Futebol do Povo

Fortaleza: presidente Girão decide se fica no clube apenas depois do fim da Série C

1691 49

Em conversa nesta quinta-feira com o jornalista do O POVO, Jocélio Leal, o presidente do Fortaleza, Luis Eduardo Girão, confirmou que decide se permanece na presidência do clube apenas após o fim da participação do clube na Série C.

A entrevista foi publicada no Blog Jocélio Leal e também está abaixo, com a devida autorização:

O presidente do Fortaleza Esporte Clube, Luís Eduardo Girão, ainda não decidiu se permanece ou não no posto após o fim da Terceira Divisão do Brasileiro, da qual o Clube se despede após a classificação para a Série B.

Luis disse ao Blog na tarde desta quinta-feira (28/9), na primeira entrevista pós classificação para a 2a Divisão, que até as finais do Torneio não baterá o martelo. “Enquanto isso, continuo trabalhando”.

Além da decisão sobre seu futuro no Fortaleza, o presidente vai anunciar também o resultado da auditoria econômico-financeira que encomendou para verificar a situação do Clube. Ele havia anunciado o trabalho ao assumir.

Quando assumiu o Leão, Luís Eduardo revelou que temia algo ainda pior do que não subir para a Série B. “Quando vi os números, fiquei preocupado com a tendência de Série D (Quarta Divisão)”.

A despeito do quadro, Luís Eduardo distribuiu elogios aos antecessores. Citou, dentre outros, Jorge Mota, Evangelista Torquato e Ênio Mourão. “Levaram o barco mais longe até do que poderiam. É que a bola não entrava e quando a bola não entra…”. Ele também destacou os companheiros de Diretoria.

Desde que assumiu, Luís Eduardo disse ter ido à Flórida (EUA) – onde moram mulher e filhos – apenas duas vezes por quatro dias. Naturalmente, a família será determinante para o Fico.

49 Comentários

  • Leandro Gonçalves disse:

    O homem em 5 meses já colocou no eterno clube da serie C,10 milhoes de reais do próprio bolso…

    A continuar nesse ritmo,ele não vai ter mais nem pra comprar uma saca de manga pro almoço…kkkkkkkk

    Realmente é um caso a se pensar…kkkk

  • Virgílio Matos disse:

    Essa é uma decisão que só depende dele e devemos seja qual for,respeitar e aceitar.Se for pela imensa torcida do Leão, claro que será a continuação do trabalho que terá como objetivo subirmos para a série “A” no ano de nosso centenário.

  • Sérgio Filho disse:

    Sinceramente, acredito que o real motivo que o faz pensar se fica ou não, tem muito mais relação com o fato dele ter “sustentado” o Fortaleza do que família em si.

    A verdade é que o Fortaleza é um clube que ainda não se profissionalizou de maneira correta, tendo sempre que se recorrer para pessoas com grandes condições financeiras. Essa prática é antiquada ao extremo e não deveria mais ser posta em ação nos dias de hoje.

    Foi assim com Ribamar Bezerra, Renan Vieira, Santana Textilles e tudo mais. Fortaleza tem que se tornar um clube auto-sustentável, aumentando o sócio torcedor, conseguindo bons patrocínios e melhorando sua estrutura interna.

    Por isso acho que o Fortaleza não deve nem pensar em acesso à Série A nos próximos três anos. Não adianta dar um passo maior que a perna, onde o time subiria para ser rebaixado logo em seguida. Fica uns três anos na B, se estrutura, faz campeonatos tranquilos e sem risco de rebaixamentos, alavanca o sócio torcedor e, depois disso, sim, pensar em Série A. Antes disso é algo utópico.

    • Carlos Cavalcante disse:

      Acho que a ideia que vc colocou está sendo adotada pelo Ceará, passar décadas na série B para ver se consegue ter uma estrutura. Não vejo por aí.

      É claro que o clube precisa de uma estrutura forte para se manter anos seguidos na série A. No norte, nordeste e centro-oeste só vejo o Sport com essa força, os demais são numa gangorra.

      Pelo formato atual, um clube subindo são 23 milhões (só de cotas de TV), mesmo que o clube caia para a série B no ano seguinte, já valeria a pena participar.

    • Lima disse:

      Ótima colocação; Taí o Santa Cruz, numa gangorra desgraçada.

    • Paulo Costa disse:

      Sergio Filho, você é um torcedor muito sensato e consciente, concordo totalmente com você, e inclusive dias atrás disse isso num comentário isso mesmo aqui nesse Blog , de
      que o FORT (15 C) a décadas que sobrevive dos “bolsos” de Empresários Ricos que bancam tudo, pagas todas as dividas, contratam jogadores etc..

      depois o próximo que assume sabendo que pode deixar dividas que logo depois serão saneadas por outro Empresário Rico, nem se importa , como disse um ex presidente ” Eu quero me trepar num pé de coco, para ver se o coco é oco” (J. Mota)

    • Elton disse:

      Como o colega é pessimista e derrotista!! Sérgio, não é preciso tanto investimento pra brigar por acesso a série A. Nossa folha foi a maior da série c em todas a participações, folha essa que é maior que a maioria dos times que jogam a série b. Oeste e Vila nova brigam por acesso com uma folha menor que a nossa nesse ano. Teremos incremento de sócio, televisão, patrocínio e arquibancada no próximo ano. E o fato de empresário bancar um time não é nada desabonador, Palmeiras é um exemplo vivo de um empresário que ajudou o time de coração e hoje fez seu time talvez o mais rico do país. Erros passados é que não podem ser replicados, somos um time de série B que vez ou outra vai beslicar um acesso, e não um time de série A como achamos que éramos, e por conta disso foram feito loucuras pra se manter nela.St

      • Elton disse:

        *achávamos onde disse achamos

      • Sérgio Filho disse:

        Elton, eu nunca disse que o Fortaleza precisa fazer um super investimento para subir à Série A. Quando falei Série A, dizendo que o Fortaleza não deveria pensar na mesma agora, foi no sentido de se manter, não de subir.

        Subir à Série A há tempos que deixou de ser uma tarefa árdua. Basta pegar a tabela da Série B e ver os times que estão lutando pelo acesso. O maior exemplo disso foi o Icasa, que há 4 anos, em 2013, terminou em quinto lugar, ficando apenas um ponto atrás do Figueirense, que foi o quarto colocado daquela edição. E olhe que o Icasa tinha uma folha de 250 mil Reais, sendo disparado a menor folha daquela Série B. Naquele mesmo ano, o Fortaleza, ainda na Série C, tinha uma folha de mais de 700 mil, e nem ao Mata-Mata se classificou.

        O problema não é esse. O problema é se manter. Me desculpe a sinceridade, mas não concordo em subir à Série A só para cair no ano seguinte. Não quero que o Fortaleza seja igual ao Santa Cruz ou América-MG, que sempre são rebaixados de forma humilhante quando estão na Série A.

        Quero que o Fortaleza tenha consciência de onde pode ir atualmente, melhore o que for possível melhorar, e depois faça um bom planejamento e suba para fazer um bom campeonato, se baseando no que Ponte Preta e Chapecoense fizeram temporadas passadas.

        • Elton disse:

          Mas Sérgio, Fortaleza ou o Ceará não são e nunca serão times que vão disputar anos a fio uma série A. Amigo o Ceará vive um melhor momento, muito em conta dos 2 anos que passou na série A, dito pelo o próprio presidente. O time que subir passa a receber uma quantidade de dinheiro muito além do normal. O que não pode acontecer é achar que a série A é obrigação, gastar o que tem é o que não tem, e voltar pra série b devendo ou pior, não aproveitar o dinheiro e estruturar o clube.

    • Pimentel disse:

      Santana textiles é uma pessoa, vixe, então o caminho do Palmeiras tá todo errado, pois a Crefisa mantém o time

    • Augusto Farias disse:

      Sua analise em parte está correta, mas oito anos na Serie C pesaram nas finanças já combalidas do Fortaleza, com exceção desse ano sempre foi formados times forte e caros, cabe agora colocar os pés no chão reorganizar as finanças e pensar em Serie A.

  • Carlos Cavalcante disse:

    Fico imaginando se fosse no rival se alguém chegaria ao ponto de sanear as dívidas do clube já que normalmente por lá o pessoal só tá interessado em se eleger as custas da pobre torcida.

  • FABIANO disse:

    VALEU PRESIDENTE LUÍS EDUARDO GIRÃO!
    SUBIU O LEÃO DE AÇO. A MAIOR TORCIDA DO ESTADO ESTÁ FELIZ E AGRADECE.
    CONTINUE PRÁ GENTE ACABAR COM O CANAL IMUNDO NA SÉRIE B E SUBIR O NOSSO TRICOLOR DE VOLTA PARA A SÉRIE A.
    SAUDAÇÕES TRICOLORES!

  • Robson disse:

    A resposta evasiva do mandatário tricolor já é um indício que sua gestão tende a não continuar em 2018.

    Uma pena !

    Mas Luís Eduardo Girão merece os aplausos da torcida tricolor: assumiu um clube em profunda crise administrativa e financeira e com um elenco ridículo do ponto de vista técnico. Entregará um clube na série B e em com boas perspectivas financeiras para o próximo ano.

    Mostra também que é um homem que tem o senso de dever cumprido: outro em seu lugar se aproveitaria da popularidade alcançada para aventuras na Seara política, transformando a torcida e o clube em um feudo eleitoral, exatamente como ocorre em alguns times.

    Se comprometeu a fazer o melhor para levar o time à série B e assim o fez, mesmo sendo considerado “neófito”. Missão dada, missão cumprida. É justo se dedicar à outros projetos agora.

    Se a nau tricolor hoje navega em águas brandas é em grande parte graças ao trabalho de LEG, merecedor de toda gratidão dos tricolores !

    Saudações Tricolores !

    • EDSON COSTA disse:

      A mais pura verdade, Robson.
      LEG será reconhecido como o “Presidente do acesso”, o Fortaleza deve muito a ele.
      Acho que, mesmo que ele não continue, vindo alguém com respaldo para a Presidência, como Marcelo Paz, Geraldo Luciano ou Ribamar Bezerra, p.ex., acredito que na sua discrição de sempre o atual Presidente continue dando suporte ao clube.
      Vocês não sabem, mas o Presidente, que é avesso a holofotes, há muito vem ajudando o Fortaleza. Não foi só o acesso, a contribuição dele vai muito além disso.
      Obrigado, Eduardo Girão, pelo seu apoio incondicional ao Fortaleza Esporte Clube!
      ST

  • Leandro Gonçalves disse:

    Sergio,seus comentários sao sempre coerentes.Mas querer ir pra SÉRIE A depois que se profissionalizar acho forçado demais. Deve ser esse o pensamento da cupula alvinegra,pois o clube brinca de desperdiçar acesso…E isso acaba com o torcedor!

    Logico que é deprimente um clube subir pra SÉRIE A e no ano seguinte ser o saco de pancadas e voltar com o rabinho entre as pernas. MAS vejamos : é a SÉRIE A que traz visibilidade e com isso possibilidades de maiores patrocinios,socio torcedor …Em uma certa entrevista o Evandro leitao disse que praticamente 80% de toda a recente estrutura do Ceará como o CT e modernização da sede do clube so foram possíveis graças aos miseros 2 anos do clube na SÉRIE A…

    Portanto,sem essa de esperar primeiro se “profissionalizar “,que seria o ideal sem dúvidas…Mas sabemos como são as coisas…

  • Gabriel disse:

    Meu prezado Sérgio Filho, o lugar do Fortaleza é na Série A, cara.
    Quando o Leão do Pici subir para a Série A a turma que tem dinheiro vai chegar junto. É muita notoriedade e visualização. Só as cotas da CBF e da TV é muito dinheiro, ainda tem os patrocinadores e os Sócios Torcedores que vai triplicar.
    Pensar prá frente sempre, LEÃO!

  • Paulo Costa disse:

    o comentário que eu fiz aqui no BLOG dias atrás é idêntico ao do Sergio Filho , ou seja de
    que o FORT (15 C) a décadas que sobrevive da mesma forma. um Dirigente assume (Jorge Mota ) e deixa o time endividado, devendo salários a funcionários, treinador, jogadores etc.
    que entram posteriormente na justiça do Trabalho e recebem o dobro do que receberiam.

    então assume um Empresário Rico ( Santana Textiles, Ribamar Bezerra, Eduardo Girão )
    pagam todas as dividas (milhões de Reais ) tirando o dinheiro de suas empresas, deixam tudo saneado, e logo depois “pulam fora” porque não vão levar suas empresas a falência
    depois que eles saem, assumem outros (Jorge Mota, Lucio Bonfim, etc..) que recebem o time saneado e vão ao final do ano deixar o time endividado novamente.

    ou seja, um time AMADOR.. que sobrevive as custas do BOLSO de empresários.

  • Paulo Costa disse:

    se o empresário Eduardo Girão não tivesse assumido o time, se o Jorge MARMOTA permanece no cargo até a fase final da Série C, o FORT (15 C) estaria na SÉRIE D com certeza absoluta.
    pois os jogadores não receberiam os seus salários (60, 90 dias ) que estavam em atraso,

    a consequência disso seria que os jogadores que já eram péssimos tecnicamente, sem receber
    salários ficariam piores ainda, e as derrotas levariam o time para a SÉRIE D.

    por isso façam uma estátua para o Eduardo Girão e vão todos ficar de joelhos aos seus pés, e reverenciá-lo como se fosse um santo, e em agradecimento pelo o que ele fez, digam que
    não precisa que ele gaste do “bolso dele” outros milhões de Reais no próximo ano, pagando as causas trabalhistas deixadas por seus antecessores ( Jorge Mota etc..)

  • Mimimi 47 ,o penta que nunca houve disse:

    Ih!
    O kanalence que é frustrado por não ser tricolor está preocupado com o dinheiro do presidente Girão!
    Huá huá huá huá huá
    O kanelau tem inveja de tudo mesmo.
    Segura o c……..kanalence!
    2018 vai ter muitos pesadelos!

    Fortaleza Sempre!

  • João Ximenes disse:

    Perco tempo com bastidores não, pois meu negócio é com bola rolando, MAS…

    Presidente DEU CERTO, assim como o “time” acabou dando.

    Presidente foi eleito e por direito, e se achar que deve, tem direito de terminar o seu mandato.

    Presidente DECIDIR ficar, deve ser uma decisão pessoal e não virada pra “política”.
    Esse negócio de entrar no futebol pra em seguida se transformar num “político” tornou-se uma prática no futebol Brasileiro.
    Futebol com sua baixa qualidade técnica nacional, virou um CABIDE DE EMPREGO POLÍTICO já faz tempo. Basta observar uma “carrada” de ex-jogadores que são ou já tentaram cargos eletivos, assim como ex-presidentes de clubes, principalmente quando esse presidente consegue um feito como foi o caso do presidente Luis Girão.
    Não lembro do LEÃO DE AÇO ter tido um presidente/político, mas lembro de ter tido um político/presidente(Bakit).

    Se vai ficar… MELHOR DECIDIR LOGO e começar PENSAR a Bzona 2018 logo, que É ISSO que interessa pro TORCEDOR TRICOLOR.
    FICAR, FINCAR O PÉ, diminuir essa margem de 8 anos tentando, é o desafio agora, até que se consiga chegar no patamar mais alto, que é Azona.
    Antes – já que chegamos – TENTAR esse título de CAMPEÃO BRASILEIRO pra capital e igualar o feito do INTERIOR conseguido pelo Guarani de Sobral.

    FORTALEZA ESPORTE CLUBE né grande ?
    Então precisamos pensar GRANDE pra alcançar os objetivos.

    Estamos na Bzona… ENTÃO É PENSAR EM Azona E LIBERTADORES, pra depois um MUNDIAL.
    Pensar e se aliviar quando consegue ficar e/ou “escapar” de uma queda numa Bzona uma temporada, é correr risco de voltar pra onde veio, E ISSO É A ÚNICA COISA QUE NÃO PASSA PELA CABEÇA DOS TRICOLORES.

    Eles LÁ(os daqui) ? deixem pensar o que quiserem.
    Se acham Azona, Libertadores e Mundial de Clubes um sonho, é porque sonham sem convicção ou até serem beliscados quando estão no melhor do sonhar.

    FUTEBOL é subir, subir, subir(sonhar acordado, na arquibancada), e um PRESIDENTE pé quente que na sua estreia já conseguiu um feito que a 7 anos outros tentaram sem sucesso, INDEPENDENTE da sua condição financeira, já é um GRANDE começo.

    Que fique !
    Lembrando que esse negócio de “tarem” falando “ESSE PODE ERRAR POIS TÁ COM CRÉDITO”, não deve prevalecer.

    TEM DE PERMANECER E TER O PENSAMENTO VIRADO SOMENTE PRAS CONQUISTAS FUTURAS.

    Bzona 2018, pra começar, deve ser o foco desde ontém.

  • João Ximenes disse:

    QUER SABER ! queria não. MAS, já que começaram pensar o 2018, vou me manifestar logo sobre o assunto, visto que já se especulam situações como a PERMANÊNCIA ou não do presidente e a contratação do ZAGO pra temporada.

    1. Presidente, DEU CERTO, como o “time” também deu, foi eleito e tem um mandato a cumprir E DEVE CUMPRI-LO, lembrando sempre pra esquecerem aquela velha frase surrado do futebol: “ESSE PODE ERRAR POIS TEM CRÉDITO”.

    2. ZAGO é um caso a parte e deve-se CONSIDERAR a sua performance nesses dois últimos anos quando conseguiu 2 ACESSOS consecutivos(tirou a gente num ano e botou a gente no outro).
    TREINADOR é sempre a PRIMEIRA PRIORIDADE de um PLANEJAMENTO, pois deve ser ele que deve FORMATAR a equipe dentro do que ele pensa e conhece.
    EU, começaria a conversar com ele desde ontem, até porque já tinha um acerto prévio de sua permanência em caso de ACESSO.
    Por outro lado, pela sua sequência de façanhas(dois acessos consecutivos), MUITAS EQUIPES com mais bala na agulha(grana), devem está de olho nele e até quem sabe já o contactaram.
    Pesa a nosso favor aquela declaração dele quando nos tirou o ACESSO ano passado, no que ele próprio já repetiu-a nessa sua chegada, que é a grandeza da TORCIDA e da entidade FORTALEZA ESPORTE CLUBE.
    #FICAZAGO !

    Continuando o PLANEJAMENTO, única decisão que deve ser tomada pela diretoria ISOLADAMENTE, é a permanência dos nossos jogadores(da casa) que tiveram a chance de entrarem nos jogos e já foram vistos, como: os MAX’S(gol e zagueiro); FELIPE, BRUNO, WESLEY, e mais outros que foram agregados ao elenco profissional 2017, pra continuarem os trabalhos e abrindo espaço para serem vistos mais uma vez. Isso é que pode nos dá lucro com nossa base: continuidade e VISIBILIDADE dos atletas da base.

    Em seguida, chama pras conversas: BOECK(Matheus Inácio tem contrato pra 2018), UCHOA, PABLO, JEFFERSON, ADENILSON e LÚCIO FLÁVIO pra uma possível permanência.

    Depois, pra começar os trabalhos pra 2018, é ir ao mercado da bola e trazer: 2 LATERAIS pra cada lado; 4 ZAGUEIROS, sendo 2 destros e dois canhotos; 5 VOLANTES, dois de pegada(já temos Uchoa) e dois que pegam e saem pro jogo; 4 MEIAS, sendo dois destros e dois canhotos(temos Adenilson); 4 ATACANTES, três de beiradas e UM referência(já temos Lúcio).
    Dai pra frente é ir “INCHERTANDO” conforme as observações vão sendo feitas feitas: deu certo… não vai dá certo.

    PLANEJAMENTO mais apurado e responsável – apesar de o 2017 ter acabado dando certo as turras -, foi o que faltou nessa temporada e pelo menos em mais umas duas anteriores, e APRENDER com os erros é um dos PRÉ REQUISITOS exigidos pelo FUTEBOL, que podemos traduzir simplismente em PROFISSIONALISMO.

    DETALHE:
    “A gente já pensa no futuro, mas temos que pensar no agora, que é a disputa do restante da Série C. A Série B é um nível mais elevado e a gente sabe disso. Vamos começar a pensar na montagem do elenco, mas não podemos atrapalhar o foco de agora”.

    MARCELO PAZ

    EU:
    2017 foi formado um “time” com cara(nível) de Dzona.
    2018 deve ser formatado um time com cara de Azona que é pra garantir um grande trabalho na Bzona.

    BALANÇO:
    Do grupo atual de jogadores, somente cinco possuem contrato para o ano que vem: o goleiro Matheus Inácio, até o final da próxima temporada; o atacante Paulo Sérgio, até maio; além dos laterais Felipe e Bruno Melo e do meia Adenílson. Os três últimos com vínculos além de 2018. Todos os outros atletas possuem contrato só até o fim da Série C deste ano e estarão livres quando acabar o campeonato.

    AMÉM !

    Ficar com os já citados lá em cima.
    O resto, incluindo ai quem tem contrato ainda(Paulo Sérgio), PODE…

    • EDSON COSTA disse:

      João Ximenes, o nosso Presidente não quer saber de política. Entrou no Fortaleza por amor ao clube e quer deixar um legado.
      O planejamento de 2018 já deve ter começado…

      • João Ximenes disse:

        EDSON COSTA,
        Menos mal né verdade ?!

        Agora, um LEGADO ele só pode deixar, se continuar e cumprir o seu mandato até o final. CONSEGUIR o ACESSO(já conseguiu) e agora CONSEGUIR ser CAMPEÃO BRASILEIRO, vai ser meio legado andado se abrir do pau no meio do caminho – como fez o outro -, e não concluir o seu mandato.
        Se bem que não sei se quando ele entrou, entrou só pra cumprir(tapar) o resto do mandato do Jorge Mota, ou se quando da sua escolha(eleição), ela lhe deu o direito de um mandato inteiro(2 anos salvo engano).

        MAS DEIXA PRA LÁ !

        Jogo de hoje ?!

        É ENTRAR COM O MESMO ESPÍRITO QUE BAIXOU NOS JOGADORES NESSES ÚLTIMOS TRÊS JOGOS(mesmo com uma derrota que valeu por uma vitória no último jogo) E IR PRO PAU.

        Esse vai ser o primeiro jogo de três, que pode dá um TITULO NACIONAL pra CAPITAL.

        Fazer o que ?
        O que a gente aprendeu a fazer de melhor nesses últimos 8 anos: ESPERAR.

        Bzona VEM AÍ !

        Um abraço.

  • VOZAO disse:

    vai alisa se ficar igual os outros kkkkkkk

  • Papa Ovos disse:

    No canal nojento a gente come ovo quatro vezes por semana.
    Desde jeito a gente não aguenta mais.
    S.O.S.

  • Virgílio Matos disse:

    Sinceramente não entendo os comentários sobre ser time de série B , ser de série A etc.etc.
    O Fortaleza saiu da série C, vamos jogar a B, não tem nenhum sentido que o nosso objetivo não seja o ingresso na A.
    Leão pela sua tradição, força e garra de seus torcedores seu lugar é na “A”.

  • Paulo Costa disse:

    o FORT (15 C) desde a época da Santana Textiles, depois o Ribamar Bezerra , Renam Vieira,
    e agora Eduardo Girão, é conhecido como o time FALIDO que é salvo por empresários torcedores. a diferença dele para os times de subúrbio é que os donos dos times de subúrbio
    não são ricos, são assalariados que gastam o pouco que ganham por amor ao seu time.

    o FORT ( 15 C) é semelhante aos times de subúrbio no aspecto de sempre depender que o seu presidente, tire dinheiro do Bolso para pagar as dividas e ainda deixar dinheiro em caixa
    a Santana Textiles quase que entrava em falência de tanto fazer isso.

    o Ribamar Bezerra pulou fora faz tempo, de tanto gastar milhões do seu Bolso, inclusive com a construção do CT em Maracanaú, que pertence a ele de verdade e que ele emprestou
    ao FORT (15 C) mas os torcedores acreditam que o CT pertence ao FORT (15 C).

    ou seja é um time AMADOR, que não consegue se manter funcionando por conta própria
    sem que algum Empresário Torcedor tenha que injetar dinheiro dentro para funcionar.

  • Mimimi 47 ,o penta que nunca houve disse:

    Os kanalences falam muita abobrinha o kanal foi sustentado a vida toda por empresários.
    Alguns faliram como Elias Bachá outros correram como Eulino Oliveira, outros só usaram como trampolim político e sumiram e aí surgiram os espertalhões que com dinheiro sabe Deus de onde conseguem pagar as contas do kanal.
    Aí vem um juvenil kanalence dizer que foi com dinheiro da serie A que conseguiram nao sei o que.
    Eu tambem acredito em papai noel.
    Deixa de conversa mole, kanalence.

    Kkkkkkkkkkkk

  • Torcedor disse:

    Falou e disse…doa
    a quem doer…

  • Yuri disse:

    Não interessa às vovozetes esquizofrênicas da veinha do canal imundo a situação do Rei Leão de Aço.
    Quanta inveja e ira. Essa nublada e triste torcida da vovozinha nunca, jamais, em tempo algum fará uma festa como a maior torcida do estado.
    Pois onde há ódio e inveja Deus fica um tanto quanto contrariado.
    SOU DO LADO DA FELICIDADE, SOU FORTALEZA!

  • Helio Franco disse:

    Companheiro tricolor João Ximenes, subimos! Parece que deu certo o meu pedido para evitasse repetir em suas boas análises sobre o time aquele jargão que vinha usando nos últimos anos se referindo ao mata-mata como “mata-morre”. Como você deixou de usar nas ´suas últimas postagens antes da decisão, deu certo, viu aí!??? Valeu João, é nóis! E deixemos o Carlos (Ou Paulo Costa) atormentado com suas mágoas, lamúrias e maledicências! Dá-lhe , Dá-lhe tricolor, tricolooorrr! rs Abração

    • João Ximenes disse:

      HÉLIO FRANCO,
      Mudado o BORDÃO, mudado RESULTADO ao final !

      A propósito do MATA MORRE, já havia explicado o porque de usa-lo ao invés de MATA MATA, mas não custa nada lembrar.
      Com o bordão MATA MATA, LEÃO DE AÇO ficava muito pressionado e não conseguia MATAR. MAS, quando apareceu a palavra MORRE depois do MATA lhe deu aquele estalo: OU A GENTE MATA OU MORRE “de novo”.

      MATA MORRE superado, AGORA É chegar na Bzona com gosto de gás – que não tem MATA MORRE -, e MATAR também essa escrita de 7, 8 anos estacionado no mesmo lugar, vencendo o máximo de partida possível e sair pro abraço .

      Valeu.

  • Magal disse:

    Fica Girão que vamos encontrar mais uns Tupis pela frente e vamos com a ajuda dos árbitros, direto para a A Zona. Lá grana corre frouxa e comer manga? Jamais.

  • alvipreto disse:

    Num quero saber desse papo naummmm…vou comprar umas cervejas Minuto 47 e assistir o jogo da Stella contra o PSG – Perebas do São Gerardo……kkkkkkkk…..cccCCC

  • Elísio Silva disse:

    Paulo Costa, vai encabular um prego! Por que não te calas?

  • marcelo silva disse:

    O TIME DO ”PENTAFANTASMA” INVENTADO NAS ESCURIDOES DO TJD-CE,30 ANOS DE SERIE B,MAIS CONHECIDO COMO PAPA OVOS DE PORANGABUSSU,NAO SE CONFORMA…KKKKKKK

  • Pimentel disse:

    O que não pode mais sair do leão é a união, entre torcida e diretoria.
    Confiante em novos rumos para o nosso leão.
    Muito fácil falar, na série c, se, que não joga tivesse saído em 2012 ? A quantidade de dinheiro que o Fortaleza perdeu e fazendo times caros como o de 2015 e 2016, bi-campeão estadual, um dos tpitulos em cima do campeão invicto do Nordeste, como dizer que um time desse não foi bom.
    União e organização, elas chegaram e deu certo. pronto
    simples assim

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 5 =