Plínio Bortolotti

A velha corrupção

818 21

Reprodução do artigo publicado no O POVO, edição de 29/10/2015

Hélio Rôla

A velha corrupção
Plínio Bortolotti

Esclarecedora a entrevista exclusiva que o procurador Deltan Dallagnol, coordenador do Ministério Público Federal na operação Lava Jato, deu ao repórter Wagner Mendes, deste jornal (27/10/2015)

No Fla-Flu em que se transformou o País, quando alguém ousa dizer que a corrupção no Brasil não começou com o Partido dos Trabalhadores, a réplica é um olhar reprovador e uma tosca acusação de “petista” ou “bolivariano”.

Porém, é justamente isso que o insuspeito Dallagnol informa: “Na década de 1990 houve 88 escândalos de corrupção apenas na área federal (…) a corrupção é de muito tempo atrás, é um fruto do nosso sistema, não se trata de uma maçã podre na cesta”.

Mais à frente, o procurador complementa: “A corrupção no Brasil não é problema de um partido A ou partido B; de governo A ou governo B. A corrupção é problema de um sistema que a favorece”.

Dallagnol participou de eventos em Fortaleza para divulgar um projeto de lei de iniciativa popular que propõe dez medidas para tornar mais rígidos os controles para prevenir e punir com mais rigor os desvios do dinheiro público. O procurador considera “uma piada” a pena hoje prevista para crimes de corrupção, que “dificilmente” passa de quatros anos.

É obrigatório admitir: a corrupção é velha, contamina praticamente todas as estruturas de poder e tem vida própria. Somente isso explica que, mesmo depois de iniciado o processo da Lava Jato, o dinheiro sujo ter continuado a irrigar impudicamente a conta de alguns rapaces.

O que vai estancar a sangria não é uma ditadura, como querem os doidivanas, pelo contrário: é preciso aperfeiçoar as instituições e ampliar a democracia.

PS. Ricardo Barros (PP-PR), relator do Orçamento, que propõe cortes no Bolsa Família, quer aumentar o Fundo Partidário: mais dinheiro para os partidos. É naquela base de “dois pra mim, nenhum pra tu”. A propósito no artigo anterior, em uma das passagens, grafei o sobrenome do nobre deputado como “Bacelar”. Lembrem-se: o nome dele é Ricardo Barros.

Recomendado para você

21 Comentários

  • francisco clemes benevides machado disse:

    AGORA É APOIO TOTAL AO GENERAL MOURÃO!
    NÃO CAIAM NO BOATO DE QUE NÃO HAVERÁ MAIS INTERVENÇÃO PELO FATO DE MOURÃO TER SIDO EXONERADO DO CARGO DE COMANDO…
    AGRA DEVEMOS DESPERTAR NOSSO PATRIOTISMO E INTERVIR COM MAIS UNIÃO, FORÇA E DECISÃO… NÃO IREMOS PERDER O FOCO… A INTERVENÇÃO VEM PELOS PATRIOTAS CIVIS E MILITARES DA ATIVA E RESERVA UNIDOS… AGORA TODOS EM APOIO AO GENERAL MOURÃO!!!
    HAVERÁ SIM INTERVENÇÃO DE TODOS OS PATRIOTAS…
    CONFIAMOS NOS PATRIOTAS DAS FFAA…
    CMS – HONREM A MEMÓRIA DE DUQUE DE CAXIAS!!!
    INTERVENÇÃO MILITAR!!!
    SELVA!!!
    Dragões do Ar
    Avante irmãos! Avante heróis! Em busca da vitória
    Subindo aos céus, lançando-se no ar,
    Honrando a nossa história
    Mais fortes, mais rijos lutando
    Soldados da velha Brigada
    A hora na porta saltando
    A luta prá nós não é nada
    Estribilho:
    Brindamos à morte, ao perigo
    Saudamos também o inimigo, lá, lá, lá, lá, lá!
    E a velha Brigada se bate,
    Se mostra mais forte na hora da dor
    Avante irmãos! Avante heróis! Voltar não desejamos
    Lutando sempre, fugindo nunca
    Viver não imploramos
    Unidos, coesos, marchando
    Soldados da velha Brigada!
    O gosto da morte lembrando
    Aos novos que chegam do nada.

  • francisco clemes benevides machado disse:

    Exército Brasileiro declara que estão prontos e preparados para deposição de Dilma
    Como era de se esperar, os militares não ficaram inertes ao chamamento da Pátria, que sofre em mãos marxistas, e em boa hora já planejam agir em conformidade com os desígnios celestes, unidos e coesos por este grande ideal. Ao comando desse novo movimento revolucionário, o General Geraldo Gofredo, segundos fontes que preferem ficar anônimas, tem intensificado os contatos militares e políticos, para que a oposição ajude nos momentos pós deposição da búlgara usurpadora, mantendo a ordem e a paz social na nação.

    Uma luz no fim do túnel. Ouvindo clamor da população brasileira, que pede o fim da subversão, e a volta da ordem, da moral e da proteção à família brasileira, alguns generais da nação já estão com avançados planos para a deposição da representante-mor do bolchevismo petista, a presidenta Dilma, para que o país seja saneado novamente do caos e do perigo comunista ao qual foi mergulhado pelo apedeuta de Santo André. O comando da tropa que cercará Brasília caberá ao General Olympio Mourão Bisneto, cujo regimento deixará Minas Gerais nos próximos dias para essa gloriosa missão. O setor de inteligência do movimento, comandado pelo Cel. Ferrabrax, que funcionava secretamente no Tiro de Guerra de São Lourenço, garante que tudo corre à favor e que o sucesso do levante é inevitável.
    Como era de se esperar, os militares não ficaram inertes ao chamamento da Pátria, que sofre em mãos marxistas, e em boa hora já planejam agir em conformidade com os desígnios celestes, unidos e coesos por este grande ideal. Ao comando desse novo movimento revolucionário, o General Geraldo Gofredo, segundos fontes que preferem ficar anônimas, tem intensificado os contatos militares e políticos, para que a oposição ajude nos momentos pós deposição da búlgara usurpadora, mantendo a ordem e a paz social na nação.
    Setores empresariais já esperam ansiosos pela retomada econômica do novo governo, com novos acordos comercias, o fim do Mercosul e a retomada da ALCA, levando o país a pujança da economia vista nos anos 90. Quanto aos membros do antigo governo, a ex-presidenta Dilma deverá ficar presa em um presídio em Rondônia, os ministros que são do PT deverão ser mandados para Fernando de Noronha, e a grande dúvida que persiste é para onde deve ser mandado Lula, pois ele é fator de grande desestabilização. Cogita-se que seu destino deva ser a base brasileira na Antártida, sob o comando da Marinha.
    Agora é questão de dias até que tudo seja normalizado e o Brasil possa ser respeitado novamente pela comunidade internacional. Enfim vemos a luz.

  • francisco clemes benevides machado disse:

    . Nós precisamos valorizar este general, ele pode ser o nosso líder na luta contra os comunistas que tentam estalar uma ditadura no Brasil!

  • francisco clemes benevides machado disse:

    Ó NAÇÃO BRASILEIRA, SAIBAM PEDIR, PODE SER SUA ULTIMA OPORTUNIDADE DE SALVAR O BRASIL DO COMUNISMO, AVANÇA EXERCITO BRASILEIRO, PARTIDO BOM E PARTIDO MORTO, A POLICIA FEDERAL ESTA FAZENDO SEU TRABALHO. Se vc é um patrióta não coloque culpa na mídia vc é ela, vai para rua faça sua parte ou seja um tremendo idiota covarde 100 Pátria IMPEACHMENT estaremos nas mãos dos corruptos a verdadeira reforma Politica esta na Intervenção Militar, Já. art 142º e 144° da Constituição federal – É nosso direito pedir Intervenção e as FFAAA só podem intervir quando o povo a conclama. #INTERVENÇÃO CONSTITUCIONAL MILITAR Já – Povo pede Intervenção Já – O Povo pede SOS as FFAA..

  • francisco clemes benevides machado disse:

    ”Nem com Impeachment vai solucionar o problema”.
    Somente Intervenção Militar consegue arrancar da casa do povo, essa Organização Criminosa disfarçada de política.

  • francisco clemes benevides machado disse:

    Se não tivesse tão longe, com certeza estaria lá, prestigiando a este cidadão corajoso, que honra sua farda com muita dignidade, valoroso, homem do bem, da família, que preza o povo, e com muita sabedoria, sabe dar valor as causas justas, que enfrentamos hoje num país, que caminha para o comunismo, mas se Deus quiser isso não acontecerá, agora somos todos General Mourão.

  • francisco clemes benevides machado disse:

    O Brasil já sofreu o golpe vermelho, está nas mãos de bandidos psicopatas da pior espécie. Entregaram o nosso país aos russos e chineses, via foro de São Paulo. Não sei nem se haverá tempo para uma reação, pois esse projeto de poder já está muito adiantado. Se houver tempo, tem que ser agora, imediatamente ou seremos escravizados em nosso próprio país.

  • francisco clemes benevides machado disse:

    O povo a sociedade tem que acordar ..não está vendo que os políticos os poderosos estão fazendo com o exército e a própria polícia? Fazem chacotas usam e abusam de suas imunidades enfrentam a justiça sem medo e sem o mínimo respeito …são eles os senhores da impunidade semi deuses intocáveis mas ao mesmo tempo inúteis.

  • francisco clemes benevides machado disse:

    EU APOIO UMA INTERVENÇÃO MILITAR!

  • francisco clemes benevides machado disse:

    Não tenho dó nem pena de comunista,isso é igual a nazistas.

  • francisco clemes benevides machado disse:

    É preciso que se leve a sério e cada um no dia a dia tente esclarecer aqueles que tem dificuldade em entender o que pode acontecer ao país. Nada se sabe do Caos atual na Venezuela, no Equador, Bolívia e Argentina. Estão ocorrendo eleições na Argentina, Lula esteve lá fazendo campanha para a atual presidenta. Nenhuma nota em jornais. Já estamos numa ditadura.

  • francisco clemes benevides machado disse:

    Um dia é da caça e um outro dia é do caçador!

  • francisco clemes benevides machado disse:

    VIVI UM REGIME MILITAR, E NUNCA FUI MOLESTADO…OS COMUNISTAS SIM! PARA OS MILITARES,COMUNISMO NÃO.

  • francisco clemes benevides machado disse:

    Vão calar todos que for contra o comunismo no Brasil, se os militares não reagir urgente vai ser tarde de mais, a esquerda já fez muitas ameaças chega.

  • francisco clemes benevides machado disse:

    Não interessa, ele não fez nada! Os intervencionistas vão crescer muito mais !

  • francisco clemes benevides machado disse:

    “O COMUNISMO VAI TER QUE ACABAR NO BRASIL”! AI O DISCURSO DA IMPRENSA VAI SER OURO. INTERVENÇÃO MILITAR JÁ.

  • francisco clemes benevides machado disse:

    Comunista exonera comandante do exercito!!!! E assim que vai ser!!!! Falou verdade e crime no brasil!!! Só pode roubar, matar, perverter criança nas escolas,vender droga nas esquinas,matar policial,deixar o povo morrer nas filas de hospitais etc…. Isso pode!!!! Brasil que covardia estão fazendo com vc? pais maravilhoso!!!! Que pena!!!!!

  • francisco clemes benevides machado disse:

    Esses comunistas vão nos dar muito trabalho!!!!! Acorda povo brasileiro!!! Olha oque eles fazem com quem esta ao seu lado !!!!! Veja oque acontece com quem fala a verdade!!! Cade a liberdade de expressão? Só vale para quem fala mentira, e quem divulga ideologia de gênero nas escolas para nossos filhos!!!!!

  • francisco clemes benevides machado disse:

    O povo a sociedade tem que acordar ..não está vendo que os políticos os poderosos estão fazendo com o exército e a própria polícia? Fazem chacotas usam e abusam de suas imunidades enfrentam a justiça sem medo e sem o mínimo respeito …são eles os senhores da impunidade semi deuses intocáveis mas ao mesmo tempo inúteis

  • francisco clemes benevides machado disse:

