Política

“Querem ser o novo com práticas velhas”, diz Veveu sobre oposição em Sobral

Veveu cumpre seu segundo mandato como prefeito de Sobral.

Veveu cumpre seu segundo mandato como prefeito de Sobral.

O prefeito de Sobral, Veveu Arruda (PT), criticou a forma como a oposição vem conduzindo os atos de pré-campanha no município. Ao Blog, o petista alfinetou os adversários afirmando que não há discussão de ideias na corrida eleitoral e que “não há propostas” do outro lado.

“Eles foram convidados para participar do Sobral do Futuro, mas não foram. Não há interesse de discutir a política de educação, como resolver o problema da violência… Eles não têm propostas, eles não trabalham no campo das ideias”, disse o prefeito.

O gestor acusou lideranças da oposição de tentar cooptar vereadores de forma pouco republicana para marchar contra o grupo dos Ferreira Gomes no pleito municipal. “São outros mecanismos, velhos, tradicionais”, diz.

Em entrevista ao O POVO, na edição da última segunda-feira, 25, o prefeito adiantou que o candidato do grupo para sua sucessão será o deputado estadual Ivo Gomes (PDT), irmão de Cid e Ciro. Veveu listou pelo menos 15 legendas que devem embarcar na campanha. São elas: PT, PHS, PP, PPL, PPS, Pros, PRTB, PSB, PSC, PSD, PTB, PTC, PV, DEM e PC do B.

O POVO procurou o deputado federal, e pré-candidato a prefeito da Cidade, Moses Rodrigues (PMDB), para comentar as declarações, mas não obteve resposta da sua assessoria de imprensa.

Acordo

Em entrevista ao Blog, o presidente estadual do PSDB, Luiz Pontes, afirmou que deverá conversar com o PMDB, de Eunício Oliveira, para avaliar possível acordo na eleição em Sobral. “Estamos avaliando as pesquisas. Tanto podemos apoiar o Moses como o PMDB pode nos apoiar também. Nós temos um candidato competitivo. Estamos dispostos a dialogar”, disse o tucano que tenta emplacar Dr. Guimarães como prefeito do município.

Recomendado para você