ID

Considerada a mais cara do mundo, mansão que custava R$ 2,7 bilhões está à venda em “promoção”

131

(Foto: Reprodução)

A mansão “The One”, considerada a mais cara do mundo, foi colocada à venda em setembro deste ano. O que mais chamou atenção foi o fato de ela estar sendo ofertada em “promoção”.

A residência, que fica localizada em Bel-Air, na Califórnia, possui 20 quartos, sendo treze deles na casa principal, um salão de beleza, e um cinema IMAX com 45 lugares. Além disso, o local conta com uma garagem que comporta cerca de 30 carros. 

O imóvel, de mais de 9.300 metros quadrados, possui 21 quartos, uma pista de boliche, quatro piscinas, e vistas privilegiadas, sobre o olhar de 360 graus do sul californiano.

 

(Foto: Reprodução)

Para termos noção sobre seu tamanho, é só pegarmos o exemplo da sua suíte master, que é composta por 510 metros quadrados, duas vezes maior que a média de uma casa norte-americana. Seu valor a princípio era de US$ 500 milhões, o equivalente a R$ 2,7 bilhões, no entanto, por conta de problemas financeiros por parte do proprietário, o imóvel vai ser vendido com desconto.

De acordo com o portal de notícias CNBC, os proprietários da mansão somam US$ 165 milhões em dívidas, cerca de R$ 890 milhões. Por conta disso, a Justiça da Califórnia irá leiloar o imóvel de luxo, com um grande desconto. Mas o valor final ainda não foi determinado. 

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

 

Recomendado para você

Os comentários estão fechados aqui.