Futebol do Povo

Fortaleza: campanha comprova força dos meio-campistas e fragilidade dos atacantes

993 5

pio

Foram 32 jogos oficias em 2015 para o Fortaleza, com 19 vitórias, oito empates e cinco derrotas. A equipe marcou 51 gols e sofreu 27, números de todas as competições em que atuou, ou seja, Campeonato Cearense, Copa do Brasil e Copa do Nordeste. A média de gols sofridos é de 0,84 por jogo, enquanto o ataque faz 1,59 em média.

Quando a observação estratifica apenas do ponto de vista dos números (e não da importância do jogo e valor do gol) os responsáveis por balançar as redes adversárias fica claro que os jogadores que têm a missão única de atacar têm falhado muito. Cássio,  que já foi dispensado, Lúcio Maranhão e Cassiano têm quatro gols cada. Uilliam e Romarinho marcaram uma vez. Assim, os cinco atacantes do elenco fizeram juntos 14 gols.

Só Éverton, meio-campista e artilheiro da temporada no Fortaleza, marcou sete vezes. Pio, lateral direito e meio-campista, já fez cinco, vice-artilheiro do tricolor no ano. Daniel Sobralense e Maranhão, meio-campistas que têm quebrado o galho como jogadores mais avançados até pela ausência no elenco de atacantes mais competentes, também fizeram quatro gols cada.

A linha defensiva do Fortaleza têm marcas boas ofensivamente . Lima fez quatro gols. Adalberto marcou duas vezes e Genilson, uma. Na laterais, Wanderson fez dois gols e Tinga marcou um, totalizando, portanto, 10 tentos marcados.

A lista completa de artilheiros do Fortaleza em 2015:

Éverton – 7 gols
Pio – 5 gols
Cássio – 4 gols
Sobralense – 4 gols
Cassiano – 4 gols
Maranhão – 4 gols
Lúcio Maranhão – 4 gols
Lima – 4 gols
Samuel – 2 gols
Wanderson – 2 gols
Adalberto – 2 gols
Romarinho – 1 gol
Uilliam – 1 gol
Marcio Diogo – 1 gol
Genilson – 1 gol
Hess – 1 gol
Tinga – 1 gol
Corrêa – 1 gol
Contra – 2 gols

Em tempo: colaborou com o post, Henrique Bittencourt

Recomendado para você

5 Comentários

  • João Ximenes disse:

    E vai continuar assim até que CHAMUSCA enxergue um algo mais com o elenco LIMITADO que tem nas mãos.
    CHAMUSCA tá preparando um time com “alterações”, comparando-se ao último jogo: SOBRALENSE no ELIAS, voltando WANDERSON pra dele e ainda testou AZULÃO no PIO e ELIAS no MARANHÃO que entrou no time titular.

    Ficou assim o time: Erivélton, Tinga, Lima, Adalberto e Wanderson; Vinícius Hess, Auremir, Pio, Maranhão e Daniel Sobralense; Lúcio Maranhão.

    Olhando assim de supetão, parece ser o que temos de melhor de momento, uma vez que faltam aí CORREA e EWERTON(os dois melhores do time até agora). Mas…

    … METENDO O BEDELHO NO TIME:

    1. Acho que deveria continuar ELIAS pra pegar mais ritmo de jogo, visto também, que não comprometeu em nada e até andou LAMPEJANDO, como no calcanhar do último gol do Maranhão. SOBRALENSE vem de gripe(parece dorme num freezer de frigorífico e é só “butar” a cara fora gripa), e esse Cuiabá vai exigir muito da equipe;
    2. WANDERSON na dele foi a coisa mais sensata feita pelo CHAMUSCA nesse ano e meio dele no LEÃO DE AÇO;
    3. MARANHÃO de cara, a gente já sabe que vai ser uma substituição certa. MARANHÃO é pra entrar no decorrer do jogo. Principalmente nesse que vamos pegar um “sufocozin” quase toda a partida, e ele seria “o cara” pra atiçar lá na frente. Entrando de cara não vai conseguir render pois vai se preocupar mais em defender e não vai perturbar nada;
    4. LÚCIO MARANHÃO ainda é a melhor opção que temos pra frente. Agora cabe ao CHAMUSCA “butar” mais um atacante(seja até o Maranhão. Desde que fique mais a frente sem precisar ter de defender tanto) que é pra ver se a bola chega nele. Sobralense e Elias como segundo atacante pra jogarem junto do Lúcio, não passa de uma outra invenção do CHAMUSCA. Maioria das jogadas, tá LÚCIO fora da área buscando o jogo e SOBRALENSE desfilando dentro da área reclamando de sua própria sobra porque a bola não chega. DÁ NELE LÚCIO MARANHÃO !

    Todo jogo, temos 4 pelo meio: Pio, Hess, Auremir, Sobralense(prende ele no meio ao invés de soltar no ataque), + os 2 laterais(que se limitam também a fechar os espaços atrás e pouco vão a frente). Dá pro MARANHÃO ficar mais no desafogo e até ajudar mais o LÚCIO MARANHÃO que fica o tempo todo isolado lá na frente.
    Pode ser que WANDERSON na dele mesmo, sem tapar a passagem dele mesmo pelo lado(fechava o limitado Radar), e TINGA também saindo um pouco mais, o time tenha mais jogadas pelos lados do campo, pois 3 volantes são exatamente pra dá essa segurança pros dois.
    E o bom é que o time, ainda assim, fica bem ORGANIZADO no sistema defensivo e tem uma chegada forte na frente.

    Resta o CHAMUSCA enxergar essa OPÇÃO DE JOGO e por em prática.

    Agora… só quem pode ser PENTA é a gente.

    Xô Czona(que ninguém merece).

    SOU MAIS LEÃO DE AÇO !!!!!

  • Robson Aguiar disse:

    É por essa constatação, que não é nova, que fica difícil entender o porquê do clube ainda não ter contratado jogadores pro ataque que resolvam. Lógico que a questão financeira deve ser a que mais pesa, junto com o receio de mais uma vez o jogador não encaixar, mas quem está à frente de um clube com as pretensões do Fortaleza tem que ser um pouco mais ousado (sem ser irresponsável).

    Não quero jogador de “impacto” ou “bomba”, pq só servem mesmo pros nossos cronistas locais atrasados fazerem auê, mas jogador que entre, vista a camisa de titular e faça gol. Será que num país desse tamanho (ou até fora, pq não?) não tenha dois atacantes (só dois) com essa qualidade e dentro da nossa realidade financeira?

  • Seca pacotinho disse:

    Infelizmente, nosso orçamento é muito apertado, e já estamos gastando mais do que poderíamos… HJ o custo do Fortaleza é de cerca de Um milhão e cem mil reais por mês, isso é muuuita coisa para um time com fontes de renda tão minguadas. Acho que a falta de gols dos atacantes passa (alem da obvia má fase de alguns, e limitação técnica de outros) pela falta de uma peça mais aguda pelo lado direito do campo. Ano passado tinhamos Waldison pela esquerda (que foi substituído com ganho pelo Everton) e Edinho pela direita, um jogador muito veloz e bastante agudo. Hj temos PIO pela direita, e ele infelizmente não chega nem perto do nível do Edinho… como aquele lado fica sem apoio, é comum ver Lúcio Maranhão ou Cassiano tentando ocupar o espaço… espero que o Azulão possa ser o jogador que precisávamos, já que ele fazia exatamente esta função nessa na Caldense.

  • joao paulo de oliveira disse:

    O time: Erivélton;
    Tinga, Lima, Adalberto e Wanderson;
    Vinícius Hess, Auremir, Pio;
    Elias e Daniel Sobralense;
    Lúcio Maranhão.

    Guarda o Maranhão pro segundo tempo.

    Qualquer um (Elias, Sobralense, Hess, e até o Lúcio) pode fazer o 1, 2 com o Wanderson.

    V Hess gosta de ir pela esquerda. Lúcio M se desloca muito. Sai muito da área. Pode revesar com o Sobralense como homem de área.

    O Chamusca tem o time na mão. Não vai mudar muito. E tem que ver como joga o Cuiabá.

    Contratação? Tem que ser de qualidade e, pouca. Que chegue pra agregar. De preferência, um goleador.

    Jogador veloz (apesar de ser mais driblador do que veloz), temos o Maranhão. Romarinho voltando, se não quebrar de novo. Uilliam, que entrou bem, e não é veloz, mas participa.

  • Robson disse:

    O fato do Fortaleza EC não ter homens de frente confiáveis ficou nítido desde as primeiras rodadas do Estadual, é chato ficar repisando este assunto.

    Mas é preciso reconhecer que futebol não se faz com varinha de condão, é com dinheiro, e dinheiro é o que não temos, aliás, quem tem no futebol brasileiro (embora alguns teimem em jurar que o clube que torcem nada em dinheiro) ?

    Nesse cenário, fica ainda mais evidente a necessidade de uma maior adesão ao programa de sócio torcedor do Campeão Cearense, uma torcida que tanto reclamava da administração Baquit, do fato do time não ganhar o Estadual e do formato do antigo programa de fidelização, agora, que esses fatores não mais persistem, tem obrigação de ajudar o clube.

    Somente com um aval financeiro o Fortaleza EC poderá atraver-se à contratações de melhor porte.

    Por isso, façamos o sócio torcedor, e quem já o fez, que consiga convencer mais alguém a aderir.

    Saudações Campeãs, saudações tricolores.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + oito =