Blog do Jocélio Leal

Receita: auditores 4 dias sem trabalhar

740 3

Auditores: quatro dias sem trabalhar para pressionar por Medida Provisória (foto: Divulgação/Sindifisco)

Fortaleza – Os auditores fiscais da Receita Federal fizeram greve hoje e já agendaram nova greve entre os dias 16 e 18 (terça a quinta). Ao todo, quatro dias sem trabalhar.  Hoje fizeram ato no Porto do Mucuripe. No Mucuripe, os auditores fiscais aduaneiros fazem operação padrão. 

O motivo alegado para os quatro dias de greve é a Medida Provisória (MP) nº 765/2016 – que trata de questões funcionais do cargo de auditor fiscal. Eles falam em ameaças de desfiguração da carreira que a MP poderia amainar. Todavia, queixam-se, a MP encontra-se parada e nem sequer foi apreciada na Comissão Mista instalada para este fim.

Recomendado para você

3 Comentários

  • ANTONIO NOBRE disse:

    Embora seja razoável, para os leigos, confundir greve como simples paralisação do trabalho, releva esclarecer que o movimento grevista se caracteriza pela realização de atos de protesto contra determinada situação adversa aos interesses dos trabalhadores, não se tratando, pois, como deixa transparecer a notícia sob comentário, de mera paralisação da prestação de serviços.

  • Luiz Costa disse:

    São servidores que recebem salários quase igual aos dos Ministros do STF e vivem chorando e paralisando a toda hora. Prejudicam a população e prestam um péssimo serviço.
    Existem 11.000 fiscais na Receita Federal e não há trabalho prá todo mundo. só um número pequeno trabalha na fiscalização. 9.000 fazem o quê?
    O governo Federal deveria proibir greve sem corte de ponto. Quer ser carreira de Estado não pode fazer greve.
    Vão trabalhar para justificar a fortuna que recebem.

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *