Política

“Mamata”: RC pede desculpas por “termo infeliz” usado em debate

528 23
Debate na TV Cidade foi o penúltimo do 2° turno (Foto: Reprodução / Facebook)

Debate na TV Cidade foi o penúltimo do 2° turno (Foto: Reprodução / Facebook)

Em debate realizado nesta quinta-feira, 27, na TV Cidade, o prefeito Roberto Cláudio (PDT) pediu desculpas por ter dito que acabou com “mamata” de professores que não davam aula e ficavam em laboratórios de informática na gestão da antecessora Luizianne Lins (PT).

“Queria me desculpar publicamente. Usei um termo infeliz no calor do momento, após ser grosseiramente atacado. Mas quero reforçar que tenho profundo respeito pelos professores, inclusive meus pais e avós são professores”, disse o prefeito.

Na última terça-feira, 25, Roberto Cláudio disse que acabou “com a mamata de interferência política pra professor não dar aula em sala de aula e ficar à disposição de laboratório e de biblioteca”. Ele estava respondendo questionamento do adversário Capitão Wagner (PR) sobre o fechamento dos equipamentos de escolas.

A afirmação gerou nota de repúdio do Sindicato União dos Trabalhadores em Educação de Fortaleza (Sindiute), que afirmou que “todos os espaços da escola são espaços de ensino e aprendizagem e as bibliotecas e laboratórios de informática são ferramentas didáticas imprescindíveis a escolas públicas de qualidade”.

“Reagi a uma informação errada. Nós não fechamos laboratórios, só tiramos uma pequena parte de professores apadrinhados que estavam em laboratórios”, explicou-se. 

 

 

 

Recomendado para você