Plínio Bortolotti

Poste da Coelce suja a calçada e põe pedestres em risco

216 3

Esquina da Av. Dedé Brasil com Rua Tomás Edison, Vila Betânia. (Clique para ampliar)

Do leitor Hiran Moreira, recebi o texto e as fotos.

«Lembro-me que certa vez você publicou denúncia sobre a proteção que a Coelce coloca nos postes transformando-os em “lixeiras”. Pois bem, envio-lhe fotos que mostram como esse tipo de aberração suja a cidade, expõe os cidadãos ao perigo, pois depois de quebrados, ferros e pedações de cimentos ficam soltos. Como cidadão me questiono: Esse tipo de obra é aprovado pelas leis municipais? Quem limpa a sujeira depois que tais “proteções” são quebradas? Esperemos que a Coelce efetivamente se responsabilize e pense em uma maneira melhor de proteger seu patrimônio.»

[Agora, basta esperar que não seja esse o poste candidato a suceder a prefeita Luizianne Lins.]

Abaixo publico resposta da Coelce, recebida em 13/12/2010

Nota

A Coelce informa que enviará uma equipe ao local a fim de realizar a limpeza e a recomposição da defensa. É importante ressaltar que esses dispositivos de segurança são colocados nos postes com o objetivo principal de atenuar o impacto de um abalroamento tanto com relação ao veículo como para o sistema elétrico.

Gerência de Comunicação Coelce

Recomendado para você

3 Comentários

  • Carlos Mazza disse:

    A digníssima Prefeita, em reportagem que saiu hoje no Povo – muito bem escrita, por sinal -, comentou a história do poste, afirmando que existe “muito poste bom” por aí. Ao ler a notícia, respirei mais aliviado, lembrando do comentário do seu blog. Agora pode ficar tranquilo Plínio, esse poste aí tá fora, deve votar Salmito…

    Mas é essa aí a situação de Fortaleza atualmente, problemas de natureza pública só recebem um pingo de atenção da Prefeitura se o Governador decide fazer um estaleiro ou um campo de futebol em cima. E eu não falo em soluções, é só atenção mesmo. Passada a polêmica, levados os holofotes, a situação continua a mesma: abandonada, solta, como o cimento desse poste.

  • Hiran disse:

    Caro Plínio!

    Infelizmente a Coelce não diz se as leis municipais permitem tal “construção”.
    É uma pena para a cidade, pois, nesse caso, os fins não justificam os meios.
    Abraço!

  • Fernando disse:

    A Coelce lembra rapidamente de cobrar juros por um ou dois dias de atraso de energia elétrica e cortar rapidamente se chega a 20 dias. Entretanto, cuidar da segurança e bem estar dos cidadãos não é sua prioridade. Só lembrando que ela chegou a cortar luz de pessoas que estão prestes a morrer com equipamentos que dependem da enrgia para suas vidas. É uma empresa que eu vou evitar adjetivos, porque tem dinheiro pra advogados caros, mas que eu posso dizer vive do marketing e da imagem que cria para as pessoas menos esclarecidas. Assim como este poste, existem outros na mesma situação espalhados pela cidade. Enquanto isso, a prefeita…

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *