Política

Ações judiciais pedem cassação do prefeito de Parambu, Filho Noronha

Os gestores são acusados de irregularidades na campanha eleitoral. Foto: Divulgação

O prefeito e o vice de Parambu, Filho Noronha e Junior Noronha, ambos do Solidariedade, respondem pelo menos três ações judiciais que pedem a cassação da chapa “Por um Parambu cada vez melhor” por irregularidades na campanha eleitoral de 2016.

A Justiça Eleitoral da 90ª zona realizou três audiências, nesta terça-feira, 11, no Cartório Eleitoral local, para levantar informações de defesa e acusação. As ações são do Ministério Público do Ceará e da coligação de oposição “A força do bem para mudar”. Dois processos que serão julgados pelo Juiz Eleitoral, Hyldon Marters, se referem às Ações de Investigação Eleitoral – AIJEs, uma proposta pelo Ministério Público e outra pela coligação opositora. Uma terceira ação, também da coligação adversária ao prefeito, por conduta veda, completa as acusações.

As audiências na comarca trataram de supostas irregularidades como a entrega de camisetas e bonés na campanha eleitoral, da realização de uma festa com dinheiro público e a veiculação de um vídeo favorável à gestão da ex-prefeita aliada da atual gestão fora do período eleitoral.

O vice-prefeito Junior Noronha (SD) afirmou ao blog que os bonés e camisetas foram distribuídos pelo partido e que a oposição também usou vestimentas de campanha. Sobre o “showmício”, o vice alegou que a “Festmel” é um evento tradicional do município e que não tem cunho eleitoral. “Nenhum de nós candidatos subimos no palco, em nenhum momento foi pedido voto nesse palco”, afirmou.

As testemunhas de defesa já foram ouvidas nas audiências. O promotor Erick Alves é o responsável pelas acusações no âmbito do MP.

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *