Política

Heitor volta a criticar instalação de fotossenssores

305 1

Em pronunciamento na Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE), o deputado e candidato à Prefeitura de Fortaleza Heitor Férrer (PSB) voltou a criticar a instalação de fotossensores como forma de arrecadar multas. No primeiro debate eleitoral da campanha, Heitor prometeu reduzir em pelo menos 50% o número desses equipamentos na Cidade.

Heitor comemora anulação de multas pela Justiça (Foto: Divulgação / Assembleia Legislativa)

Heitor comemora anulação de multas pela Justiça (Foto: Divulgação / Assembleia Legislativa)

No seu discurso na tribuna, Heitor comemorou uma decisão judicial que anulou multas de trânsito entre 2006 e 2001 pela Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania de Fortaleza (AMC) e pelo Departamento Estadual de Trânsito do Estado do Ceará (Detran-CE).

“Não tinha e não tem nenhum estudo técnico estabelecendo que os locais eram nevrálgicos, perigosos e que necessitariam de um fotossensor. Cai por terra quem defende esses fotossensores em Fortaleza”, afirmou o deputado. “A função é de arrecadar, roubar e assaltar o contribuinte”.

Heitor já criticou várias vezes a Lei do Farol que estabelece que motoristas devem ligar os faróis também durante o dia em rodovias. Para ele, dentro da área urbana não seria necessário.“É um absurdo você ter que acender farol em frente do Iguatemi, indo para o aeroporto, dentro de uma cidade”, criticou.

O deputado já chegou, inclusive, a entrar com ação popular na 10ª Vara Federal para desobrigar o uso do farol baixo nas rodovias que cortam as cidades do Ceará. “A minha ação na Justiça ainda está por uma decisão do juiz, mas acho que agora ele vai definir”, disse.

 

1 comentário

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *