Fora da Ordem

Seis reality shows para assistir nas plataformas de streaming

Giovanna Ewbank e os participantes do The Circle Brasil (Foto: Divulgação)

Programas como BBB, Casa dos Artistas e The Voice formam o imaginário pop da TV aberta brasileira. Formatos mundo a fora – o Big Brother, por exemplo, é holandês; The Circle é britânico – fazem sucesso, têm temporadas renovadas durante décadas e ganham versões ao redor do mundo.

Arrisco até dizer que estamos vivendo um boom de realities com a popularidade dos serviços de streaming. A Netflix sai na frente com vários programas originais do formato, incluindo um brasileiro. O blog Fora da Ordem preparou uma lista com seis dicas – entre novidades e velhos conhecidos – para maratonar na quarentena.

The Circle Brasil
Netflix

Edições do reality são gravadas em Manchester, na Inglaterra (Foto: Divulgação)

A melhor surpresa de 2020, até agora, é The Circle Brasil. Apresentado por Giovanna Ewbank, o reality acertou ao confinar jogadores completamente diferentes de várias partes do País no mesmo prédio. Cada um em seu “apê” precisa criar o perfil ideal para ganhar a simpatia dos outros participantes, likes, pontos e formar alianças para ficar bem cotado no ranking. E, claro, nem todos mostram quem realmente são.

Com boas doses de drama, personagens carismáticos e montagem dinâmica, a edição brasileira mostrou que é possível bater de frente com o intocável BBB, mesmo fora da TV aberta. A boa notícia é que a segunda temporada já está garantida e deverá ser gravada em Manchester, na Inglaterra, quando a pandemia do coronavírus permitir.

Enquanto isso, é possível se divertir com a versão estadunidense e a recém-lançada edição francesa. A versão original foi lançada em 2018, no Reino Unido.

Making the Cut
Prime Video

A modelo e apresentadora alemã Heidi Klum se junta ao consultor de moda estadunidense Tim Gunn no comando do Making the Cut. Lançado no último dia 27 pelo Prime Video, o serviço de streaming da Amazon, o programa tenta resgatar o sucesso de Project Runway, que também teve envolvimento dos apresentadores.

Aqui, 12 estilistas reconhecidos saem em uma viagem ao redor do mundo, passando por Nova York, Paris e Tóquio, enquanto competem para ser a próxima marca de moda global. O prêmio para o estilista vencedor é de um milhão de dólares.

Casamento às Cegas
Netflix

Duas pessoas conversam separados por uma parede, sem se conhecer, sem ver o outro pessoalmente, ouvindo só a voz. De lá, eles saem… noivos! Seria estranho se na era dos aplicativos de relacionamento as coisas não acontecessem de forma relativamente parecida.

A diferença é que no programa da Netflix as pessoas vivem o experimento, como é chamado, intensamente até o casamento. Quem diz “aceito” ou “não” é uma surpresa que fica para o season finale. Um dos casais, aliás, vai ganhar um reality show só deles.

Soltos em Floripa
Prime Video

Celebridades comentam o reality da Amazon (Foto: Divulgação)

Oito jovens “padrão” são jogados em uma casa de luxo durante as férias em Floripa e vivem sem regras, num modo de vida que poderia ser classificado como anárquico e bon vivant.

São dias regados a festas, álcool, nudez e sexo – um verdadeiro soft porn com a adição de muitas brigas.

Soltos em Floripa é uma espécie de resposta a De Férias com o Ex, da MTV (também disponível no Prime Video). Episódios inéditos às sextas com bônus às terças, quando saem episódios comentados por celebridades, incluindo Pabllo Vittar, MC Carol e a ex-BBB Bianca Andrade.

Queer Eye
Netflix

Queer Eye for the Straight Guy foi um programa lançado em 2003 pela Bravo TV que ficou no ar por cinco anos e teve 100 episódios. Depois conhecido apenas por Queer Eye, se tornou o grande sucesso do canal no período ao mostrar mostrar cinco homens gays transformando a vida de homens héteros com dicas de moda e comportamento, entre outras coisas.

Quinze anos depois, foi a vez da Netflix formar um novo Fab Five e retomar o formato makeover nos dias atuais. O reality faz tanto sucesso que já teve quatro temporadas exibidas, ganhou um spin off gravado no Japão e transformou os cinco fabulosos em celebridades. A empresa planeja versão brasileira.

O Fab Five da Netflix (Foto: Divulgação)

BBB20
Globoplay

Não se fala em outra coisa. O vigésimo ano do Big Brother Brasil já entrou na lista de temporadas históricas do reality, a começar por unir pessoas anônimas com artistas e influencers digitais. Teve formação de exército feminista contra machistas, conflito racial, favoritos que acabaram rejeitados pelo público e até participante acusado de estupro ao sair da casa – mas não seria a primeira vez que um ex-BBB viraria caso de polícia.

A Globoplay disponibiliza, além dos programas completos, mais de 10 câmeras para acompanhar a casa ao vivo, sessões de destaques, shows e todos os bate-papos com eliminados.

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *