Plínio Bortolotti

O drama de ser honesta: Erundina, ex-prefeita de São Paulo, condenada a indenizar o município em R$ 353 mil

A CUT [Central Única dos Trabalhadores] abriu uma conta pedindo contribuição a seus filiados para ajudar Luiza Erundina, deputada federal pelo PSB, ex-prefeita de São Paulo [a primeira mulher a assumir o cargo] a pagar uma dívida de R$ 353 mil ao município.

O processo já correu todas as instâncias da Justiça e não cabem mais recursos.

Diferentemente de muitos políticos brasileiros, Erundina não foi processa por corrupção ou desvio de recursos públicos. O seu “crime” foi ter mandado imprimir, quando era prefeita de São Paulo, cartazes informando à população paulistana que os ônibus não circulariam nos dias 14 e 15/3/1989 devido a uma greve convocada pela CUT.

Erundina, de 75 anos, não amealhou dinheiro ou bens nos seus 51 anos de vida pública: tem um apartamento de 80 m2 e dois carros populares.

Além de seus companheiros sindicalistas, deputados dos mais diferentes partidos estão se mobilizando para evitar que Erundina venda seus parcos bens para quitar a dívida.

Saiba mais no blog Luiza, eu apoio você, dos Amigos da Erundina.

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *