Futebol do Povo

Derrotas e lamento: Ceará e Fortaleza caminham perigosamente com destino ao Z-4

318 10

Apesar da rodada ter ajudado, com derrotas de Chapecoense para o Inter (1 a 0) e Cruzeiro para o Flamengo (2 a 1), Fortaleza e Ceará mais uma vez deixaram a desejar na Série A do Campeonato Brasileiro. Foi um começo duro de segundo turno, mostrando a realidade de maneira cristalina, com sistemas defensivos sofrendo gols bobos e sistemas ofensivos extremamente limitados.

O Fortaleza mostrou suas conhecidas fragilidades em casa diante do Palmeiras (0 a 1, gol de Willian, com grande colaboração de Tinga e André Luis) e agora soma cinco derrotas como mandante, além de quatro vitórias e um empate. É uma das piores campanhas atuando em casa na primeira divisão, apenas 43,3% de aproveitamento.

O Ceará voltou a desperdiçar diversas chances ofensivas, consagrou mais um goleiro adversário – desta vez Jordi, do CSA, na vitória por 1 a 0 do time alagoano – e agora está sem vencer há seis rodadas; somou dois pontos nos 18 mais recentes disputados. Como visitante, tem só 16,7% de aproveitamento; é o quarto pior desempenho.

Ambos agora estão com 22 pontos e se aproximam perigosamente do Z-4. É o pior momento de ambos na competição e só reações robustas darão alguma tranquilidade nas próximas rodadas. Na quarta, o Ceará recebe o Cruzeiro. Na quinta, o Fortaleza visita o Athletico-PR.