Política

Deputados são contidos por colegas para evitar agressão na AL

936 13
Osmar Baquit (esquerda) e Agenor Neto (direita) quase foram às vias de fato no plenário (Foto: Divulgação/AL-CE)

Osmar Baquit (esquerda) e Agenor Neto (direita) quase foram às vias de fato no plenário (Foto: Divulgação/AL-CE)

Bate-boca entre os deputados Osmar Baquit (PSD) e Agenor Neto (PMDB) quase terminou em agressão física e provocou derrubada da sessão da Assembleia nesta quarta-feira, 24. Após trocarem críticas na tribuna, os parlamentares partiram um para cima do outro e precisaram ser contidos pelos colegas no plenário da Casa.

Confira momento da confusão em vídeo do Blog do Eliomar:

A discussão começou após Agenor Neto fazer pronunciamento criticando a repressão de manifestação contrária ao governador Camilo Santana (PT) em Iguatu. O episódio ocorreu no último fim de semana, durante inauguração de batalhão do Raio no Município. Agenor criticou que, na ocasião, grupo acabou expulso com uso de spray de pimenta.

Inscrito para falar depois do peemedebista, Renato Roseno (Psol) chegou a ir à tribuna após a fala, mas acabou “cortado” por Osmar Baquit, que pediu tempo para dar versão do governo sobre o caso. Rebatendo Agenor, Baquit citou que os manifestantes seriam, na verdade, um grupo de pessoas ligadas ao deputado e ao prefeito de Iguatu, seu aliado.

“Ventríloquo”

A tréplica acabou vindo de Tomaz Holanda (PMDB), que tentou defender Agenor do plenário. Baquit interrompeu o deputado, afirmando que não ser necessária a intervenção de um “ventríloquo”. O clima esquentou após a fala, com Tomaz e Agenor partindo, aos gritos, em direção a Baquit. Demais deputados tiveram de impedir a troca de socos entre eles.

A sessão chegou a ser suspensa por meia hora, mas acabou encerrada após este tempo. Se dizendo agredido, Osmar Baquit pediu imagens da TV Assembleia do caso e cobrou providências da Mesa Diretora contra os deputados. Já Agenor afirmou que seria responsabilidade do governo qualquer represália contra ele.

Ex-prefeito de Iguatu, Agenor Neto é liderança da oposição na região do Centro-Sul cearense. Já Osmar, com base eleitoral mais presente em Quixadá, no Sertão Central, já foi secretário de Agricultura do governo Camilo Santana.

Recomendado para você

13 Comentários

  • fabio freitas disse:

    toda mobilização(greve) e participação social são referenciais importantes para o aprimoramento e reafirmação do Estado Democrático de Direito, alicerçada no art. 5º da Constituição Federal de 1988, que preceitua o livre exercício de manifestação e liberdade de expressão.
    Camilo vivemos numa democracia !!!

    • Isabelle disse:

      Você vive no iguatu? Eu acho que não, pois saberia que os funcionários públicos são obrigados a fazer o que Agenor Neto e o seu aliado, o prefeito Aderilo, mandam e essa não foi a primeira vez que eles mandaram pessoas que deveriam estar trabalhando deixarem seus postos para agredir qualquer politico que fosse. Camilo não foi o primeiro e nem sera o ultimo a quem vão fazer isso. Agenor esta é com medinho de seu candidato não ganhe e ele perca sua hegemonia na região. Todos tem o direito de se expressar , mas em favor do que acreditam de verdade e não porque um politico foi lá e disse que perderia o emprego se não fizesse.

    • Aléxia Motta disse:

      Senhor Fabio,creio que não conhece o cenário político vivido na cidade o qual ocorrerão as FALSAS MANIFESTAÇÕES,uma vez que ditos manifestantes,foram pagos para estarem lá,por conseguinte,essas seriam em torno de uma falsa acusação ao Governador Camilo Santana, de não repassar recursos públicos ao Hospital Regional de Iguatu,que segundo o portal da transparência,isso seria uma inverdade.

  • Arnaldo Felipe disse:

    Todos se merecem.

  • João Silva disse:

    Estamos bem representados, viu….

  • Dr. Mundico disse:

    Libera um pixuleco que eles se acalmam bem ligeirinho.

  • FRANCISCO JOSÉ disse:

    SE NA ASSEMBLÉIA ESTA ASSIM, IMAGINA EM UM INTERIOR BEM ACULÁ NA REGIÃO NORTE DO ESTADO, QUE TEM UM PREFEITO CONHECIDO COMO HITLER DO SERTÃO, QUE PASSA POR CIMA DE TUDO E TODOS, ATÉ DA JUSTIÇA, O QUE O DIGA A FAMÍLIA DO RADIALISTA DE CAMOCIM, MORTO COVARDEMENTE

  • bosco vale disse:

    Agenor Neto e Tomaz Holanda, não conheço.
    Mais esse tal Osmar Baquite, este sim. É o famoso
    voz de trovão.
    Frouxo e puxa – saco, não tem igual.
    Só faz zuada. Nunca fez nada pelo estado.
    Não fará falta a assembleia quando pra lá não voltar.
    Tchaw querido.

  • Antonio JACINTO disse:

    Esse Agenor Neto é acostumado a dar no povo em Iguatu tanto ele como o Finado pai dele aí pensa que pode fazer o mesmo na assembléia.

    • Gilson disse:

      Que continue o espetáculo em Iguatu em que a polícia prende mas não há onde colocar os presos, com a única cadeia pública da cidade interditada há um ano.

  • Elder Carvalho disse:

    É VERDADE AQUI NA REGIÃO NORTE TEM UM PREFEITO QUE É CONHECIDO COMO O HITLER DO SERTÃO, ESSES TRÊS DEPUTADOS QUE SAÍRAM NO TAPA NÃO DA NEM PRA COMPARAR COM A TRUCULÊNCIA DO DITO CUJO, QUE TEVE COMO SUA ULTIMA VÍTIMA, O RADIALISTA LÁ DE CAMOCIM. AUTORIDADES ABRAM O OLHO QUE ATÉ AS ELEIÇÕES MUITA DESGRAÇA AINDA PODERÁ ACONTECER.

  • brasilianofaco@yahoo disse:

    Esse baquit é um tremendo puxa saco do governo. Seja qual for o governo do PSDB ou pt. Ele que é tá dentro mamando.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *