Futebol do Povo

Sucesso de Juninho Quixadá no Ceará é tapa com luva de pelica muito bem dado

10964 13

Foto: Joka Madruga/Futura Press/Estadão Conteúdo

Da Série D, quando foi protagonista do acesso do Ferroviário para a Série C, para a Série A em questões de dias, atuando pelo Ceará. Carregada de desconfiança por todos os lados – imprensa, torcedores, dirigentes e o próprio Lisca – o desempenho do jogador em duas partidas pelo Ceará já não deixa dúvidas que a aposta na contratação do atleta foi um acerto de Robinson de Castro e Marcelo Segurado, presidente e gerente de futebol do clube, respectivamente.

Depois de atuar algum tempo no futebol cearense, Juninho, que não nasceu em Quixadá, foi para o Bragantino. Em pouco mais de um ano (2010 e 2011), jogou bem no interior de São Paulo e chamou atenção do Ludogorets, da Bulgária. Por lá, mais de 50 gols, 10 títulos e boas atuações em cerca de 200 partidas. De volta ao Brasil, encontrou oportunidade no Ferroviário e quem o acompanhou desde fevereiro viu um atleta fazendo a diferença, fundamental para o sucesso do clube em 2018.

Quando surgiu o interesse do Ceará, as desconfianças apareceram, mas Juninho respondeu com elegância, dentro e fora de campo. Um tapa com luva de pelica muito bem dado em quem não acreditava no potencial do jogador pelos mais diversos motivos, incluindo preconceitos sem cabimento.

Suas ótimas e decisivas atuações contra Fluminense e Paraná – ótima movimentação, bola na trave contra o Flu, gol diante do Paraná, obediência tática e criatividade – já transformaram o jogador em protagonista da reação do Ceará, que ainda tem um longo caminho para tentar se manter na Série A em 2019. Contra o Santos, na quarta-feira que vem, no PV, o caminho continua.

Em tempo: o local de nascimento do jogador é Senador Pompeu, mas aos quatro anos foi para Quixadá e, assim, se considera quixadaense.

Recomendado para você

13 Comentários

  • Tiago Lino disse:

    Lembro que quando foi anunciada a contratação do Juninho Quixadá, choveu comentários de insatisfação nas redes sociais por tal contratação, torcedor dizendo que ia cancelar o sócio, outros já decretando a queda para a série B. Infelizmente uma grande parcela de torcedores e dirigentes tem preconceitos com jogadores e treinadores do nosso estado. Edson Cariús é outro exemplo disso, terminou o Campeonato cearense se destacando, mais o Ceará preferiu apostar em quem estava longe daqui, sendo sendo descartado por seus clubes, outros que praticamente estavam parados e com idade já bem avançada. Que bom que esse rapaz mostrou, como outros também que aqui no nosso estado tem bons jogadores.

  • Leandro Gonçalves disse:

    Bom,eu mesmo fui contra a contratação do Juninho “Quisalah ” . Assim como 80% da massa alvinegra. Estavamos errados em desconfiar? Quem não fica desconfiado na contratação de um atleta com idade um pouco elevada,disputando uma serie D ( que dispensa comentarios quanto à parametros para uma serie A) ,vindo para reforçar um elenco fraco tecnicamente,lanterna de uma serie A? Além do mais o histórico de fiascos nas contratações da dupla patati de castro e segurado é enorme. Portanto,a torcida tinha mil e um motivos pra desconfiar…

    Mas…Mas…O Quixada está ta dando certo. E pela forma que vem jogando,sobretudo com empenho tatico nos faz crer que ele vai manter uma regularidade nas apresentacoes. E é nesse aspecto que a torcida tem que ser sabia em saber analisar. Porque sim : havera algum jogo onde ele não vai se apresentar bem.Mas não podemos cair no desespero do momento e decretar o papel do jogador com base em apenas 1 ou 2 jogos ruins…

    A contratação deu certo. Ótimo. Merecíamos. Mas a vida segue e o desafio é enorme. As chances de descenso ainda são altissimas. Mas a postura e comprometimento em campo nos fazem iniciar a semana com uma pitada de esperança.

    Agora fugindo do tema. Graziani,acho que vc e o Brasil todo tem visto o show que o Lisca tem dado! O Ceará nem precisa se preocupar em aperfeiçoar o seu marketing capenga! Em apenas 1 semana o homem rodou o Brasil todo mediante entrevistas ,videos compartilhados em redes sociais e perfis de colunistas conhecidos expondo a si,o amor e fidelidade da torcida alvinegra e a marca Ceará. Sensacional.
    Saudações alvinegras e segue o lider…O tricolor paulista…hahaha

  • MARCONDES MATIAS CAMPOS. EU AMO O FUTEBOL CEARENSE.

  • Oliveira disse:

    Não exatamente o Juninho Quixadá, mas de modo abstrato, bato na tecla há muito tempo: há vários jogadores bons na série B e até na série D. Ok, eu nunca falei da série D, mas ainda acho que o Juninho é uma exceção… ele é um jogador realmente acima da média de quem está lá e foi apenas um “azar” (não ter empresário bom) para ir pra série D… vi uns jogos deles em taipes do youtube e o cara jogava muito na Bulgária. Não é só “gógó” não, o cara jogava demais lá. Acho que a desconfiança contra quem joga na série D é natural, mas não é IMPOSSÍVEL haver 2 ou 3 jogadores ali que possam ser interessantes para quem joga a série A. Agora, série B e C eu digo sem medo: se vc souber pinçar jogadores dali vc consegue na pior das hipóteses ficar na série A. Lembro bem que naquele ano em que o Lisca salvou o Ceará o Botafogo também estava na B e subiu. Se alguém tiver a curiosidade de ir pesquisar, em 2016 (primeiro ano do Botafogo depois que voltou pra série A) ele foi pra libertadores e a base do time que foi pra libertadores era a “seleção” da série B de 2015… só pra dar um exemplo, o Victor Luis, lateral do Ceará, que passou quase o torneio inteiro na zona de rebaixamento, foi titularíssimo daquele Botafogo de 2016. Dou outro exemplo: o Brock, era reserva do Goiás, que nem está no G4 da série B… ontem ele foi titular do Ceará… alguém sentiu falta do Luiz Otávio? OUtro exemplo: João Lucas, reserva do Figueirense, é titular indiscutido do Ceará hoje. Richardson e Éverson vieram de um time da série C. Mais ainda, pergunto: será que o Osvaldo não viria pro Ceará no começo do ano com um contrato até o final de 2018? E o Edinho (destaque da série C de 2017) também não viria? Eles são melhores ou piores que D. COutinho, Juninhos (ambos: do SPort e do Bahia), Hiury, dentre outras ruindades que vieram no começo do ano? O Ceará errou muito na montagem desse elenco… mas parece que aprendeu o caminho das pedras… lembro que no começo do ano o discurso era muito de “jogador que conhece a série A”… mas acho que isso é besteira, jogador tem que ter qualidade (técnica e FÍSICA) não importa a série que ele joga… principalmente se vc monta seu time cedo!! Restar torcer para que esse despertar do Ceará não tenha sido tarde demais.

  • Mailson Feitosa de sousa disse:

    isso mesmo

  • Antônio disse:

    Eu vi alguns jogos do Juninho pelo ferrão e não tive dúvidas que ele sevia ao Ceará. Comprando com outros perebas atacantes que povoaram e deixaram enormes prejuízos ao time ele está muito acima .

  • carlos disse:

    Eu sempre jogava no Everson no cartola, más se tivéssemos no Vozão dois juninhos Quixadá no Vozão estaríamos melhor colocado, com certeza a produção do Vozão não teria sido tão baixa nos jogos antes da copa.

  • Jairo Brasil disse:

    A diretoria de qualquer time não é fácil. Envolve as vezes milhões de “técnicos” apaixonados pelos clubes, portanto, milhões de opiniões cada uma diferente das outras, e hoje com as facilidades das redes sociais, tecnologias que permitem que todos tenham como expressar suas opiniões, fica ainda pior pois toda a culpa por resultados negativos sempre estão sendo creditadas as diretorias. Acho isso um pouco descabido, pois não creio que algum dirigente tenha a intenção de contratar jogadores que não correspondam em campo, que não queiram o sucesso do clube pelo qual se tornou dirigente e se colocou na vitrine. Isso para dizer que futebol é um esporte apaixonante por que possibilita um time resultados inesperados. O Ceará pode estar na lanterna e de repente “de preferência” com o apoio de sua imensa torcida, sair dessa posição e permanecer na série A. Acho que a diretoria está fazendo o possível para isso. Saudações Alvinegras.

  • Dragão Alvinegro disse:

    Depois de levar tanto tabefe dessa diretoria incompetente, finalmente um tapa com luva de pelica. Agora, já que o Juninho foi um acerto, por que não trazer o Carius que sabe fazer gols, coisa que os nossos centroavantes não sabem. Qualquer jogador, desde que tenha qualidade e não importando a série, será sempre vindo. Agora, vamos olhar o que essa diretoria trouxe para o time. O pior de uma torcida são aqueles torcedores que vivem de resultados. Alguns já estão tarnsformando o Ceará no maior time do nordeste. Não é por aí. Vai ser muito difícil sair dessa situação em que essa diretoria incompetente nos colocou. Mais difícil ainda será manter o time na primeira divisão. Não se iludam! Temos que torcer sim e torcer muito, vibrar com cada vitória, afinal de contas só nos resta isso, mas a coisa não será fácil. Gostaria de estar falando isso na perspectiva de estarmos lutando por uma vaga na Libertadores ou na Sul Americana e não para saírmos de zona de rebaixamento. Estava lendo um blog aqui da terrinha quando um dos participantes começou a agredir, gratuitamente, aqueles que defendem seu time e criticam esses dirigentes incompetentes. O cara simplesmente falou que alguém estava falando água e desandou a conversar besteira. Fui prestar bem atenção e o cara só fala M..da. Você sente logo o mau cheiro. É o velho macaco que não olha pro seu rabo. Aquele tipo de gente que não consegue conviver com outros de opinião diferente. Bom, pra terminar, estou louco pra receber um outro bom tapa com luva de pelica. Tão simples, tão fácil encontrar bons jogadores nesse Brasil imenso, mas essa diretoria só consegue encontrar pernas de pau. Tanto é assim que todos a estão parabenizando por ter acertado uma. Vamos Ceará, contra tudo e contra todos, sair dessa situação incômoda.

  • Heraldo Silva de Andrade disse:

    Ceará tá precisando de centro-avante? Leva o Edson Cariús!!!

  • Marcos disse:

    E depois que o Juninho Quixadá foi lesionado em outubro, coincidentemente o desempenho do Ceará caiu de novo. É um excelente jogador, seria bom se voltasse pro nosso Ferroviário!

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 + 17 =