Futebol do Povo

Faz sentido um Clássico-Rei para pagar as 1580 cadeiras quebradas na final do estadual?

1955 33

Uma partida entre Ceará e Fortaleza ainda em 2015 para que as receitas sejam revertidas para o pagamento dos estragos deixados pela barbaridade que o Castelão viveu na final do campeonato estadual.

A ideia, de acordo com o secretário de esporte do governo, deputado Jeová Mota – em entrevista ao Trem Bala da TV O POVO nesta terça-feira – foi aceita pelos clubes e já tem apoio de algumas empresas que poderão patrocinar o evento. A Luarenas, atual administradora do estádio, já coloca a eventual partida no seu pacote de venda dos camarotes do Castelão para este ano, ao lado do mata-mata da Série C e do jogo do Brasil diante da Venezuela, nas Eliminatórias.

A situação, entretanto, me parece sem cabimento. Primeiro, porque essa dívida já tinha que ter sido cobrada dos clubes faz bastante tempo e, estes, por sua vez, já deveriam ter cobrado dos torcedores que poderiam ter sido identificados facilmente com tantas imagens disponíveis, tanto das emissoras como do sistema de segurança do estádio.

Some-se a isso achar um dia para que as equipes joguem com as equipes titulares num período em que o Fortaleza está simplesmente decidindo sua vida na Série C e o Ceará luta para não se rebaixado na Série B. Ainda que tal peleja seja realizada em novembro, o espírito do torcedor será decidido pelo destino de cada clube neste ano.

Além disso, colocar na conta do torcedor de bem uma quebradeira imensa numa partida que terá o nome de “Clássico da Paz” é querer explorar demais a boa vontade alheia. E ainda correr o risco de mais cadeiras quebradas.

Em tempo. A Secretaria de Esportes diz que não quer divulgar os valores do prejuízo para não estimular mais rivalidade, o que considero um erro e uma falta de transparência se motivo. O órgão entende que o tal jogo é a melhor solução. Valeu lembrar que do lado da torcida do Fortaleza a Arena alega que foram 420 cadeiras quebradas e dois aparelhos de televisão. Do lado do Ceará a alegação é de 1160 cadeiras quebradas e sete aparelhos de televisão.

Recomendado para você

33 Comentários

  • josé disse:

    tudo no nosso estado é o contrario do resto do planeta……….. a nossa cabeça pensa e age diferente do resto da humanidade………. chega a ser cômico sequer cogitar um jogo desses, imagina realizar de fato………. cômico para nao dizer ridículo, patético, atrasado, provinciano, matuto, medíocre, pequeno, imbecil e mais um monte de adjetivos do tipo……….. realmente, nós cearenses somos e estamos muito bem comandados………… por isso somos tao ricos, e o resto do planeta e da humanidade tão pobre e tao sem ideias e sem cultura……… um grande viva para todos nós cearenses! VIVA!

  • Carlos Pinheiro disse:

    Acredito que, depois dos quatro campeões, está tenha sido a idéia mais idiota. Que ceara e Fortaleza paguem, mas querer fazer o torcedor de débil mental é dose. Espantado com a aceitação do Jorge Mota.

  • João Ximenes disse:

    IDEIA DE JERICO !

    Se duvidar, vão É AUMENTAR O PREJUÍZO.

    O que devem fazer ? OLHAR PARA AS IMAGENS; identificar os quebradores e “butar” fotos espalhadas nas ruas pra em seguida prende-los, pois só assim irão fazer justiça, e não fazer os TORCEDORES DE BEM rachar essa despesa.

    É SÓ MAIS UMA desse futebol(como diz o bordão do apresentador do programa)…

    DIVINO E MARAVILHOSO.

  • Chico Caucaia disse:

    Tem que acabar com o campeonato Cearense, totalmente falido, não serve de base nem para a serie D, muito fraco, ou então faz um quadrangular para saber quem é o campeão, Ceara e Fortaleza e mais dois menos ruim……….kkkkkkkkkkk

  • Jorge Marques disse:

    Isso é caso de policia…clube não é pra pagar danos causados por vândalos. A administração do espaço é que tem a responsabilidade de dar segurança ao evento. Muito fácil, podem quebrar que os clubes pagam!! e os meliantes que quebraram a moto de um torcedor. Quem paga? Deveria ser o clube mandante. Ai vão falar…era espaço público. O Castelão por acaso que eu saiba é do estado. público.

  • Carlos Alberto Bezerra de Freitas disse:

    Mais cadeiras quebradas e marcar outro clássico para pagar o novo prejuízo… kkk

  • Paulo Souza disse:

    Lembro-me bem que na reabertura do Castelão com rodada dupla pela copa do NE (FEC x Sport e Ceará x Bahia) um “torcedor” do Sport quebrou uma cadeira e foi identificado pelas câmeras, a polícia o prendeu e ele foi levado à delegacia. Foi noticiado no rádio que esse “torcedor” somente saiu de lá após pagar o valor equivalente a cadeira quebrada. Tenho certeza que ele não fará a mesma estúpida atitude!!!
    Enquanto ficarem culpando apenas os clubes e não punindo os verdadeiros responsáveis, esses atos imbecis continuarão acontecendo.
    A impunidade é o grande mal de nossa nação, isso é um fato!

    Sou torcedor do FEC, estava presente na final e aquela atitude tomada de invadir o campo me deixou decepcionado, embora estive extremamente feliz pelo título!!!

  • Leandro Gonçalves disse:

    Concordo.Infelizmente medidas esdrúxulas como essas,fazem parte e farão por um bom tempo do cenário do futebol nacional.
    E outra : acho justo também o clássico,se ocorrer,sem a presença de qualquer membro de torcida organizada. Seria muito bom mas pouco provável,visto que não há controle,um banco de dados que identifique os bárbaros…Porque são tudo,menos torcedores…

    • Pimentel disse:

      entram desinformizadaos, mas entram….tem jeito não, sou a favor da extinção das torcidas organizadas e sei que isso não resolveria, mas diminuiria o problema.

  • Lucas Show! disse:

    Gente que ideia vergonhosa. Em favor do capitalismo vale tudo. Percebo que a discussão em torno desse assunto tem única preocupação com os cofres dos clubes, e nenhuma cuidado em punir para dar o exemplo. Estão desesperados pq vão jogar 19 jogos Fortaleza e 15 jogos Ceará com os portões fechados, meu brother na Inglaterra foi preciso morrer muitos por conta dos hooligans para fechar os estádios por 5 anos, nem por isso os clubes faliram. Entendamos que o capitalismo se reinventa, é no imponderável que se cria-se o ponderável. Punição para os clubes sim, pois são coniventes com as torcidas organizadas, punição para a federação por ser permissiva com esse estado de coisa, e cadeia para estes vândalos que desrespeitam a inúmeras famílias que são cessadas de assistir a um simples jogo.

  • Dr. Mundico disse:

    Sugiro realizar essa brilhante partida de futebol numa rinha de galo. Sem cadeiras, obviamente.

  • ERNESTO MATOS disse:

    Sou contra o jogo, sou contra os clubes pagarem a quebradeira ocorrida no Castelão. Quem deve pagar é quem quebrou, para que então temos tantas câmeras de segurança no estádio, se elas não tem utilidade nenhuma. Houve uma reunião antes do jogo, na qual cada entidade envolvida ficou responsável pela sua parte. Como de costume, a segurança é de responsabilidade da Policia e não dos clubes, ela que identifique os baderneiros e cobre deles o pagamento imediato ou que eles sejam presos até o pagamento. É muito comodo e simplório cobrar dos clubes. Sou contra também a punição ridícula imposta aos dois clubes por este tribunal despreparado param a função. Quem vai manter os clubes durante o campeonato Cearense, nosso futebol, já caindo pelas tabelas só tem eles dois, que ainda dependem preferencialmente da renda dos jogos. POBRE FUTEBOL CEARENSE.

  • Amaury disse:

    Não faz nenhum sentido e neste angu há muito o que ser explicado, uma delas é o motivo pelo qual nenhum vândalo foi preso quando isto poderia ter sido facilmente feito para propiciar um exemplo duro a quem se comporta como criminosos num simples jogo de futebol. A punição aos clubes da form,a estúpida como foi feita apenas mostra a fragilidade e falta de preparo dos auditores do TJDF que simples e covardemente lavaram as mãos antes a pressão da mídia.

  • Vilmar disse:

    Clássico? Pra pagar cadeiras quebradas pela “torcida” dos dois times? kkkkkkk Só se for para quebrar mais cadeiras e aumentar o prejuízo.

  • Cesar disse:

    Concordo em gênero, número e grau com você, Graziani!

  • Almeida disse:

    Essa ideia é ridícula,quem tem que pagar é quem quebrou,dessa forma os mesmos pensariam umas dez vezes antes de fazerem besteiras novamente.

  • Pimentel disse:

    Onde assino ? Não faz o menor sentido e será um fiasco
    Não tem setor de marketing na federação, Fortaleza ou csc, faz outro evento…precisa ter nada a ver com o futebol…aí é querer demais né…

  • Júlio disse:

    Aliás não concordo com muita coisa no FUTEBOL hoje em dia. Essa é mais uma forma de fazer os outros pagarem pelo seus próprios erros. O pior é que se marcarem esse jogo, tem um bando de idiotas que vão só prá justificar toda essa sujeira. Eu garanto , NÃO VOU !

  • CALANGUIM DO NORDESTE disse:

    Respondendo a pergunta-título. É claro que não. Vão quebrar de novo. O nosso povo, infelizmente, não está preparado para frequentar estádios do tipo Arena. Tem que ser daquele formato de antigamente com fosso bem profundo, policiais em campo com cães treinados e tudo mais.

    Agora, se querem realmente que os prejuízos sejam ressarcidos manda identificar os invasores do lado da torcida do Fortaleza pois foram eles que na intenção de comemorar o título de maiores da capital em 2015 pularam para dentro do campo de jogo e não se conformando em apenas festejarem a conquista junto com os atletas (de forma incorreta, seja bem dito) atravessaram o campo e foram incitar os torcedores alvinegros lá do outro lado que não tinham nada a ver com a coisa.

    Aí você já viu, né? quem é espicaçado e não tem sangue de barata só pode fazer uma coisa: reagir.

    Manda a diretoria do Fortaleza pagar sozinha por não ter feito a devida proteção do seu lado de torcida.

    Sem paixão e sem bairrismos é como estou me reportando.

    Um abraço.

  • Lopes disse:

    A verdade é que esses dois clubes não merecem a torcida que tem, e que os dirigentes não valorizam essa torcida, os dirigentes deveriam pensar em ideias para promover a paz nos estádios e essa paz só seria possível com medidas que acabasse com as torcidas organizadas e a valorização dos sócios e a presença da família ao estádio. Quanto a imagens dos vândalos dentro do estádio isso ainda não ficou claro que foi apenas durante o evento FIFA ?

  • CALANGUIM DO NORDESTE disse:

    Complementando: Tem mais… Deixa esse JOGÃO acontecer depois da hecatombe do CEARÁ cair para a terceira e o Fortaleza subir ou levar cacete (de novo) no Mata-Mata…

    Os ânimos estarão mais do que acirrados e uma verdadeira guerra vai ser travada nas ruas próximas ao estádio e possivelmente lá dentro teremos mais cenas de vandalismo e depredação.

    Só mesmo MERCENÁRIOS ensandecidos, loucos por dinheiro que podem estar pensando numa LOUCURA dessas.

    Como diz minha santa mãezinha… “Vão se aquietar, meu povo”

  • Paulo disse:

    Tem que deixar de tratar o torcedor como coitadinho, tem que identificar, e fazer com que o mesmo pague, e responda criminalmente de acordo com a sua ação.

  • Luiz Alves de Lima Junior disse:

    Falta só saber quem foi o Pai dessa brilhante ideia e convida-lo para dar o ponta-a-pé inicial.

  • Glauber disse:

    Tem que ajudar os outros times do estado para que nosso campeonato se fortaleça!

  • Luiz Daniel Andrade dos Santos disse:

    Eu não vou. A faltou estratégia, achar que o padrão Fifa de postura em estádio vingaria num clássico rei, a polícia agiu depois da ineficácia da equipe de segurança particular. No primeiro jogo depois do sinistro a polícia mudou sua postura.

  • Francisco disse:

    Essa Luarenas é engraçada mesmo, trata mal o torcedor, a imprensa, os comerciantes cobra um absurdo por todos serviços lá existentes e ainda querem que o torcedor (responsável/família) pague a conta dos marginais, gangueiros, delinquentes, que se dizem torcedores.
    Parabéns Luarenas continue assim cobrando mais e escondendos os verdadeiros marginas que quebraram o patrimônio do povo que é o Castelão. Assim a de família jamais voltará aos estádios.

  • ROB disse:

    A torcida que perder quebrará mais cadeiras, principalmente se o seu clube for rebaixado, ou não subir de divisão.

  • VALTON disse:

    FUTEBOL NÃO É ISSO.
    1. Quando se trata da Administração Pública, o bom exemplo sempre deve partir da mesma, o que não é o caso, pois a depredação do patrimônio público por pessoas ligadas quer direta ou indiretamente aos clubes de futebol, tem que ser punido com rigor, para desencorajar futuros casos.
    2. Ao não tomar providências, seja pela não punição individual de cada torcedor participante do ato vândalo, os quais poderiam ser identificado, seja pela não punição dos clubes, os quais já poderiam ter pago com a retenção de parte da renda da bilheteria, a Administração Pública está abrindo forte precedente no sentido da impunidade reinar, pois está transferindo a “culpa” para os torcedores que não tem nada haver com o ocorrido, quando este for comprar o ingresso deste “clássico fajuta”, porque não há o que comemorar, e sim, relembrar o mal comportamento e falta de civilidade.
    3. Não há punição, os vândalos são os mesmos e não acontece nada, pelo contrário, há um prêmio àqueles se disfarçam de torcedores para praticar um CRIME: depredação de patrimônio público.
    4. Esses “torcedores” só serão realmente punidos quando lhes for retirados o direito de ir ao estádio onde houve a depredação pelos mesmos, identificando cada um pelas imagens e punindo com a obrigatoriedade de comparecer a uma delegacia de polícia uma hora antes e permanecer lá até uma hora depois do jogo, pelo período de um ano. Caso não compareça, ser expedido sua busca e apreensão por um dia. E, no caso de reincidência a pena ser aumentada progressivamente.
    5. Punir os clubes, para realização de jogos sem torcedores no estádio (portões fechados). Não é uma punição muito severa, visto que os clubes já são altamente beneficiados com incentivos pelo Poder Público, tendo até a renda de um jogo da loteria da Caixa para bancar o endividamento dos mesmos, ocasionados, quase sempre com o desvio das receitas para os seus dirigentes, onde quem paga a conta somos nós contribuintes. Enquanto isso, as Santas Casas precisando de um tudo, e os clubes de futebol tem esta benesse.
    6. O Mundo só vai melhorar quando cada um de nós fizer sua parte. Reflita e tome uma atitude, pois o amanhã começa a ser construído com o hoje.

  • Joao Silva disse:

    Claro que faz. Se tem abestado que vai pagar, por que não???
    Que idéia mais sem pé nem cabeça, onde já se viu…

  • FRANCISCO ROCHA disse:

    MANDA A CONTA PARA A TUF E CEARAMOR PAGAREM.

  • Suely disse:

    Prá quê???? Quebrarem mais e a dívida aumentar??? Na minha opinião quem deveria pagar seriam quem participou de toda bagunça e não os times….

  • Ernesto Matos disse:

    NADA que as autoridades do futebol Cearense fazem, FAZ SENTIDO, são pessoas que agem não com a razão e sim para atender este ou aquele objetivo que não tem nada haver com o futebol, além de um amadorismo exacerbado, visando o benefício do seu clube de coração.

  • João Ximenes disse:

    Faz parte do assunto ainda:

    Quando ventilou-se a ideia de acabar com as “TORCIDAS DesORGANIZADAS”, proibindo as mesmas de entrarem nos estádios Brasil afora, falei… TÁ ERRADO !
    Tinham de deixar os mesmos frequentando normalmente os jogos, SÓ QUE COM CAMISAS NUMERADAS e numeração BEM VISTOSOS como as camisas dos JOGADORES em campo.
    O que fizeram ? PROIBIRAM ENTRADA COM CAMISAS DAS “desORGANIZADAS”, os caras estão lá do mesmo jeito sem qualquer condição de IDENTIFICA-LOS, e hoje, penam pra tentarem saber quem é quem(vândalos), e o pior, as vezes CONFUNDEM o cidadão de bem, e metem a sola, as vezes esse cidadão acompanhado de familiares e filhos menores que só restam CHORAREM esses absurdos.

    PÔ ! será que quem sugeriu isso de PROIBIR por PROIBIR, É ALGUM MALUCO ?

    O QUE FAZER ?

    Chamem os presidentes dessas TORCIDAS e ponham REGRAS DURAS no sentido de melhor identificação dos seus “INTEGRANTES”.
    Se eles já tem CARTEIRA DE ASSOCIADO, mandem para o sistema de identificação da Policia Militar ou da própria Arena, e quando forem aos jogos, dê-lhes UMA CAMISA NUMERADA, e deixem bem claro: NÃO PODEM TIRAR DO CORPO EM HIPÓTESE ALGUMA.
    Querem GIRAR a camisa, LEVEM UMA SEGUNDA PRA FAZER ISSO e jamais tirem do corpo ou cubram a CAMISA OFICIAL DA “desORGANIZADA” sob pena de mandarem logo um POLICIAL que esteja mais próximo manda-lo vestir de imediato.
    INSISTIU em tirar ou cobrir o seu número de IDENTIFICAÇÃO… TIRA LOGO DAS DEPENDÊNCIAS DO ESTÁDIO E PRONTO.
    Agora, pra isso FUNCIONAR, as CÂMERAS existentes no estádio TEEM DE FUNCIONAR, e devem usar as imagens para IDENTIFICAR e PUNIR os possíveis INFRATORES.

    SOLUÇÃO existe.
    O que falta é alguém QUE VEJA O FUTEBOL visando dá uma melhor condição pro seu maior consumidor(O TORCEDOR).
    SERÁ TÃO DIFÍCIL ASSIM solucionar um problema “miúdo” desses ?

    PELO AMOR DE DEUS !!!!!

    EU NÃO VOU PRA UM EVENTO DESSES, PORQUE NÃO ACHO CERTO DIVIDIR UMA CONTA QUE NÃO É MINHA.

    Querem RACHAR uma DESPESA comigo… então VAMOS TOMAR UMA NO BAR DA ESQUINA !

    QUEREM OUTRA SUGESTÃO ?
    LIBEREM as GELADAS(bebidas) nas dependências do Estádio.
    Ou será que vocês não veem que o TORCEDOR só vai pros jogos depois de “TOMAR UMA”?
    O que conseguem com essa proibição é AUMENTAREM AS FILAS na hora da entrada dos jogos, porque o TORCEDOR tá lá fora TOMANDO UMA GELADA e só entra na hora “H”.

    ESSE POVO QUE FAZEM FUTEBOL SABEM DE NADA.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 − 3 =