Futebol do Povo

Ceará: time apanha e bate muito na Série B

860 9

Depois de duas rodadas completas na Série B do Campeonato Brasileiro (5,26% do total de pontos disputados) o Ceará é a segunda equipe que mais sofreu faltas na competição. Foram 47 no total; 25 na derrota para o CRB por 1 a 0, na primeira rodada, fora de casa, e mais 22 no empate sem gols contra o Boa Esporte, no PV, na terça-feira passada. Apenas o Londrina (51 faltas) apanhou mais do que o Alvinegro até agora.

O estilo de jogo com mais posse do que o adversário ajuda a explicar porque o Ceará recebe tantas faltas. É natural a perseguição quando a equipe controla as ações em campo. Contra o CRB, mesmo longe de seus domínios, o Alvinegro teve 52% de posse. Já diante do Boa Esporte, em Fortaleza, esse dado subiu pra 65%. Ambos foram encontros truncados e que também serviram para mostrar que há necessidade do Ceará aproveitar melhor as oportunidades de bolas paradas perto da área, razão pela qual, também (além das chances perdidas frente a frente com o goleiro adversário), o time ficou sem balançar as redes adversárias nas duas primeiras rodadas.

No quesito infrações cometidas o time de Givanildo também se destaca, com 39 faltas até agora, o que coloca o elenco como o segundo que mais bate, em média, na Segundona, ao lado do Internacional. O líder é o Brasil de Pelotas, que cometeu, em dois jogos, 42 faltas.

Rafael Pereira, Raul e Romário são os jogadores alvinegros mais faltosos, o que não quer dizer que sejam violentos, já que as faltas foram normais. Cada um deles cometeu seis, ou seja, 18 no total. Já Roberto e Richardson são os que mais apanham. Atacante e volante, respectivamente, sofreram sete infrações somando os dois embates da Série B.

Por falar em Série B, os números gerais mostram uma competição com excesso de faltas. Nos 20 jogos realizados até agora das duas primeiras rodadas, foram 651, média de 32,5 por jogo. Já na Série A, a média, também alta, está em 28 infrações por partida.

Os dados estão disponíveis no portal Footstas.

Recomendado para você

9 Comentários

  • FABIANO disse:

    RESUMINDO:

    KKKKKKKKKKKKKKK O TIME DO CANAL FEDORENTO TANTO APANHA COMO DÃO NELE. KKKKKKKKKKKKKKK

  • Felipe CSC disse:

    Posse de bola sem poder de finalização é completamente inútil. Jogadores de lado de campo sem qualquer poder de finalização são a tônica do Ceará Sporting. Robinson de Castro, o incompetente, adora este tipo de jogador, e o resultado está aí, pior ataque da competição. Jogadores como Alex Amado deveriam procurar um psicologo, pois vêem o gol muito menor do que ele realmente é. Ainda vai Robinson?

  • Amauyry Feitosa disse:

    vemos com tristeza que o nível do futebol cearense caiu drasticamente esta a dura verdade basta vermos o desempenho dos dois únicos clubes nas séries B e C e na raiz disto está sem sombra de dúvida a vinda de tantos bondes e bodes velhos do sul quando na região tem bons jogadores mais baratos que fariam melhor, mas o alvinegro pelo elenco que tem e um bom técnico era para ter iniciado bem melhor a competição, a coisa tá tão feia que Magno Alves perdeu dois gols feitos no último jogo e assim fica difícil mas a meu ver o time vai melhorar já que cria chances de forma até fácil.

  • ant. dos S. disse:

    Isso me lembra o Icasa, no ano em que ascendeu para B zona. Com a diferença que ganhava de todo mundo, principalmente D pernambucanos e baianos. Só contra baea, naquele ano, marcou uns 10 gols, em 2 jogos. Não se intimidava fora de casa. Ganhava na bola e na porrada.

    • Sérgio Filho disse:

      O Icasa quase subiu à Série A em 2013, enquanto as goleadas no Bahia foram em 2010, um 4×0 em Juazeiro do Norte e um 2×4 em Salvador, dentro do estádio de Pituaçu.

      Em 2013, o único time do eixo Bahia-Pernambuco que estava na Série B era o Sport, pois Bahia, Vitória e Náutico estavam na Série A, enquanto o Santa Cruz estava na Série C. Sport e Bahia são, dentro da quantidade de vezes que enfrentaram o time do cariri, fregueses do Icasa. Icasa tem mais vitórias que o Sport dentro da Ilha do Retiro, assim como tem mais vitórias que o Bahia nos confrontos diretos.

      Aquele time do Icasa foi fantástico e inesquecível. Time que tinha Chapinha, Tadeu, Carlinhos, Juninho Potiguar entre outros. Torci demais para ele conseguir o acesso, assim como fiquei muito triste quando o mesmo não conseguiu subir. Porém, já sabia que aquilo seria muito difícil acontecer novamente, pois o time do cariri não tem estrutura nem condição financeira para disputar a Série B. Basta ver que hoje, além de estar sem Série no campeonato brasileiro, está na segunda divisão do campeonato cearense.

      Aquela campanha do Icasa é mais um dos inúmeros exemplos que só o futebol nos proporciona. Quem viu, viu. Quem não viu, dificilmente verá algo parecido com aquilo.

      Mesmo não sendo torcedor do time Icasiano, confesso que me bate uma saudade quando lembro daquilo.

  • Magal disse:

    Resumindo: este Fabiano é muito frustrado com a leoa dele eterno representante daC zona

  • MATA LEÃO MATADOR ALVINEGRO disse:

    FABIAAAAAAAAAAAAAAANO! Olha só este comentário que eu fiz em 2016
    para o Companheiro Carlos Lima.
    Acho que ao invés de ficar zoando o VOZÃO você (e seus companheirinhos) deviam olhar para o próprio rabo.
    Ah!! Na relação eu perguntava quem seria o próximo algoz que iria fazer o teu time colorido ficar mais um aninho na CZONA, agora nós já sabemos né mermo????
    É o JUVENTUDE. Ah! Juventude do meu Brasil. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    1. CARLOS LIMA, nêgo véi!!! Deixa eu corrigir a tua correção…

    Realmente eu me deixei levar pela empolgação e me esqueci “totalmente” do dedinho salvador do Carlinhos Mala em 2011 que se não fosse isso os ultra coloridos estariam hoje no inferno dos infernos da série D (creeeedoooo)!!!
    Mas o golzinho do TORRÔ (Torrou a paciência deles) foi no empate de 1 X 1 contra o ÁGUIA de Marabá lá no Zinho de Oliveira em Marabá no finalzinho do jogo.
    O gol deles foi do FINA(DO)ZZI, rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsr
    2010 – ÁGUIA DE MARABÁ (golzinho de TORRÔ)
    2011 – Escaparam da Dzona fazendo 4 X 0 na buchada do CRBesta
    2012 – SAMPAIO CORRÊA (com direito a golzinho do sempre alvinegro, Arlindo Maracanã)
    2013 – OESTE DE ITÁPOLIS (lambada de 3 X 1 em casa, hua hua hua hua hua)
    2014 – MACAÉÉÉÉÉÉÉÉ (Com golzinho dele JUUUUUUUUUUBA)
    2015 – BRASIIIIIIIIILLLLLLLL DE PELOTAS (onde dizem só ter bibas)
    2016 – QUEM SERÁ O ALGOZ que vai deixar as crianças mais uma vez na CZONA, hem????
    E a sina continua… Ei negada tricolor, vão atrás do CASSIANO 47 pra ver se dá certo de novo.
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois − um =