Plínio Bortolotti

Dinamarca: jornal critica “atletas de Cristo”

1138 10

Uma leitora brasileira na Dinamarca, Margareth Marmori, que mantém o Blogadona, escreve concordando com o post “A seleção de futebol é do Brasil ou de Jesus?”

Ela diz ter-se sentido “envergonhada” com a atitude do capitão Lúcio e do jogador Kaká, ao exporem as camisas fazendo proselitismo de sua fé.

“Quando vejo os conflitos religiosos na Europa, costumo me sentir orgulhosa de vir de um país onde a liberdade religiosa impera. Mas o comportamento dos jogadores dá uma impressão completamente errada da sociedade brasileira”, escreveu ela em seu blog.

 Ao mesmo tempo, mandou link do jornal Politiken, que fez matéria com o título [traduzido por ela] “Estrelas do futebol fazem propaganda cristã” (Fodboldstjerner reklamerer for kristendommen).

A matéria traz com várias fotos mostrando a publicidade cristã que fizeram os jogadores. O texto  descreve  como agem os “atletas de Cristo”, diz que a Fifa proíbe, mas não apena tais atitudes, e uma crítica ao final, afirmando ser “inadmissível” que os jogadores procedam de tal maneira. [Espero não ter cometido nenhum erro na versão, se houver, a responsabilidade é do Google Tradutor, onde joguei o texto 🙂

Só gostaria de saber uma coisa: por que o assunto é tão pouco debatido no Brasil? Por que os comentarista “de grife” fazem de conta que não vêem isso?

Recomendado para você

10 Comentários

  • Gisely disse:

    Gozado. Todo mundo tem direito de dizer que é homessexual, atleta faz propaganda de cerveja. Um jogador pode fazer gestos obscenos para a torcida adversária. Tudo é permitido.
    Por que um atleta não pode numa Final de campeonato dar Glórias àquele que o de4u forças para chegar até ali ?

    A Seleção é do Brasil, mas Kaká, Lúcio e vários outros atletas são cristãos e não devem se envergonhar de tal ato. Não estão ofendendo ninguém, nem fazendo prosilitismo religioso. Todos os seus colegas os respeitam(inclusive os que tem outra religião) e n~~ao ficaram incomodados com tal ato.

    Se a tal dinarmaquesa quer falar da Seleçaão, problema dela, os jogadores não podem é serem falsos e negarem sua fé, e não religião.

  • Gisely disse:

    Manda a Dinamarca aprender a jogar futebol, daí os jogadores deles podem se expressar nas camisetas : “tudo isto foi conseguido sem Deus” “Jesus não é o único” “Não pertenço a Jesus” “Sou ateu” “Sou …(nome do seguimento religioso”

    Que tenham o mesmo direito, mas primeiro joguem futebol para falar do Brasil.

  • Leo disse:

    Ué… se o lucio estivesse com uma camiseta escrita “Eu amo a Ana” ninguém ligaria, porque poderia ser o nome da mulher dele (a qual nao sei o verdadeiro nome), cada um poderia pensar assim: “tudo bem se ele ama a Ana, eu amo a Maria mesmo”.
    Agora porque não deixar ele expressar o amor dele por Jesus?
    Não está escrito que a seleção ama Jesus, nem que o país ama Jesus, é o pronome possessivo EU.
    Todo mundo reclama do preconceito na sociedade, mas quando se trata de religião esses mesmos que reclamam não são tolerantes com os outros.
    Parem pra pensar sobre como vocês perseguem quem tem feito um trabalho bonito e tem a vida transparente e correta. Estes são os mesmos que não se envolvem em brigas, barracos, bebedeiras e escândalos.
    Acho que você poderia procurar um assunto mais interessante e útil pra podermos ler.

    Abraço

  • Anderson disse:

    Caros leitores, acho que os colegas Leo e Gisely já disseram tudo. Mas gostaria de deixar uma mensagem: O Kaká e o Lúcio, só expressaram sua gratidão ao único Senhor todo poderoso. Sabemos que existem vários deuses no mundo que são a base da fé de várias religiões, mas somente um deles ressucitou dentre os mortos…ele é JESUS, o mesmo Deus da bíblia, que é a verdade, tanto é, que nela já estava escrito há muito tempo, que nos últimos dias haveriam perseguições e que as pessoas não gostariam mais de ouvir a mensagem que liberta. Deus abençoe a todos.

  • Vitor disse:

    Eles nao notaram que no momento da oracao todos o fizeram juntos. A primeira oracao foi o Pai Nosso, todos a fizeram juntos. A segunda oracao foi a Ave Maria e novamente todos permaneceram juntos. Kaka e os demais protestantes, nao rezaram mas em respeito nao se retiraram e permaneceram abraçados com os companheiros. Um exemplo maravilhoso de respeito de todos os jogaroes. Independente da sua religiao, seja catolico ou protestante estavam abracados, unidos e agradecendo pela conquista. Esta e a grande licao que fica e nao a propaganda religiosa. Somos um pais de diversas crencas e nos respeitamos. Somos evoluidos, ao contrario de certos paises europeus que sao incapazes de entender momentos como este.

  • CRC disse:

    A atitude de muito que se dizem evangélicos, é no mínimo medieval!
    Os jogadores estão TOTALMENTE errados!
    Naquele momento eles estão representando o Brasil e NÃO poderiam fazer QUALQUER tipo de propaganda, incluindo aí a religiosa!
    Apenas para esclarecer a Dinamarca não é um país laico, eles são Luteranos, de onde veio a base do protestantismo. Mas atualmente a maioria das “igrejas” que se dizem evangélicas apenas se servem da pouca instrução de nosso inculto povo!
    É no mínimo lamentável.
    Em tempo: também não concordo que um país tenha religião oficial! Acho que o estado deve ser laico, como nosso Brasil.

  • sergio disse:

    Qual o mal em dizer a quem somos grato? Que tipo de influência negativa traz o nome de Jesus estampado na camisa? Parabenizo os atletas de Cristo pela postura exemplar que alcança milhares de pessoas pelo mundo,especialmente as crianças, deixando uma mensagem de amor, fé e paz. Afinal vivemos em um país de maioria cristã, graças à Deus!

  • Samuel Oliveira disse:

    eh otimo ve Kaka , Lucio e outros adorarem a JESUS no Esporte , estava demorando alguem se levantar quando a isso , enfim .. Dinamarca ?
    Poxa … eles nao sabem neim o que eh futebol …
    e devemos intender que os ‘atletas de Cristo’ nao estao divulgando RELIGIAO e SIM JESUS CRISTO no qual eh digno de todo o honra .
    Adorei os comentarios de Gisely , Perfeitos.

  • Sergio disse:

    Vê-se claramente que não há intenção nenhuma desses jogadores em levar o nome do Senhor Jesus as pessoas e sim levarem as suas respctivas igrejas a quais são garotos propagandas.
    Para se pensar:o que esses jogadores protestantes querem insinuar quando se intitulam atletas de Cristo?e os outros que não são da mesma seita que eles,não são de Cristo?

  • Gideon disse:

    A Europa mais uma vez quer nos dizer até como devemos crer em DEUS. Para isso insinuam qualquer tipo de comentários, sempre no sentido de propagarem seu eurocentrismo. Eu creio que DEUS nos levou a ser um país sem dívida, ao contrário da maior parte da Europa. Eu concordo com toda manifestação de gratidão a DEUS e a Europa… Vá cuidar de sua crise. Ah estamos recebendo médicos espanhóis para trabalharem em nosso país. Se eles quiserem aqui ser católicos, crentes, macumbeiros, etc. não serão discriminados por nenhum blogueirinho de plantão. BENDITO SEJA O NOME DO SENHOR JESUS!

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *