Futebol do Povo

Ceará é o clube menos endividado do G-7 do Nordeste. Fortaleza é o segundo

14092 33

Marcelo Paz (e) e Robinson de Castro (d), presidentes de Fortaleza e Ceará, respectivamente, têm obtido positivos resultados financeiros em suas gestões. Foto: Cearasc.com/Divulgação.

Em 2018, o Ceará teve o 4º ano seguido de superávit. Com mais receitas que despesas, a saúde financeira do clube impacta diretamente na diminuição de dívidas do Alvinegro, que é considerado atualmente o menos endividado do Nordeste.

O levantamento é do blog do jornalista Cassio Zirpoli, que aponta o ranking de passivo total do G-7 do Nordeste (Ceará, Fortaleza, Sport, Náutico, Santa Cruz, Bahia e Vitória) de acordo com o balanço financeiro divulgado por cada clube nas operações referentes a 2018.

No acumulado de dívidas, pendências e financiamentos dos clubes, com a soma dos passivos circulante e não circulante, o Alvinegro é quem apresentou a situação mais favorável, com um total de passivo de R$ 13.011.519.

O passivo circulante corresponde a R$ 3.924.104 e o passivo não circulante totaliza R$ 9.087.415.

Para 2019, o cenário se desenha de forma ainda mais positiva, já que o Vovô se manteve na Primeira Divisão e tem como meta a diminuição deste valor.

FORTALEZA EM SEGUNDO
Atrás do Ceará, o Fortaleza não teve superávit no último ano (registrou déficit de R$ 1.503.071), mas aparece como o segundo clube com menos dívidas entre os principais nordestinos.

O valor do passivo Tricolor, porém, ainda é consideravelmente mais elevado que o do Alvinegro: R$ 32.335.928, sendo R$ 19.512.772 circulante e R$ 12.823.156 não circulante.

Entretanto, assim como o rival, o Fortaleza tem a possibilidade de diminuir este valor de forma impactante, já que está na Série A do Campeonato Brasileiro e com boa arrecadação.

RANKING DO PASSIVO TOTAL DO G-7 DO NORDESTE NO BALANÇO FINANCEIRO DE 2018*

Passivo total (% sobre o total do G7)
1º) 284.527.291 (32,3%) – Náutico (Série C)
2º) 196.442.000 (22,3%) – Bahia (A)
3º) 193.439.749 (22,0%) – Sport (A)
4º) 105.097.000 (12,0%) – Vitória (A)
5º) 53.547.857 (6,0%) – Santa Cruz (C)
6º) 32.335.928 (3,6%) – Fortaleza (B)
7º) 13.011.519 (1,4%) – Ceará (A)

Passivo circulante
1º) 138.097.360 – Sport (Série A)
2º) 102.446.318 – Náutico (C)
3º) 44.991.000 – Bahia (A)
4º) 34.558.000 – Vitória (A)
5º) 28.431.425 – Santa Cruz (C)
6º) 19.512.772 – Fortaleza (B)
7º) 3.924.104 – Ceará (A)

Passivo não circulante
1º) 182.080.973 – Náutico (Série C)
2º) 151.451.000 – Bahia (A)
3º) 70.539.000 – Vitória (A)
4º) 55.342.389 – Sport (A)
5º) 25.116.431 – Santa Cruz (C)
6º) 12.823.156 – Fortaleza (B)
7º) 9.087.415 – Ceará (A)

*Levantamento realizado pelo Blog do jornalista Cassio Zirpoli. Clique aqui e veja matéria completa

Recomendado para você

33 Comentários

  • Mauro Matos disse:

    Como sempre, Vozão em primeiro; o outro em segundo. Vai ser segundo a vida inteira.

  • Netto disse:

    Como sempre, vozão na frente!!!

  • Marcos Antônio disse:

    Clubes que certamente serão rebaixados à série B: Ceará, Fortaleza e CSA. O quarto sairá do Rio, Botafogo ou Vasco.

  • Leao disse:

    Igual no estadual…

  • Filipe Galvão disse:

    Matérias de grande utilidade, sou tricolor torcedor do Santa Cruz é gosto de acompanhar as dividas do clube (pra ver quão fundo do estamos no poço). Ficaria agradecido se me explicassem o que significa passivo circulante e não circulante.

    • Preto e Branco disse:

      Passivo Circulante são as dívidas de curto prazo
      Passivo não circulante são as dívidas de longo prazo. Superiores ao fim do ano seguinte.

  • FABIANO disse:

    KANAL, COMO SEMPRE COMENDO OVOS ADOIDADO E SACRIFICANDO SEUS JOGADORES PARA FAZER ECONOMIA.
    E O ROBINHO CHUPANDO … PIRULITO!
    VAMOS VER OS PÚBLICOS? O FORTALEZA É O SEXTO DO BRASIL.
    SAUDAÇÕES TRICOLORES!

  • Carlos disse:

    O curral tem que passar umas férias no VOZÃO pra saber que é viver sem ficar contando trocado deixar de comer manga sal !

  • Carlos disse:

    Fabiano torcedor do VOZÃO paga sócio torcedor pra contribuir com clube e tem condições de pagar TV a cabo mas a reportagem pelo que li não fala de público, e sim de grana mas nem isso vc sabe ler uma reportagem mistura as cousas coisas kkk

    • Fco. Guimarães disse:

      Tem razão! A torcida tem tanto dinheiro que tiveram que inventar um plano no valor de R$ 10,00, isso pra atender a grande parte da torcida. Ficou mais barato que uma caixa de ovos.

  • carlos disse:

    Quantas participações o Ceará tem na série B, e quantos vice ele conseguiu , nenhum no máximo foi terceiro ou quarto colocado, ou seja todos os clubes que participaram foram campeões. Palmeiras e Corinthians dos que caíram somente o inter foi vice.

  • Chico Caucaia disse:

    Furtaleza com 32 milhões de passivo, o time do CT parque de vaquejada Ribamar Bezerra, vendendo tudo que tem não paga nem a metade da dívida
    Kkkkk

  • Chico Caucaia disse:

    Olha a diferença de ceará para o furtaleza segundo time do estado
    32 milhões furtaleza, ceará 13 milhões ou seja furtaleza deve 3 vezes mais

    • rangel brasil disse:

      Tadinhos, viu?

    • Robson disse:

      Calma, Caucaia !

      O teu time tem uma administração que privilegia o equilíbrio financeiro desde 2009, o tricolor só sabe o que é ter uma diretoria responsável financeiramente de uns 2 anos pra cá e mesmo assim já conseguiu diminuir significativamente a diferença entre receitas x despesas.

      Pode continuar choramingando pelo desempenho do seu time dentro de campo. Balanço não conta como titulo.

      Saudações Tricolores !

  • João Paulo Guimarães disse:

    Até nisso a torcida tem essa rivalidade besta de um a frente do outro, meu Deus kkk

    Parabéns aos DOIS! Que sejam exemplo para o nordeste e Brasil! Fico feliz pelo crescimento do futebol cearense.

    Quanto a rivalidade besta, não adianta nada ser o 1° na lista de grana e não ter competência nem de ganhar um manjadinho.
    #fareslopeseobrigacao

  • FABIANO disse:

    30 ANOS NA SÉRIE B COM O KANAL IMUNDO COMENDO OVOS. E O ROBINHO NO PIRULITO.
    NUNCA TIVERAM O PRAZER DE SER PELO MENOS VICE DA B. QUE NEGAÇÃO!
    FAZEM EMPRÉSTIMOS CONTRATA REFUGOS, COMPRA JUIZES E FEDERAÇAO, MAS O PENTA NÃO EXISTIU NÃO.
    SALVE O REI LEÃO!
    SAUDAÇÕES TRICOLORES!

  • Leandro Gonçalves disse:

    E quando eu me lembro que esse clube quase fechou as portas, dívidas e mais dívidas, luz cortada, vendendo ovo … Chegar nesse atual patamar é pra realmente glorificar de pé! Evandro Leitão e Robinson de Castro são os 2 responsáveis diretos pelos ressurgimento do Ceará Sporting Club. Nunca devemos esquecer disso. Agora é procurar manter o equilíbrio mas na medida do possível, com planejamento, mudar o elenco do Ceará de patamar. Com elencos simples em sua totalidade será difícil almejar algo maior a nível de campeonato brasileiro. Não é fácil mas vai ser preciso encontrarmos um meio termo entre prudência e arrojo.

  • E o meu rival sempre correndo atrás kkkkkkk

  • Daniel Martins disse:

    Meu Deus que belos comentários, não acrescenta nada aos leitores…..

  • Kamui-ce disse:

    Sonho realizado. clube muito bem estruturado financeiramente. que continue assim e não caia em armadilhas como aconteceu com o Sport, que foi o primeiro nordestino a chegar nesse patamar.

    Agora o desafio é qualificar o departamento de futebol, trazer profissionais que proporcionem ao Ceará montar elenco forte mesmo sem grandes recursos. o clube tem que buscar eficiência máxima nas contratações aliado as categorias de base, algo que o Athletico-PR faz e vem colhendo os frutos. depois desse passo vem o sonho de títulos, estão nos devendo uma Copa do Brasil, temos que ser competentes pra reivindicá-la, certamente os deuses do futebol nos ajudariam nessa.

  • Yuri Guimarães disse:

    Haja ovo prá botar as contas em dia.
    O KANAL NÃO TEM NACIONAL, MAS TEM OVO……….e pirulito.
    REI LEÃO, O VERDADEIRO CAMPEÃO!

  • Kamui-ce disse:

    Lembrando que são dados do ano passado. nessa temporada o Ceará pode ultrapassa Vitoria e Sport em arrecadação total. até porque acabou o esquema cotista da TV mesquinha, Vitoria e Sport não possuem mais o privilegio de jogar a serie B com cota de serie A. Ceará também bateu recordes na venda de jogadores. tem que melhorar no quesito sócio-torcedor e voltar a ter um patrocinito master, com isso muito provavelmente o CSC será o 2a na região em questão financeira. hoje Sport e Fortaleza possuem as maiores arrecadações de sócio-torcedor, o Ceará precisa equilibrar isso modernizando, melhorando e divulgando o plano de sócio.

  • Robson disse:

    Um balanço minimamente equilibrado é dos elementos indispensáveis para o crescimento sustentável de uma agremiação esportiva.

    Nesse sentido, é necessário reconhecer o bom esforço dos rivais locais. O time que usa o terreno emprestado adotou tal modelo de gestão a cerca de 10 anos atrás, o Fortaleza EC vem fazendo o mesmo trabalho nos últimos 2 ou 3 anos, isso certamente ajuda a explicar a diferença entre os valores dos respectivos passivos.

    Porém, não se pode desconsiderar os caminhos para um balanço equilibrado, em apertadissíma síntese: receitas crescentes, despesas decrescentes. Certamente a conquista de títulos contribui demais para o primeiro item dessa equação. Afinal, são os títulos que tem o potencial de aumentar de forma exponencial o número de torcedores dos clubes cearenses. Aumentando o número de torcedores, aumenta-se as receitas.

    Conclusão óbvia: balanço sem títulos é lindo no gráfico. A arquibancada quer taça.

    Saudações Campeãs !
    Saudações Tricolores !

    • bfontenele disse:

      Interessante o seu ponto de vista, aumentando o número de torcedores, aumentam-se as receitas, cara, sinceramente, prefiro aumentar o número de patrocinadores e a venda de jogadores, mas, enviesadamente, você pode estar certo.

      • Robson disse:

        Bfontenele, a venda de jogadores era uma fonte de receita muito valorizada por clubes brasileiros, mas com o tempo percebeu-se que, embora fosse uma receita significativa, não era ordinária. Nenhum clube consegue fazer uma boa venda por mês. Por isso, hoje a venda de jogadores continua sendo uma grande fonte de receitas, mas considerada extraordinária pela maioria dos clubes. O ideal é que as despesas ordinárias sejam cobertas com as receitas ordinárias: sócio torcedor, patrocínio e etc.

        Patrocínio também é importante demais. Mas o aumento do número de torcedores ainda tem uma vantagem em relação aos patrocínios: torcedor é consumidor e como tal vai demandar outros produtos: camisa, bolsas, bonés, e uma infinidade de artigos cuja venda resulta em verbas para os cofres dos clubes.

        A conclusão é que as receitas ordinárias são as que devem ser a prioridade do clube por que são essas receitas que fazem frente às despesas de manutenção diária do clube.

        Mas inegavelmente venda de jogadores e patrocínios não podem ser desprezados como importantes fontes de recursos.

  • Marcos Antônio disse:

    Será que o Fortaleza já pagou ao CRB aquele cheque que estava sem fundo para não cair para 4 divisão, é bom computarem isso também

  • carlos disse:

    O Chico córno caucaia ou é doido ou queima graxa, ser vice é apenas a segunda pessoa de coisissima nenhuma, vice presidente, vice governador etc… Imagine um time que nunca foi nem vice, o último grande feito do Vozão foi o título da copa do nordeste, o resto é só sofrimento.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × um =