Política

Vereador de Fortaleza quer proibir fotossensores em áreas de risco

422 20

Jorge Pinheiro propõe a retirada de fotossensores em áreas de risco da Cidade (Foto: Divulgação / CMFor)

O vereador de Fortaleza, Jorge Pinheiro (PSDC), é autor de Projeto de Lei que quer proibir a presença de fotossensores de trânsito em locais de risco da Cidade. Na justificativa da matéria, o parlamentar argumenta que as abordagens de criminosos aos motoristas acontecem, normalmente, “nos momentos de redução da velocidade”.

O PL 207/17 estabelece não só a proibição da instalação dos dispositivos em áreas de risco como também a retirada gradual dos que já estão instalados, através de estudos da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC). A matéria define como áreas de risco “aquelas com indicadores elevados nos crimes de homicídio e roubo”.

O mapeamento desses locais poderá ser feito anualmente, “utilizando-se dos dados computados pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Governo do Estado do Ceará ou outros órgãos de segurança pública”.

Ainda segundo a justificativa de Pinheiro,  “não se pode exigir de um condutor que seja obrigado, diante do risco iminente, a escolher entre proteger a própria vida e propriedade ou sofrer sanção administrativa por incorrer em descumprimento do ordenamento de trânsito”. A “mera alteração na configuração do comando do equipamento”, de acordo com o vereador, “não seria suficiente”, sendo necessária sua retirada.

 

Recomendado para você

20 Comentários

  • O objetivo da colocação de fotossensores em muitos locais na cidade de Fortaleza é “arrecadar grana,” ou seja, fazer CAIXA.
    O “negócio fotossensores” virou uma “Indústria de multas”. Extrapolou!

    Portanto, muito bem vinda a iniciativa do nobre Vereador Jorge Pinheiro (PSDC), que é pago pelos contribuintes para defender os interesses da população.
    Espero e desejo que ele consiga o APOIO dos demais colegas Vereadores.
    Estamos de olho!.

    • Malaquias disse:

      Tenha calma q a justiça pediu para q os fotossensores fossem desativados se fosse para monitoramento junto com o estado tudo bem

    • Flavio disse:

      Completamente certo parabéns a este vereador, multa e uma indústria de dinheiro , Amc multou meu carro que estava estacionado em lugar permitido e colocu número da onde era proibido sendo 60 metros atraz de onde eu estava. Mas este é brasil

  • LIIAA disse:

    OTIMOOOOO

  • Raul disse:

    Não seria mais fácil o Estado se empenhar em tornar a área segura?
    Proposta idiota de um parlamentar idiota.

    • João Carlos disse:

      Desculpe-me, mas quem está parecendo um idiota é você neste caso, meu caro. Resolver o problema da violência no país, é das causas mais complexas que temos atualmente. Demanda investimento em saúde, educação, melhorar a distribuição de renda, acesso ao emprego, melhor policiamento e etc. Da mesma forma, é por completo inviável se colocar policiamento em todos os locais que existam fotossensores em área de risco. Assim, a proposta do vereador não tem nada de idiota, pelo contrário, é medida benéfica e que pode de pronto ser tomada pelo Estado. Então, cuidado quando se chama os outros de idiota, porque o idiota pode estar sendo você.

    • Walter disse:

      Raul, enquanto a tão sonhada segurança pública efetiva não vem, o que se propoe é não ficar vulnevável nas vias inseguras…
      Exemplo: Na avenida RAUL Barbosa x Murilo Borges que mesmo com Guarita da PM lá, toda semana havia assaltos,arrastoes e mortes. O prefeito resolveu com aquele viadulto.
      Abraço!

    • Fábio Lopes disse:

      Idiota seria sentar e esperar que o Estado Brasileiro tornasse alguma coisa segura, além da cobrança extorsiva de dinheiro do contribuinte.

    • Daniel Gurgel disse:

      Seria meu caro mas por não conseguir faze lo restou nos está opção.

  • Chico Caucaia disse:

    Otimo, assim vamos ficar livres deste equipamentos, já que Fortaleza é uma grande area de risco de vida ………

  • quer dizer que não teremos mais fotossensores em fortaleza

  • Ruy disse:

    Já sabido que a segurança não vai mudar, então concordo com o vereador tire os fotos sensores das áreas críticas “quer dizer, quase toda cidade” porque o dinheiro arrecadado destas multas nós não vemos, o asfalto é de péssima qualidade os semáforos qnd chove não funcionam o Detran do Maraponga é uma vergonha com respeito a estrutura e demora em atendimento. Bem resumido estás multas de trânsito vão pra onde. Acorda Brasil, chega de sermos roubados discaradamente e só ficarmos calados….

  • joao f disse:

    Vereador, isso é baseado em achismo ou vc tem alguma estatística sobre o assunto? Isso é falta do que fazer? A cidade tá cheia de lixo e toda pichada, cobra a prefeitura sobre isso q vc faz mais pela população.

  • joao f disse:

    Agora querer embarcar na bola da vez apenas pra aparecer é complicado.

  • Jose Ribamar Oliveira disse:

    Bastava que esses assltantes de plantão tivessem horario para trabalhar ,a exemplo do vizinho estado do Rio Gde.do Norte,em e certos periodos da noite ou madugrada eles nao registram a velocidade, mais como estamos na capital da multa e no estados dos impostos fazer o que.

  • Marcelo Barroso disse:

    Acho q a parte do lixo, como um colega aqui relatou é maior problema nosso (comunidade). Pois, se respeitássemos o ambiente, o espaço, nao dependeríamos tanto das caçambas que recolhem o lixo q “nós”, achamos correto jogar nas calçadas, ruas e terrenos baldios.

  • carol nibon disse:

    Parabéns! Precisamos de mais atitudes como essa para resguardar os cidadãos!

  • Maria de Lourdes Sousa da Silva disse:

    Concordo com a retirada dos fotossensores das áres de riscos, porque o objetivo do orgão é arrecadar dinheiro. Eles não estão preocupados com a segurança de ninguém, infelizmente.

  • Esses políticos não penca nós pedestres já com fotos sensor os motoristas já são emprudentes imagina sem fotos sensor vão trabalhar pelos pobres não ser a favor dos vagabundos não

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *