Blog do Jocélio Leal

França vota fim dos termos pai e mãe na matrícula

Fortaleza – A França discute a retirada dos termos Pai e Mãe das matrículas escolares. O projeto de lei foi aprovado no Parlamento, numa primeira leitura. Além da matrícula, os termos saíram também das autorizações parentais e de todos os formulários usados nas escolas. Proposta original propunha substituir pelos termos “parente 1” e “parente 2”. A intenção é coibir a discriminação de casais homossexuais.

Desde a origem a mudança recebeu o apoio do de vários deputados do partido República em Marcha, presidido por Emmanuel Macron. Já a deputada Valérie Petit prega a medida como forma de consolidar na legislação a diversidade parental das crianças.

“Temos famílias que se vêem diante de caixas de seleção que estão presas em modelos sociais e familiares antiquados. Para nós, este artigo é uma medida de igualdade social”, disse ela ao jornal francês Libération. Leia aqui

Já o ministro da Educação, Jean-Michel Blanquer, critica a proposta. Para ele,  “parece instalar uma hierarquia entre os dois pais”.  Ele pondera: “Devemos ter cuidado para não fazer, em nome de uma causa, coisas contraproducentes”, também ao Libération. “Vamos trabalhar para chegar à fórmula certa”, sugeriu.

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *