Política

João Jaime rebate tese de traição: “Estive com Zezinho desde o início”

João Jaime destaca que foi um dos principais articuladores de Zezinho (Foto: Divulgação)

João Jaime destaca que foi um dos principais articuladores de Zezinho (Foto: Divulgação)

O deputado João Jaime (DEM) rebateu nesta terça-feira, 6, tese de que ele teria agido como “traidor” em eleição para presidência da Assembleia Legislativa na semana passada. Afirmando que a colocação é “totalmente errada”, Jaime destaca que, na verdade, foi desde o início um dos principais articuladores da reeleição de Zezinho Albuquerque (PDT) na Casa.

Ao longo da semana passada, alguns parlamentares da oposição citavam Jaime entre votos pró-Sérgio Aguiar (PDT) na disputa. A informação foi veiculada em notícia do Blog do Política, que não conseguiu entrar em contato com o deputado.

João Jaime, no entanto, rejeitou que isso tenha acontecido. “Fui um dos primeiros a assinar apoio ao Zezinho. Assinei a chapa e votei nela, inclusive fazendo parte dela”. Ele destaca que também apoiou a chapa de Albuquerque na legislatura passada, quando o pedetista foi eleito para segundo mandato no comando da Assembleia.

“Meu partido em momento algum declarou apoio a qualquer candidato senão o candidato Zezinho Albuquerque”, afirma o deputado.

“Não se trata de traição, fui um dos primeiros a assinar apoio (…) trair é quem está, ou ele ou o seu partido, comprometido com alguém e de última hora muda o seu voto. Não foi o meu caso. Eu poderia ser considerado tradiro se não tivesse votado no Zezinho, o que não aconteceu”, disse Jaime.

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *