Leituras da Bel

Os inesperados e atormentadores visitantes de Fellside

estranhos-visitantes

Por Mariana Amorim (do blog Memórias de Gaveta)

Assustadora e envolvente. É assim que podemos definir a leitura de Fellside: Estranhos Visitantes, de M. R. Carey. O suspense, segunda obra do autor publicada pela editora Rocco, através do selo Fabrica 231, traz a história de Jess Moulson. Uma mulher condenada a cumprir pena na prisão de segurança máxima Fellside. A obra é um thriller de terror psicológico, com uma pitada de Orange is the new black.

A história começa com Jess acordando em um hospital sem lembrança de como chegou ali. Aos poucos, ela retoma a consciência e descobre que algo terrível aconteceu: ela é responsável pela morte de um garoto de dez anos após provocar um incêndio proposital em seu apartamento. A protagonista que morava junto com o namorado, em um relacionamento abusivo e regado de drogas e discussões, era vizinha de Alex, uma criança bastante quieta com pais problemáticos. Alex e Jess tinham uma relação silenciosa de amizade. Ela lhe oferecia comida e, às vezes, conversava com o menino.

Por conta do relacionamento conturbado com o namorado, tudo indica de Jess provocou um incêndio no apartamento. Ela fica bastante lesionada e não consegue lembrar do que aconteceu. Apenas no julgamento, ela descobre que matou Alex. Ao saber disso, Jess resolver assumir a culpa, mesmo sem lembranças do que aconteceu, e se entrega para a polícia. Ela é condenada a cumprir sentença em Fellside.

A prisão de segurança máxima, apenas para mulheres, fica em uma região afastada da cidade. Devido ao seu estado de saúde, Jess é encaminhada no primeiro momento para a ala hospitalar, onde fica amarrada em sua própria cama. Consumida pela culpa, ela se acha um monstro e se pune de diversas maneiras. Em Fellside, todas as detentas já sabiam a história dela e a esperavam com sede de vingança. Não é justo alguém matar uma criança.

É nesse momento que o livro muda consideravelmente. Ainda na enfermaria, Jess passa a sonhar com uma criança. Sem entender direito, ela acredita que o menino é Alex. A criança passar a “aparecer” para Jess pedindo socorro. Atormentada, Jess resolve que não pode morrer sem antes solucionar a morte do menino.

Dividido em quatro partes, o livro tem ao todo 100 capítulos. Apesar de extenso, a leitura é envolvente. A vida de Jess é cheia de conflitos internos e externos e, a cada nova descoberta, a história se torna ainda mais envolvente. Tudo é atrativo para o leitor: a dinâmica dentro da prisão, o esquema de drogas, as vozes. Apesar de começar meio “morna”, a leitura envolve de uma maneira espetacular e o ritmo acaba aumentado do meio para o fim.

Para a minha primeira leitura do autor, achei o livro maravilhoso. Tem suspense na medida certa para segurar o leitor até o fim. Além disso, o trabalho gráfico com a capa e o “envelope” da obra é magnifico. Para quem curte um texto de terror psicológico, eu remendo dedicar um tempo aos corredores de Fellside.

estranhos-visitantes-livroServiço
Fellside – Estranhos visitantes
Autor: M. R. Carey
Tradução: Caco Ishak
Quanto: R$ 49,50

Recomendado para você