrutura corporal diferente dos homens.

“Os joelhos são estruturados de forma a suportarem mais força do que velocidade. Por isso a alta incidência de lesões durante a execução de exercícios que exigem mudança rápida de direção. Exercícios com a finalidade de fortalecer os músculos das coxas são os mais indicados para proteger essas que são as mais complexas articulações do corpo”, explica o educador físico.

Para garantir um bom condicionamento aos músculos que protegem os joelhos é preciso dedicação aos exercícios três vezes por semana. O treino deve começar com o aquecimento e priorizar o fortalecimento dos músculos anteriores e posteriores das coxas.

Dicas para um joelho protegido

• Durante os treinos de musculação, procure exercitar a musculatura posterior e inferior das coxas de maneira equivalente. A descompensação entre as duas regiões aumenta o risco de lesões

• Atividades esportivas que exigem deslocamentos bruscos e mudanças de direção associados a alta velocidade estão entre as principais causas de lesões no joelhos

• Para manter a articulação saudável e livre de dores, evite usar saltos altos e finos por longos períodos, prefira o uso de tênis com sistema de amortecimento, principalmente durante a prática de atividades esportivas

• No caso de lesões nos joelhos, aplique imediatamente no local uma compressa de gelo. Não utilize bolsas de água quente, isso pode agravar a lesão

• Procure um ortepedista especialista em articulações e só retome os treinos após liberação médica

Fonte: A cidade.

1 comentário

  • Alexandre disse:

    Jogando bola, fiz um movimento tipo um carrinho mas com uma das pernas para traz, meu joelho estalou na lateral interna e externa, não torceu mas doeu muito e a parte interna dele inchou e ficou dolorida. Não sinto nada dentro do joelho mas a lateral do joelho doi até pra colocar uma em cima da outra na hora de dormir. Não consigo dormir direito, pra sair da cama. já faz tres semanas, já estou andando bem dá até pra dar um trotezinho, mas ainda dói quando preciono com o dedo no local, não fui ao médico, será que devo fazeer uma ressonância ou vai passar só tomando antiflamatório.

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *