Futebol do Povo

Ceará foi o único time do G7 do Nordeste que teve superávit em 2017. Fortaleza teve prejuízo

8474 25

Foto: Mateus Dantas.

Fora o título estadual e a conquista do acesso à Série A do Campeonato Brasileiro, o Ceará teve outros motivos para celebrar em 2017, que foi um ano muito positivo para os cofres do clube. O Vovô, inclusive, foi o único time do G7 do Nordeste que registrou superávit no ano passado.

O levantamento é do ótimo Blog do jornalista Cassio Zirpoli, e aponta os balanços financeiros dos principais clubes da região (Ceará e Fortaleza; Sport, Náutico e Santa Cruz; Bahia e Vitória).

Em 2017, o Ceará registrou uma receita total de R$ 31.901.433, enquanto as despesas somaram R$ 28.707.774. Assim, o Alvinegro fechou o ano com saldo de + R$ 3.193.659, sendo o único clube dos citados que teve superávit. Todos os outros tiveram despesas maiores que receitas.

Um destes clubes é justamente o Fortaleza. O Tricolor teve um montante de R$ 23.772.685 em receitas, enquanto as despesas totalizaram R$ 24.965.373. Assim, o saldo foi de – R$ 1.192.688.

Vale lembrar que ano passado o Tricolor ainda estava na Série C do Brasileiro, e não contava com importantes fontes de receita, como cotas televisivas, de participação em competições e patrocínios, que aumentaram consideravelmente em 2018 com o acesso.

Entretanto, entre os clubes que tiveram prejuízo, o Leão do Pici teve o segundo menor, ficando atrás apenas do Náutico.

Outro detalhe relevante é que os clubes cearenses possuem os menores passivos, ou seja, as menores dívidas de mercado. O passivo do Alvinegro é de R$ 10.145.773 enquanto o do Tricolor é de R$ 28.112.178.

Veja abaixo o detalhamento de receitas e despesas do G7 do Nordeste em 2017.

Balanço Financeiro do G7 do Nordeste em 2017. Imagem: Blog do Cassio Zirpoli.

Acesse o Blog do Cássio Zirpoli para ver o levantamento completo.

Recomendado para você

25 Comentários

  • Chico Caucaia disse:

    O passivo é o importante, é a dívida do clube. ..

  • MILTON disse:

    Qual a novidade , com um presidente Tio Patinhas, Robson mão de Vaca, só no 0800. se não tivesse pelo menos Lucro, investir para a Serie A, nem Pensa.

  • EMERSON LEAO disse:

    Time de 1a divisão é assim planejamento financeiro correto gera superavit. Enquanto isso o time pequeno de empresário com torcida pequena pede dinheiro a presidente rico para pagar as contas. Foi assim com o Renan e o com presidente americano. E para completar o empresário chega no time pequeno de empresário tira o jogador pagando um valor simbólico. Foi assim com o Everton gremio, Leo Natel e o próximo é o Gustagol na abertura da janela internacional para a China.

    • antonio de oliveira sousa disse:

      EMERSON LEAO, time grande é assim, todos cobição nossos jogadores. E ai, só dispensam? Olha ai o coringão. Tá chegando.

    • KSC disse:

      A propósito, Gustagol é aquele que só faz gol em time pequeno?

      E quanto ao “planejamento financeiro”, esse tá dando muito resultado… Fechou a mão, não contratou ninguém, e o megagoleador Arthur… bem, os números dele já dizem tudo.

      PS: Carille já adiantou que empregará a laranja no jogo contral o Kanal. Será que o Chamusca aguenta mais uns dois ou três jogos?

      ST

  • Cícero disse:

    Do que adianta ter faturamento se agora em 2018, está gastando mal, contratando mal? Este time do Ceará tá longe daquele time de 2010. Desse jeito, vai voltar para a série B rapidinho!

  • alina disse:

    Muito Interessante seu site.Gostei muito e vou acompanhar toda semana as novidades.

  • Lucas Leão disse:

    Também, o Canal jogou 4 campeonatos neste ano, enquanto o Leão tá jogando somente o segundo do ano.
    No entanto, a media de público do Leão é maior. Aliás, uma das melhores do Brasil.
    SAUDAÇÕES TRICOLORES!

  • Leandro Gonçalves disse:

    Números que não me causam supresa. No aspecto administrativo / financeiro a gestão Robinson de Castro é exemplar.

    Mas bem…O fumo ta entrando na serie A e a diretoria está mais perdida do que cego em tiroteio ! Em nome de balanços financeiros bonitos para a midia,o clube continua com uma politica de contratações bem amadoras,na base de empréstimos e no 0800…E isso não agrada e nunca agradará a torcida.

  • Só torço Ceará disse:

    Só queria saber se as receitas do Ceará não aumentaram este ano, porque o time é praticamente o mesmo da série B. Cadê o dinheiro da série A???!!!

  • Daniel Rodrigues disse:

    O time quando é campeão estadual num determinado ano, nesse ano foi o Ceará, tem a possibilidade de ficar mais visível e rentável para a mídia e torcida. Apesar da torcida do Fortaleza ser maior e mais presente. E um time estando numa série, e o outro noutra série menos importante, há diferenças de cotas da CBF, das TVs e até dos patrocinadores. Fora a alimentação e o conforto dos jogadores, que lá em Porangabuçu, me disseram, que são muito fracos.
    LEÃO SEMPRE!

  • Luis Roberto disse:

    O que o FEC tá devendo ao Eduardo Girão tá aí .

  • Valterlan disse:

    De que adianta tá no azul no balanço financeiro, e no vermelho na tabela da serie A

  • O PENTA CAMPEÃO disse:

    Ambos os clubes do estado estão no rumo financeiro certo. Melhor crescer com os pés no chão, mesmo que este crescimento exija mais tempo. Há pouco tempo atrás Náutico e Santa Cruz estiveram na série A, e hoje estão amargando a série C com situações financeiras complicadíssimas, possivelmente fruto de uma má gestão dos recursos.
    O Ceará investe na sua estrutura. Por exemplo, a construção do ginásio poli-esportivo, além de estar prestes a quitar o CT, restando pouco mais de 10 parcelas. A estrutura do clube cresceu muito com dupla Evandro-Robinson.

  • Carlos disse:

    No futebol brasileiro é assim! Quem mais investe e mais fica devendo é quem ganha mais títulos. Basta ver a lista de quem mais deve dentre os clubes de série a. Os mais endividados são Flamengo, Corinthians, Palmeiras, Cruzeiro, Grêmio, São Paulo, Vasco e por aí vai… Reflexo de um país que valoriza e idolatra corruptos. Num país sério, todos esses clubes citados e mais outros tantos seriam rebaixados à série b até ajustarem suas contas.

    • antonio de oliveira sousa disse:

      A Dilma quis dá uma limpeza nisto ai caro Carlos. Por causa disto aceleraram sua saída da Presidência, para que os cartolas e corruptos ficassem nadando de braçadas.

  • Mauro disse:

    André, você tem como discriminar o que compõe esse passivo do Ceará?

  • Nelio disse:

    Eu acho isso uma perda de tempo vc deveriam ajudar quem presiza

  • Robson disse:

    Do ponto de vista financeiro, podemos dizer que as perspectivas são boas para o Fortaleza EC: prejudicado por 8 anos de série C, terá em 2018 um ano propício para superávit, sobretudo se continuar com a boa campanha na série B. Aliás, é bom que se diga, não vai ser em um ano ou dois que o clube vai se recuperar de quase uma década de sucessivas administrações inaptas e deficientes.

    O Fortaleza EC passa por um longo e demorado processo de reconstrução iniciado com o acesso à série B e precisará ainda de alguns anos com bons resultados dentro e fora de campo para readquirir a saúde administrativa e financeira tão almejada.

    Agora, quanto ao rival, o resultado só mostra o quanto a grita da torcida tem motivo de ser: com superávit e arrecadação recorde para 2018 e o presidente só trás jogador na base do 0800, refugos, encostados e virtualmente aposentados. Agora, vai ter que gastar pra recuperar os muros da sede.

    Ah Brasil…

    Saudações Tricolores !

  • GABRIEL disse:

    O TREINADOR DO CANAL GANHA MENOS DA METADE DO TÉCNICO DO LEÃO, CONTRATA MUITOS JOGADORES BARATOS OU NO FIM DE CARREIRA, COMIDA RUIM E BARATA, BASEADA EM OVOS. ASSIM NÃO DÁ, NÉ MESMO?
    SAUDAÇÕES TRICOLORES!

  • KSC disse:

    Robson genial: “vai ter que gastar dinheiro pra recuperar os muros da sede”…

    Já que não contrata, pelo menos com isso tem que gastar né…

    #voltadimasfilgueiras

    ST

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × um =