    ATENÇÃO!!! MANOBRA POLÍTICA… SAIRÃO COM UM BOATO, DE QUE NÃO HAVERÁ MAIS A INTERVENÇÃO MILITAR… DIRÃO QUE SERIA O GENERAL MOURÃO QUEM IRIA PUXAR A INTERVENÇÃO E QUE AGORA, POR ELE TER SIDO EXONERADO DO CARGO DE COMANDO, NÃO PODERÁ MAIS HAVER A INTERVENÇÃO MILITAR… ESSE BOATO, DE NÃO PODER MAIS HAVER A INTERVENÇÃO, POR ESSE MOTIVO CITADO É PARA DESMOBILIZAR OS INTERVENCIONISTAS… ISSO É BOATO DE POLÍTICOS, PARA CRIAR UM CENÁRIO IDEAL, POIS LOGO LANÇARÃO O TAL POLÍTICO “INTERVENCIONISTA” COMO A UNICA SALVAÇÃO DOS PATRIOTAS INTERVENCIONISTAS, JÁ QUE NÃO HAVERÁ INTERVENÇÃO, OS PATRIOTAS DEVERÃO APOIAR ELE E SEUS CANDIDATOS MUNICIPAIS… ACHAM QUE O POVO É TROUXA… NÃO CAIAM NESSA… NÃO SEJAM CABOS ELEITORAIS DE POLÍTICOS…

    INTERVENCIONISTA NÃO APOIA NENHUM POLÍTICO ATUAL!!! NÃO SEJAM MASSA DE MANOBRA DESSES TRAIDORES… NÃO SE FILIEM A PARTIDOS… E NEM A PARTIDOS QUE SE DIZEM “APOIAR” OS INTERVENCIONISTAS… É TUDO ENGODO… OBS. NÃO EXISTE NENHUM POLÍTICO INTERVENCIONISTA!!! REPITO… É TUDO ENGODO…

    NÓS, CIVIS E MILITARES PATRIOTAS, DA ATIVA E DA RESERVA, FAREMOS A INTERVENÇÃO ACONTECER!!! AGORA É A HORA DE ACREDITARMOS AINDA MAIS NA INTERVENÇÃO E LUTARMOS PARA QUE ELA ACONTEÇA, EM APOIO TOTAL AO GENERAL MOURÃO!!! NÃO PERCA O FOCO: INTERVENCIONISTA ESTÁ COM CAXIAS!!!

  • francisco clemes benevides machado disse:

    Se estelionato eleitoral fosse considerado crime de responsabilidade sujeito à punição com a perda de mandato do presidente da República, Lula, ontem, durante reunião do Diretório Nacional do PT em Brasília, teria assinado o pedido de impeachment de Dilma.

    O que ele disse avalizou o que a oposição tem dito desde que Dilma foi reeleita, e o que parece ser consensual entre os brasileiros. A saber:

    – Tivemos um problema político sério, porque ganhamos a eleição com um discurso e depois das eleições tivemos que mudar o nosso discurso e fazer aquilo que a gente dizia que não ia fazer.

    Carece de explicação?

    Por ter dito uma coisa e feito outra ao começar a governar pela segunda vez, Dilma cometeu estelionato. No caso, estelionato eleitoral. Estelionato vem a ser:

    “(…) uma prática criminosa que ocorre quando alguém vende, hipoteca ou cede alguma coisa para mais de uma pessoa, enganando as duas. Um estelionatário obtém vantagens para ele próprio através da utilização de uma fraude.”

    Dilma atraiu votos dizendo o que as pessoas desejavam ouvir – que o país estava uma maravilha, que seguiria sendo uma maravilha, que a inflação estava sob controle e que a economia continuaria crescendo.

    Como se viu, mentiu. O país passou a andar para trás. A inflação fechará o ano na casa dos 10%. A retração da economia está calculada em 3%. E o número de desempregados ultrapassou a casa de um milhão.

    Estelionato eleitoral não é razão para depor um presidente da República. Se fosse, Sarney, por exemplo, não teria completado seu mandato. Nem Fernando Henrique Cardoso. Ambos mentiram para o distinto eleitor mais de uma vez.

    Embora não tenha sido essa sua intenção, Lula prestou um relevante serviço ao país ao admitir que pelo voto o político é capaz de fazer qualquer coisa – principalmente enganar os que podem elegê-lo.

    Mentir é um pecado venial? Todos não mentem? Pode ser um pecado venial em certos casos. Mas na boca de um político, e com o objetivo de engabelar os que o escutam, a mentira será sempre um pecado mortal.

    A dimensão pública do político – de qualquer um – confere mais gravidade às suas palavras e aos seus silêncios. O que está em jogo são os interesses da sociedade e o destino do país. Não é pouca coisa. E nada tem de trivial.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *