Leituras da Bel

Feliz aniversário, Harry Potter!

 

Por Isabel Costa (isabelcosta@opovo.com.br)
Por Mariana Amorim (marianaamorim@opovo.com.br)

Em 2011, quando o oitavo filme da franquia Harry Potter foi lançado, uma legião de fãs se aglomerou nas portas dos cinemas. À época, aquela seria a última história do menino bruxo que acompanhou o crescimento e o desenvolvimento da leitura de uma geração. Cinco anos depois, é com alegria e surpresa que os seguidores de J.K. Rowling assistem a sucessão de lançamentos e anúncios. O universo bruxo retornou às telas, às páginas e aos palcos.

Pelo Twitter, a autora britânica disse não saber ao certo por qual motivo resolveu voltar a publicar material relacionado ao mundo fantástico. O fato é que 2016 tornou-se o ano de retorno das criaturas mágicas, dos feitiços e das paisagens tão conhecidas pelos leitores. Em novembro, o filme Animais Fantásticos e Onde Habitam será lançado. Dois outros longas serão lançados, formando uma trilogia.

Mas o lançamento que mais movimentou os fãs não está ao alcance dos olhos tão facilmente. O espetáculo teatral Harry Potter e a Criança Amaldiçoada, montado em Londres, retorna à escola 19 anos depois dos acontecimentos de Relíquias da Morte. Na linha do tempo, Harry Potter nasceu em 1980. Neste domingo, 31 de julho, portanto, é marcado o aniversário de 36 anos do personagem e de 51 anos da autora. É fato que, ao longo dos anos, os fãs nunca esqueceram a data. Mas hoje há mais um motivo para comemorar: o texto em inglês da peça chega às livrarias em forma de livro, Harry Potter and the Cursed Child. A versão em português, conforme a Editora Rocco divulgou, será publicada em 31 de outubro próximo, Dia das Bruxas.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=2yRn-FN2Tdg[/youtube]

 

A movimentação em torno do universo mágico atraiu a atenção de leitores saudosos e de novos apreciadores. “Quase dez anos após a publicação do último volume, os sete livros da saga seguem vendendo permanentemente, mas de fato percebemos um aumento nas vendas este ano, especialmente do primeiro volume da série, Harry Potter e a Pedra Filosofal, que retornou à lista dos mais vendidos”, aponta Vivian Wyler, gerente editorial da Rocco, empresa responsável pelo catálogo de Harry Potter no Brasil.

Pedro Martins – webmaster do Potterish, maior site do assunto no País -, lembra que Rowling nunca chegou a afirmar que não publicaria mais sobre o mundo mágico. “Ela tem caixas e caixas com anotações, histórias, descrições. São informações que, por alguma razão, a autora resolveu compartilhar esse ano”, pontua.

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − dois =